18 de setembro de 2009

ProgCultSE! EU SOU DO ROCK! e mais...

IMPERDÍVEL!!!




mais detalhes do



na AGENDA


==

poesia

de Denise Eller
8/20/2008


Não se engane. Eu sou muitas.
Todas egoístas.
Posso até te dar prazeres, mas...
São apenas efeitos colaterais.
Eu só penso no meu umbigo.
Eu só amo espelhos.
E assim, amo plural
Sou muitas.
Todas singulares.
Verbo transitivo transando com palavras-acessórios.
Reticências
Sequências de pontos evitando o fim
Diluindo o fim
Condenando o fim ao etéreo
Eu subo aos ares
Mas precipito das nuvens
Eu precipito
Eu subjugo
Verbos e seres
Te amar é um exercício do meu egocentrismo.
Tua felicidade, refugo industrial.

em: http://soulvain.blogspot.com/


enviado por Débora Prado Lisboa, que disse: "ela desistiu de ser poeta
diz que não vai escrever mais..."

==


Sumário
-------


Sexta, 18
1 - Sexta Acookstica, no Capitão Cook

2 - Programação Subúrb!a

3 - Projeto Freguesia

4 - Agenda do CHORINHO

Sábado, 19
1 - Ferraro Trio no Projeto Freguesia - Orla de Atalaia - Free

2 - Tributo a Raul Seixas, no Capitão Cook


Domingo, 20
1 - Eu sou do Rock

2 - Intervenção Urbana: “Pichadores sejam bem vindos!”

3 - ORSSE: Domingo no Parque da Sementeira


Segunda, 21
1 - Rua da Cultura

Terça, 22
1 - Exposição na SEMEAR: Guel Silveira


Quarta, 23
1 - Clube do Jazz

Quinta, 24
1 - ORSSE no TTB

Sexta, 25
...

Sábado, 26
...

Domingo, 27
...

...


==

AGENDA


sexta, 18

enviado por: Débora Bahia

"Salve, salve!

Hoje é sexta-feira, quase primavera e dia de programação acústica no Capitão Cook.



A Sexta Acookstica é uma descontraída jam, de clássicos do rock e do pop internacional em versões acústicas, claro. Trata-se de um projeto que reune mensalmente músicos de bandas daqui.
Arthur Miguel (Daysleepers), Belarmino Alves (Vox), Daniel Torres (Plástico Lunar) e Miguel Bruno (Nautilus) participam do projeto.

Hoje, a partir das dez da noite o som no Capitão é unplugged.

Apareça!

O que: Sexta Acookstica
Onde e quando: Capitão Cook, hoje, 22Horas
Quanto: R$ 10,00

Forte abraço,
Débora

==

PROGRAMAÇÃO SUBÚRB!A

Sexta, 18
Alice Nou e The Lano’s = POP ROCK ANOS 80 - Encerrando a noite = Dj Marcos Mad.

Sábado, 19
Cartel de Bali e a banda ‘Voz Urbana’ de Maceió, tocando ‘Legião Urbana Cover’ + DJ Marcos Mad

Domingo, 20, a partir das 18h no ‘Boteca da Suburb!a’ grupo ‘Classe A” samba fundo de quintal e Ronise Ramos cantando samba-rock.

Ingressos antecipados (preços promocionais)na Stalker (Shop. Jardins).

A Suburb!a fica localizada na Rua Pedro Mandarino, 130, Coroa do Meio (a 300 metros do Farol).


==

PROJETO FREGUESIA

A iniciativa foi criada em 2001 pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) com o objetivo de promover a cultura local e revitalizar feiras de artesanato e de comidas típicas da cidade.
Hoje o Freguesia está mais dinâmico e movimenta o público em quatro pontos da cidade:

- Praça Olímpio Campos - sextas-feiras das 12:00 hs às 14:00 hs;

- Mirante da 13 de Julho - às sextas, 18hs às 20hs;

- Orla/ Feirinha do Aratipe - sábados das 20hs às 22hs;

- Praça Tobias Barreto - domingos das 20hs às 22hs.


PARTICIPE!!! DIVULGUE !!!

Mais informações: 3179-3695


==


A G E N D A
do
C H O R O

Bar
Cantinho da Boemia
ÀS SEXTAS-FEIRAS, 20H30

Av João Ribeiro, 1416
(antes do semáforo da ladeira da Colina do Santo Antonio)
Aos sábados a casa recebe o Samba, no mesmo horário.

=

Bar
Chorinho do Inácio
AOS SÁBADOS e DOMINGOS, 16 às 21h00
Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).
Compre o CD do Grupo - contato: Inácio 79 9136-1803

=

Bar
Recanto do Chorinho
AOS DOMINGOS, 17h00 às 19h30 (é sério!, depois rola outro som ao vivo)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos.
Convert R$ 5,00

no Parque da Cidade.

Se apresenta a

Banda do Chorinho

Egnaldo - Bandolim e voz e percussão
Souza Cavaquinho
Saul Violão
Dão violão
Rivaldo & Nancy - voz

às 4ª e depois do chorinho, das 20 às 23h00, seresta.

Contato: Leidinha 79 8135-2330

==

Chorinho NAS RÁDIOS
APERIPÊ,
AM - Programa Domingo no Clube,
apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai há quase 22 anos, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú। Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00
Contato: Sérgio Tadeu domingonoclube@gmail.com

==

FM, Programa Choros e Canções,
apresentado por Ricardo Gama, o programa choros e canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h, de segunda à sexta.
Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==


Sábado, 19


enviado por Rafael Jr.

"Fala, Tex!

Ferraro Trio no Projeto Freguesia

http://www.myspace.com/ferrarotrio

Dia 19/09 (Sábado)
20h - Orla de Atalaia - Grátis!

Abraço,
Rafael Jr.


==



Se passaram 20 anos sem o gênio da Musica Brasileira, e não poderia ficar sem rolar um tributo ao Raul Seixas. Os músicos que participarão desse projeto:

Julio Andrade ( The Baggios, Plastico Lunar)

Léo Airplane ( Naurêa, Plástico Lunar)

Gabriel Carvalho ( The Baggios)

e convidados, Karl di Lion (Mamutes), Daniel Soares (Plástico Lunar), entre outros...

dia 19 de setembro,

no Bar Capitao Cook, que fica próximo ao Farol da Coroa do Meio.

Às 22hs.

Compareçam!

==

Domingo, 20






EU SOU DO ROCK!
Dia 20 de Setembro ( domingo) apartir das 15h no Teatro Lourival Baptista:

One Last Sunset (AJU).
Karne Krua (AJU).
Dark Visions (Tobias Barreto).
INRIsório (AJU).
"Superapocalipseoverdrive DJs"

Mine-Ramp Skate.
Tatoo.
Camisas.
Cds.
Comidas.
Bar.

Incrição para o Eu sou do Rock 2010.


==

“Pichadores sejam bem vindos!”

Intervenção Urbana

O artista plástico, Fábio Sampaio, realiza mais uma intervenção do projeto “Interacidade” próximo domingo, 20 de setembro, em frente à entrada “A” do Shopping Jardins.

O projeto de intervenções urbanas, “Interacidade”, desenvolvido por Fábio Sampaio desde 2001, aborda alternativas para o uso da infra-estrutura espacial e social de Aracaju, buscando detectar o surgimento de novas condições urbanas e linhas de força para instrumentalizar seus agentes a intervir em processos dinâmicos complexos.

Um tapume com cerca de 30 metros e com a frase “Pichadores sejam bem vindos” estará disponível, no domingo, para quem quiser se expressar durante esse dia. Com isso, o artista propõe uma válvula de escape aos participantes. Um espaço livre, sem interrupções, que confronta, num mesmo lugar, pessoas diferentes, mas com o mesmo intuito, o do se expressar através da pintura. Artistas, estudantes, grafiteiros e os próprios pichadores serão bem vindos. Pede-se aos interessados que levem seus materiais como pincéis, rolinho e recipientes. As tintas serão fornecidas pelo projeto.

Horário da intervenção | a partir das 10h da manhã
Data | 20 de setembro | próximo domingo
Local | Tapumes na Av. Ministro Geraldo Barreto Sobral | em frente ao Shopping Jardins


==

enviado por Rose - ORSSE:

"Concerto no Parque da Sementeira" - domingo, 20 de setembro às 16:30.

Evento: Concerto no Parque da Sementeira

Data de início: domingo, 20 de setembro às 16:30
Término: domingo, 20 de setembro às 18:30

Local: Parque da Sementeira

==

Segunda, 21

Rua da Cultura

Atrações:
Fabrício de Barros (MPB)
Iconoclastia (Rock)
Molungada (Instrumental Percussivo)

às 18h
Praça dos Mercados (Centro Histórico de Aracaju)

MAIS INFORMAÇÕES: http://www.ruadacultura.blogspot.com/


==


Terça, 22

Exposição “GUEL SILVEIRA”



No período de 22 de setembro a 23 de outubro o artista plástico baiano Guel Silveira fará exposição dos seus trabalhos na Galeria Jenner Augusto, na mostra que leva seu próprio nome. Guel Silveira é filho de Jenner Augusto (que dá nome à galeria da Semear) e da marchand Luiza Silveira. O coquetel de lançamento acontece dia 22 (terça-feira) a partir das 19h30 na Semear. A exposição tem como curador Zeca Fernandes.

O público se defrontará com uma obra madura, simplificada nas formas, e de uma riqueza pictórica única. Quase todos os seus trabalhos são feitos com tinta acrílica, o que lhes confere uma leveza singular, embora haja espasmos cromáticos que vão de um verde vegetal à explosão de cores vivas em algumas de suas obras mais expressivas, como “Violetas Veronil”. Geometria e movimento são usados para compor e também para serem rompidos, como em “Construção”. Em “Pedaços”, as formas retilíneas se abrem para receber uma espécie de ânfora cheia de seres aprisionados pela magia de Guel Silveira. E assim se compõe uma obra cheia de surpresas... belas surpresas.

"É uma responsabilidade muito grande expor numa galeria que leva o nome do meu pai... É como se eu tivesse retornando ao início da minha carreira: as formas geométricas, a abstração e as nuances se sobrepõem ao desenho figurativo", comenta Guel Silveira.

O artista plástico nasceu em Salvador no dia 03 de abril de 1955. Filho do artista plástico Jenner Augusto e da marchand Luiza Silveira. Desde cedo ele conviveu com tintas, pinceis, cores e sonhos. Começou sua carreira como gravador, pintor abstrato, com experiências em spray, tendo passagens pela figuração lírica. Realizou sua primeira exposição individual no Museu de Arte da Bahia em 1975, antes disso participou de importantes mostras coletivas por diversas cidades brasileiras.

Esta exposição já passou por Brasília, está agora em Aracaju e deve seguir para o Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.
________________________________________________

Atenciosamente,
Ascom da Sociedade Semear
Thiago Ismerim
Jornalista (DRT 1021)
(79) 9977-9473
MSN: thiagoismerimaju@hotmail.com
www.sociedadesemear.org.br


==

Quarta, 23


==

Quinta, 24

ORSSE no Teatro Tobias Barreto

Premier Mundial do Concerto para Piano e Orquestra
do compositor brasileiro Edson Zampronha

EDSON ZAMPRONHA (Rio de Janeiro, 1963) É Professor convidado no Departamento de História e Ciências da Música da Universidade de Valladolid, Espanha. Foi Professor de Composição Musical na UNESP, Brasil, por 16 anos. Recebeu dois prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), Brasil. Tem recebido encomendas de obras de grupos e instituições como do Museum für Angewandte Kunst (Köln, Alemanha) para a Copa do Mundo de Futebol 2006; da estilista María Lafuente para seu desfile na Passarela Cibeles 2006 (Madri, Espanha) e da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo para o 100º Aniversário da Pinacoteca do Estado de São Paulo (2005).

A Orquestra Sinfônica de Sergipe seguiu o conceito de grandes orquestras do mundo e encomendou o Concerto para Piano e Orquestra, inédito e intrigante, nas palavras do próprio compositor: "este Concerto para Piano e Orquestra tem um único movimento elaborado de uma maneira muito original. O piano parece realizar muitas cadências que não se repetem como neste concerto, e quando o ouvinte se dá conta disso passa a entender que estas cadências são elementos temáticos. Esta é uma verdadeira descoberta para o ouvido, uma descoberta que abre as portas da sensibilidade para uma forma musical muito refinada, diferente de qualquer outro concerto tradicional. A orquestra tem um papel fundamental, e apresenta nuances que envolvem e se revelam excentricamente. Os primeiros compassos da orquestra, por exemplo, sugerem uma abertura e a seguir soa muito diferente com um motivo profundo e ao mesmo tempo inusitado. Os materiais musicais mudam de sentido a cada momento, e de maneira dinâmica e ágil revelam novas sensações e emoções a cada instante, e que vão do profundo ao exuberante”. O que o ouvinte precisará neste concerto é ouvir com o sentido da descoberta, de uma criança adentrando em um novo mundo.

Quanto à ORSSE, a abertura à música contemporânea da orquestra através do maestro Guilherme Mannis é algo inovador, ousado e de enorme valor para a música brasileira. Trata-se de um exemplo a ser seguido por outras orquestras do Brasil.

“A participação especial da premiada e reconhecida pianista Karin Fernandes, dotada de enorme talento e musicalidade, muito segura, pois em sua carreira foi escolhida diversas vezes para estréias de obras pianísticas. Ela domina a música contemporânea como poucos e seduz o público com seu toque e fraseado perfeitos".

Abrindo a programação da noite a Serenata para Cordas de Elgar, um passeio pela Velha Inglaterra que após um longo período de silêncio deixado pela morte de Henri Purcell ressurge nessa composição histórica símbolo de um renascimento musical naquele país. Ainda com muito destaque para a música brasileira, a ORSSE apresentará o Concertino para Violino e Orquestra de Câmara de Guerra-Peixe interpretado pelo violinista paraibano Ronedilk Dantas, considerado atualmente o melhor violinista do nordeste brasileiro, integrante do Quinteto da Paraíba, Ronedilk já formou com a ORSSE parcerias valiosas, a exemplo da sua posição como spalla convidado na Turnê Brasil 2009, no Concerto com Michel Legrand e na maravilhosa performance da pianista Maria João Pires.
.

O quê?
Orquestra Sinfônica de Sergipe
Onde?
Teatro Tobias Barreto
Quando?
24 de setembro de 2009, 20h30
Quanto?
R$ 10 e R$ 5

Cortesias para as primeiras 100 pessoas que ligarem no 79 3179 1491, no horário das 9 - 13h.
Bilheteria: 79 3179 1496, aberta das 13 - 20h.

Outros contatos: Milena Ninck - ASCOM/Secult 79 3179 1931


==

sexta, 25

enviado por Melcíades Jr.

A Máquina e a Ferraro Trio vão fazer esse nosso primeiro encontro no Capitão Cook dia 25, sexta, se der pra dar uma divulgada vai ser massa!!!



==


Sábado, 26




Shows:
Elvis Boamorte Os Boas Vidas
Ode ao Canalha
Tim Maia Cover

Dia 26 de setembro (sábado)
Local: Casa do Rock (Rodovia Airton Senna, 170 - Aruana - em frente ao Oca Bar)
Hora: 22h
Valor: R$ 10

--
enviado por:
Elma Santos
msn:elmas_santos@hotmail.com
79 9994-0519


==



Oi André! tudo bem?

Próximo sábado vamos ter o Arte Nova aqui no Ágape, 26 de Setembro. Segue cartaz abaixo.



Começaremos pontualmente às 16h com uma oficina de Tai Dai, uma técnica de pintura em tecido, depois uma Jam Session, depois Lateiros de Curupira e mais outras atrações surpresas!

Ah!... teremos também uma feira de TROCAS!!

Abraços!

Carol



26 e 27 de setembro



Ballet Oriental Salomé

Nos dias 26 e 27 de setembro a partir das 21 horas será apresentado no Teatro Tobias Barreto em Aracaju, o espetáculo de balé oriental Salomé, numa adaptação inédita da obra clássica de Oscar Wilde. O espetáculo é uma montagem do renomado diretor e coreógrafo libanês Gaby Shiba, que veio a Aracaju para este evento. Gaby é bailarino, coreógrafo e diretor com mais de trinta anos de experiência e conhecido em todo mundo árabe e em mais de 20 países na Europa e América Latina.

Inteiramente montado em nosso estado com elenco local e com direção, coreografias, figurinos e cenário idealizados por Gaby Shiba, o evento é uma promoção da Sociedade ECOAR e da UFS e celebra a primeira montagem do diretor no continente americano. O evento conta com o apoio do Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo a Cultura.

Os ingressos serão vendidos na bilheteria do teatro a partir do dia 11 de setembro, a preço popular, 20 reais a inteira e 10 reais a meia entrada. Não perca este evento que terá circulação internacional.

O evento conta com o patrocínio é da Torre Empreendimentos e conta com o apoio do Sebrae, Funcaju, Amazônia Madeiras, Pisolar, Fenadados, Fundação Augusto Franco, Lavanderia São José, Superlux, Instituto Banese, Prefeitura de Aracaju e do Governo do Estado de Sergipe através da Secretaria da Cultura e Secretaria da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social.

Sobre o diretor

Gaby Shiba é graduado em direção teatral pela Royal Academy of London e pelo Conservatório Superior de Arte Dramática de Paris e também graduado em Literatura Francesa pela Universidade de Vincennes - Paris/ França. Em seu currículo ainda destaca-se sua formação em Ballet Clássico pela Escola do Teatro Colon em Buenos Aires - Argentina e pelo Ballet Rambert em Paris, estudou ainda, Dança Moderna e Jazz na Urdang Academy of London.

Renomado professor e coreógrafo é dono de três escolas de dança no mundo árabe: Beirute, Cairo e Bahrein. Atualmente é professor do Festival Nile Group no Egito, importante evento de dança árabe que atrai todos os anos centenas de pessoas do mundo todo que buscam estudar as diferentes modalidades da dança árabe.

Diretor e coreógrafo da Gaby Shiba Lebanese Show, com a qual vem se apresentando por mais de 30 anos em todo o mundo, é dono de um estilo único: o Balé Oriental, tendo sido seu criador. Gaby tem sua agenda de compromissos marcada pelos freqüentes convites para ministrar workshops e dirigir espetáculos ao redor do mundo, já tendo trabalhado em inúmeros países como: Rússia, França, Angola, Venezuela, Brasil, China, Tchecoslováquia, Hungria, Grécia e em todos os países do Mundo Árabe.


SERVIÇO:

Evento: Balé Oriental Salomé

Local: Teatro Tobias Barreto

Quando: dias 26 e 27 de setembro

Horário:

Custo: 20 reais inteira e 10 reais a meia entrada

Contatos:
Sociedade Ecoar

Maíra Magno - fone 8831-0918
Tânia 8834 8078 e 3211 8078
e Manuel - 32312198

ou na bilheteria do teatro, 3179-1490, pois os ingressos já estão à venda.

O evento é promovido pela Sociedade Ecoar e a UFS e a Maíra faz parte do elenco e fez o contato com o diretor que é um libanes radicado na cidade do Cairo/Egito, a montagem é de responsabilidade toda dele, adapação, figurinos, sonoplastia, coreografias, textos etc...

A nós coube a produção executiva apenas, mas é uma experiência inédita pois é uma montagem que trabalha a dança e o teatro de uma outra perspectiva estética e cultural, que necessariamente não é a nossa.



==

Curta SE 9, de 29 de setembro e 3 de outubro

em

ARACAJU, ESTÂNCIA e LARANJEIRAS

(veja a Relação completa de filmes selecionados para as mostras competitivas do Curta-SE 9 no blog: http://www.casacurtase.org.br/ )

A Casa Curta-SE abre inscrições a partir do dia 21 de setembro para a oficina de filmes para celular (Cel.u.Cine), que será realizada no dia 29 de setembro às 14 horas na Sociedade Semear durante a 9ª edição do Festival Iberoamericano de Curtas Metragens de Sergipe (Curta-SE 9). Os interessados deverão se inscrever na sede da instituição, localizada à rua Teixeira de Freitas, 175, bairro Salgado Filho no horário das 9h às 17h. As vagas são ilimitadas. Mais informações pelo telefone 3302-7092.

Destinada a interessados na produção de conteúdos audiovisuais para telefonia móvel, produzidos por meio dos mais variados suportes digitais, a oficina pretende partilhar com o público ligado à comunicação em geral, cinema, tv e artes visuais, conhecimento técnico e autoral, avaliando possibilidades de utilização de novas mídias como um meio inovador para realização de filmes micrometragem. O inscrito deve ter mais de 16 anos e experiência em Audiovisual.

O objetivo da oficina é oferecer subsídios e dicas para os interessados na realização de filmes para telefones celulares. O workshop também promoverá discussão sobre o cenário de Novas Mídias, principalmente a telefonia celular, que já começa a se consolidar na produção, divulgação e segmentação dos conteúdos audiovisuais.

Um dos ministrantes será o produtor e diretor de Cinema e TV Marco Altberg. Foi um dos fundadores do Canal Brasil e da Associação Brasileira de Produtores Independentes de TV, da qual ainda é conselheiro. Foi presidente da ABD (Associação Brasileira de Documentaristas) e da ABRACI (Associação Brasileira de Cineastas). Atualmente é diretor geral do Festival de Micrometragens Cel.U.Cine. Christian Croca,da agência de Marketing Digital Grudaemmim e Jean Cerqueira serão os outros oficineiros.

O evento – Realizado entre os dias 29 de setembro e 3 de outubro nas cidades de Aracaju, Estância e Laranjeiras, o Curta-SE 9 conta com o patrocínio da Petrobras e com o apoio cultural do BNB, Cinemark, Banese e Governo de Sergipe. O festival tem também o apoio de Figuras em Trânsito, Cultura Viva, Alfama Web, Pipa Nativa, Sincrônica Trilhas, Estúdios Quanta, Prefeituras Municipais de Estância e de Laranjeiras, Sociedade Semear, Sebrae/SE, Aruanã Eco Praia Hotel, Cinerama Brasilis, Brasil Filmes, ComSenso Comunicação, ABD Nacional, ABD/SE, Emsetur, Fórum dos Festivais, FICC, Prefeitura Municipal de Aracaju, Fundação Augusto Franco, Torre do Mar, Infographics, Superlux, CNCB, Impacto Comunicação. A promoção é do Jornal da Cidade, Folha de São Paulo On-line, Canal Brasil, Zoom/TV Cultura, Revista do Cinema Brasileiro, TV Alese e Infonet.

enviado por:
Assessoria de Comunicação Curta-SE 9
Ieda Tourinho
Jornalista diplomada
DRT: 1351/SE
(79) 8825-5213

==





João Pires Argollo, uma biografia:

Nasceu em Santo Amaro da Purificação, estado da Bahia, em 30 de setembro de 1909. Filho do Engenheiro Civil Alvino Pires Argollo e da Professora Maria Adelaide Barreto de Argollo.

O contato com a música começou em Salvador em plena juventude, com os Professores Vicente Spinelli, Othon Saleiro e depois com o uruguaio Agustinho Barrios, tido até hoje como um dos maiores violonistas do mundo. A partir do ano de 1931, passou a acompanhar grandes nomes da música brasileira na Bahia.

Ao chegar a Aracaju em 1939, procurou logo se enturmar com os músicos da cidade. Em 1954 participou do regional da Rádio Liberdade, nos programas de auditório onde desfilava astros e estrelas do cenário musical de todo o país.

Com alguns intelectuais sergipanos, participou dos grandes saraus integrando o grupo da “Velha Guarda” fundada por Dr. Antonio Garcia Filho, que reunia as estrelas da cultura sergipana, cultuando a boa música e o cancioneiro de nossas terras.

Um dos grandes feitos do violonista João Pires Argollo aconteceu no ano de 1967, quando fundou a cadeira de violão erudito no Conservatório de Música de Sergipe. No ano de 1978, representou nosso estado no X Seminário Internacional de Violão, realizado em Porto Alegre – RS.

Em 1985 presidiu a Ordem dos Músicos do Brasil – Secção Sergipe, e com o seu violão acompanhou grandes nomes da música brasileira na capital sergipana como os cantores Silvio Caldas e Orlando Silva.

No decorrer de sua vida, recebeu várias homenagens e medalhas conferidas por diversos setores importantes de nossa sociedade por sua contribuição ao fazer artístico de Sergipe.

Em 1986 recebe o título de cidadão sergipano conferido pela Assembléia Legislativa e em março de 2002 recebe a Medalha do Mérito Cultural Ignácio Barbosa, tendo seu nome gravado em uma placa comemorativa à “Cidade Seresta” na principal Praça de São Cristóvão – Sergipe.

Ainda em 2002, emprestou seu nome ao troféu do Festival de Música SESCANÇÃO, promovido pelo SESC – Sergipe.

Em 2005, a Construtora Norcon também lhe prestou uma homenagem batizando com seu nome, um dos blocos de apartamentos no Condomínio Villa Maestria.

Todos os domingos em sua casa, acontece um sarau musical que já dura mais de 50 anos, reunindo músicos em torno do chorinho e de outros gêneros musicais e que continua até os dias de hoje, mesmo após o seu falecimento no dia 31 de janeiro de 2009, meses antes de completar seu centenário.

======




======


OUTRAS COISAS...

CINEMA

Terça-feira é dia de ir ao cinema na Rede Cinemark pagando menos

EM SETEMBRO, A PROMOÇÃO “TERÇA NA TELA” LEVA INGRESSOS A R$ 6 (INTEIRA) E R$ 3 (MEIA) AOS COMPLEXOS DE ARACAJU

Durante o mês de setembro, a Rede Cinemark promove a Terça na Tela nos complexos do Shopping Jardins e do Shopping Riomar. Em todas as terças-feiras do mês – 8, 15, 22 e 29/9 –, o espectador poderá assistir a qualquer filme, em todos os horários, pelo valor promocional de R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) por ingresso. Nos dias de promoção, o snack bar também venderá um combo especial (pipoca promocional + refrigerante 300 ml + bombom Serenata de Amor) por R$ 3,50. A promoção não é válida aos feriados. A programação dos cinemas está disponível em www.cinemark.com.br

===


Salve, Salve!

Está rolando o

festival de música da ARPUB - Associação de Rádio Publicas do Brasil.

A seleção está indo para a segunda etapa, onde 10 músicas serão selecionadas para a semifinal regional em outubro, visando a final no mês de dezembro em Salvador.

De Aracaju, alguns amigos classificaram músicas e estão em votação. Na infonet http://www.infonet.com.br/cultura/aperipe.asp tem um link do festival no qual vc poderá ouvir a música e escolher a que mais gostou.

Vejam as que eu destaquei:

Instrumental

- Ultima Batalha 3' 18" / Café Pequeno : Violão, Gaita e Percussão

Foi originalmente composta por encomenda, para uma peça, como música para a cena de uma batalha (a última da estória), com muito movimento e passagens bruscas. A peça não saiu, mas o grupo gostou da música que acabou sendo incorporada ao repertório.

- Kalimbião Ultima Batalha 2' 20" / Kalimbaião : Piano, Gaita e Percussão

Foi composta a partir de uma fusão do erudito com o ritmo nordestino, a partir de uma célula tocada na Kalimba e desenvolvida no piano.


Letra e Música

- Arrastada 3' 59" / Patrícia Polayne

Letra e Música autoral que faz parte do repertório do primeiro cd que está sendo gravado pela cantora.

Dá uma escutada aí. E se achar que vale, vota!

Forte abraço

Débora

==

Abraço a seguinte idéia:

RECEBI O SEGUINTE EMAIL...

"Pessoal,

A chevrolet está fazendo uma campanha para entregar um carro zero a uma instituição de caridade.
Vamos votar no Almir do Picolé, este faz a diferença no Estado de Sergipe.

A PROMOÇÃO É 'AGILIZE AÍ'

http://www.agilizeai.com.br/instituicoes/Default.aspx

Basta selecionar onde tem São Paulo para Aracaju e na segunda opção, selecionar Creche Almir do Picolé. Votem mais de uma vez, passem pros amigos, façamos a diferença."

QUEM MANDOU SABE QUE MANDOU E POR QUE MANDOU...

FAÇA VOCÊ A SUA PARTE...


Postado por Adrea no 1mg-tarjapreta em 9/16/2009 02:08:00 AM


==




A exposição O ENCANTO DAS POSSIBILIDADES fica até 01/10/09, na Galeria J. Inácio, no hall da Biblioteca Pública Epfânio Dória.

O artista plástico Vicente Coda, em comemoração aos seus 15 anos de convivência com as artes plásticas, convida para a sua exposição “O Encanto das Possibilidades” de 17/09 a 01/10/09, na Galeria J. Inácio, no hall da Biblioteca Pública Epfânio Dória. O vernissage será no dia 17/09/09 às 19:30 h.

O Encanto das Possibilidades está dividido em quatro momentos: Telas inéditas, uma instalação, artesanato e fotografias. Esta última compõe-se de quatro partes: PESADELO, SADOMASO, ANATOMIA e MISTICISMO.

O artista acredita que, a Arte pelo seu aspecto inquieto e belo, e pela enorme força criadora que comporta, o faz criar e refletir sobre o alargamento de linguagens usadas em seu nome. É na representação artística, que encontra o poder para apresentar a sua inquieta criatividade e a liberdade para expressar variadas formas e opções, inclusive fazendo uso da tecnologia como parâmetro de criação de um trabalho visual.

Diferentes das demais formas até então trabalhadas por ele, a proposta é mesclar o pincel e a cibernética, explorando as tendências que coexistem contemporaneamente, sem preconceitos e sem apego a beleza estética.

O diferencial é que, enquanto artista ele optou por não ser o fotógrafo e sim o foco a ser fotografado, interpretando diversos personagens conforme a concepção da obra. A fotógrafa foi Terezinha A. F. Araujo.

Nas telas produziu algumas abstrações, onde tenta refletir as escolhas e os sentimentos que são a essência do cotidiano do ser humano. As telas figurativas retratam a sensualidade do feminino, focando as mais diversas formas de expressão corporal, articulando um diálogo com o masculino retratado nas fotografias.

A instalação “Vai-idade” é mais um elemento que retrata uma das facetas do comportamento humano que é a vaidade.

Primavera de 2009
Vicente Coda

Nenhum comentário:

Postar um comentário