6 de agosto de 2008

PROgCult - !!!EXTRA!!!


PROgCult - edição EXTRA


1 - II Encontro Cultural do Santo Antonio, de 7 a 9 de agosto

2 - ORSSE se apresenta no aniversário de LARANJEIRAS

3 - COVERAMA: o maior festival de bandas cover do BRASIL!!!

4 - III METAL CRUSHERS!!!

5 - MEMBRANA, no Capitão Cook!!!

6 - Poesia


===

APROVEITEM A PROGRAMAÇÃO CULTURAL EM
ARACAJU & LARANJEIRAS



quinta-feira, 07.08

a ORQUESTRA SINFÔNICA DE SERGIPE

se apresenta na cidade histórica de Laranjeiras/SE

no programa, obras de

Carlos Gomes

Guerra-Peixe

Sivuca

Ary Barroso

Beethoven

Brahms




às 16h00

local: adro da Igreja Matriz, em Laranjeiroas

em comemoração ao aniversário da cidade

antes da ORSSE, apresentação da

Filarmônica Sagrado coração de Jesus, de Laranjeiras


mais informações: 3179-1480

==

a partir dessa quinta, 07 de agosto, o Bairro Santo Antonio sedia o


II ENCONTRO CULTURAL
texto da jornalista Suyene Correia, do Jornal da Cidade


A partir de amanhã, o bairro Santo Antônio será o reduto do seu II Encontro Cultural, evento organizado pela Associação Sergipana de Autores e Intérpretes Musicais Independentes (Xocós). O evento, que prossegue até o próximo sábado, traz uma programação vasta, onde música, teatro, dança e poesia podem ser conferidos pelo público do bairro, em apresentações gratuitas.

leia o artigo completo no site do JORNAL da CIDADE: http://2008.jornaldacidade.net/2008/noticia.php?id=10297&hoje=2008-08-06%2014:42:40

MAIS INFORMAÇÕES pelos fones 8822-3556/3042-8470

Programação

Dia 07/08 (quinta-feira)

15h- Oficina de Teatro de Bonecos
19h- Grupo Folclórico de Laranjeiras
20h15- Silvio Soul
21h15- Quadrilha pioneiros da Roça
22h15- Grupo Mania de Ser
23h15- Ieda Villela e Alvino Argolo
23h45- Mingo Santana
00h45- Marcos Guedes
01h45- Banda Estação da Luz

Dia 08/08 (sexta-feira)

15h- Oficina de Teatro de Bonecos
17h- Pedro e Madar
18h- Grupo Folclórico de Laranjeiras
19h- Antônio Félix
20h- Quadrilha Flor Nordestina
20h30- Grupo Moleque Sambista
21h30- Jhonatan Freitas
22h- Erivaldo de Carira
23h- Tina e Pep
23h30- Grupo Forte Desejo
00h30- Gladston Rosa
01h30- Chiko Queiroga e Antônio Rogério

Dia 09/08 (sábado)

17h- Grupo Lateiros Curupira
18h- Grupo Folclórico de Laranjeiras
19h- César leite a Boneca Genoveva
20h15- Quadrilha Século XX
21h15- Edgard do Acordeon
22h15- Irmão e Tonho Baixinho
23h15- Banda Classe Oculta
00h15- Sena
===


O MAIOR FESTIVAL DE BANDAS COVERS DO BRASIL




Apoio Cultural: Fundação Aperipê e Estúdio Toca do Sapo/Hans



ERAM 36, AGORA SÃO 9 BANDAS DISPUTANDO R$3.000,00 E 30h DE GRAVAÇÃO NO ESTÚDIO TOCA DO SAPO EM PRÊMIOS.





FINAL 09 DE AGOSTO
SHAMAN
LOS HERMANOS
CAZUZA
MEGADETH
NIGHTWISH
AFTER FOREVER
ULTRAJE A RIGOR
RED HOT CHILI PEPPERS
SCORPIONS
1º LUGAR DA SEMI FINAL
++CHICO SCIENCE NAÇÃO ZUMBI


CENSURA 16 ANOS
INGRESSO: R$10,00



sábado tem

Membrana Eletro


é pura arte ao vivo.


O percussionista Pedrinho Mendonça usa do seu experimentalismo numa fusão de percussão orgânica ao vivo com o som eletrônico de uma prestigiada seleção musical, onde a musica popular brasileira mostra todo o seu charme. Como resultado, claro, uma sonoridade única e contagiante.

Na companhia dos músicos Leonardo, Débora Bahia, Dudu Prudente e Júlio Rêgo, o músico faz apresentação única neste sábado (09/08) no Bar Capitão Cook, às 23h. R$ 10,00

Imperdível!

mais informações sobre Pedrinho Mendonça no site Overmundo, em artigo da jornalista Luciana Almeida: Ela ronca. É a onça.


===

tem TAMBÉM:



III Metal Crushers

C
om as bandas

Berzekers

Sodoma

Mesocranio

e Violent Thrash.

NO Estacioamento Santo Amaro – Rua Santo Amaro, 188 – Centro.

Preço: R$ 8,00 (antecipado no Markus Tattoo).


===

poesia

Interlúdio

do site CORSO, no site: http://www.tautologiaa.blogspot.com/

Não há beleza no ofício de ser poeta,
Tampouco no de ser físico.
É grande o poeta, como é grande o físico,
Tão somente enquanto coisas da natureza.

Dizer aos outros homens
“Eis a árvore verde que derrama as flores”
E compara-la ao cântaro que transborda
É tão vulgar quanto explicar a árvore
E não compará-la a coisa alguma,
Nem com outra árvore.

Cantar ou explicar as coisas é saber-se sozinho e insuficiente,
Do contrário, não haveria razão para cantar ou explicar as coisas.

A enfermidade do poeta,
Bem como a enfermidade do físico,
É saber-se pouco,
É sentir a grandeza aflitiva e misteriosa
Das coisas.

Fossem o físico e o poeta iguais às coisas,
Haveria mais silêncio no mundo.

Fossem o físico e o poeta superiores às coisas,
As árvores explicariam o físico
E cantariam o poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário