13 de outubro de 2009

Arte e Cultura em Aracaju - Outubro 2009

A fúria da Beleza

Estupidamente bela
a beleza dessa “maria-sem-vergonha”
soca meu peito esta manhã!
Estupendamente funda,
a beleza, quando é linda demais,
dá uma imagem feita só de sensações,
de modo que, apesar de não se ter a consciência desse todo,
naquele instante não nos falta nada.
É um pá, um tapa, um golpe,
um bote que nos paralisa, organiza,
dispersa, conecta e completa!

Estonteantemente linda
a beleza doeu profundo no peito essa manhã.
Doeu tanto que eu dei de chorar.
Por causa de uma flor comum e misteriosa do caminho.
Uma delicada flor ordinária,
brotada da trivialidade do mato,
nascida do varejo da natureza,
me deu espanto!
Me tirou a roupa, o rumo, o prumo
e me pôs a mesa...
é a porrada da beleza!
Eu dei de chorar de uma alegria funda,
quase tristeza.
Acontece às vezes e não avisa.
A coisa estarrece e abre-se um portal.
É uma dobradura do real, uma dimensão dele, uma mágica à queima-roupa
sem truque nenhum. E é real.

Doeu a flor em mim tanto e com tanta força que eu dei de soluçar!
O esplendor do que vi era pancada, era baque e era bonito demais!
Penso, às vezes, que vivo pra esse momento
indefinível, sagrado, material, cósmico,
quase molecular.
Posto que é mistério,
descrevê-lo exato perambula ermo dentro da palavra impronunciável.
Sei que é desta flechada de luz
que nasce o acontecimento poético.
Poesia é quando a iluminação zureta,
bela e furiosa desse espanto
se transforma em palavra!

A florzinha distraída,
existindo singela na rua paralelepípeda esta manhã,
doeu profundo como se passasse do ponto.
Como aquele ponto do gozo,
como aquele ápice do prazer,
que a gente pensa que vai até morrer!
Como aquele máximo indivisível,
que de tão bom é bom de doer,
aquele momento em que a gente pede pára
querendo e não podendo mais querer,
porque mais do que aquilo
não se agüenta mais...
sabe como é ?
Violenta, às vezes, de tão bela, a beleza é!


Elisa Lucinda (que tem esse projeto fabuloso: www.escolalucinda.com.br/

mais um texto no final do post


=======

Segunda-feira é dia de recomeço. Serve pra gente se renovar, começar mais uma dieta infalível, voltar a malhar, mudar de emprego, repensar a vida e no final do dia, esquecer tudo e curtir uma boa música na Rua da Cultura.



Essa noite prestigiaremos a final estadual do Festival de Música da ARPUB (Associação das Rádios Públicas do Brasil), com a presença de cinco das dez bandas finalistas, onde somente duas serão selecionadas para representar Sergipe na etapa final, em Recife, Pernambuco.



As músicas são muito boas, a entrada é gratuita, a programação termina cedo e essa galera precisa dos nossos aplausos. E nós, será que precisamos de mais motivos para comparecer?



20:00 – 20:30 – BANDA UMA RUMA

20:30 – 21:00 – FERRARO TRIO

21:00 – 21:30 – EDSON JOÃO

21:30 – 22:00 – CAFÉ PEQUENO

22:00 – 22:30 – PATRICIA POLAYNE



Texto/Divulgação: Melissa Warwick


======


ATENÇÃO!!!

Dia 23.10 encerram as inscrições para o

EDITAL DE MICROPROJETOS

A Secult e o MinC/Funarte prorrogam as inscrições do edital Microprojetos Culturais até o dia 23 de outubro. O edital, inédito e exclusivamente voltado para o semiárido, beneficiará 36 municípios de Sergipe.

Cada projeto poderá ser financiado com um até 30 salários mínimos. Este edital tem como foco a realização de atividades artísticas, tendo como protagonistas ou beneficiários jovens de 17 a 29 anos residentes no semiárido. Podem concorrer pessoas físicas ou jurídicas que residam e comprovem realização de atividades culturais. As inscrições são gratuitas.

Os municípios que podem concorrer são Amparo do São Francisco, Aquidabã, Areia Branca, Campo do Brito, Canhoba, Canindé, Carira, Cedro, Cumbe, Feira Nova, Frei Paulo, Gararu, Graccho Cardoso, Itabaiana, Itabi, Lagarto, Macambira, Moita Bonita, Monte Alegre, Nossa Sra. Aparecida, Nossa Sra. das Dores, Nossa Sra. da Glória, Nossa Sra. de Lourdes, Pedra Mole, Pinhão, Poço Redondo, Poço Verde, Porto da Folha, Própria, Riachão do Dantas, Ribeirópolis, São Domingos, São Miguel do Aleixo, Simão Dias, Telha e Tobias Barreto.

O edital e os formulários para inscrições estão disponíveis no site da Secult.

Mais informações através do telefone (79) 3179-1924 ou 8819-6901, ou ainda através do e-mail: silvane.azevedo@cultura.se.gov.br.

http://www.agencia.se.gov.br/noticias/leitura/materia:16200/cultura_prorroga_prazo_de_inscricoes_do_edital_de_microprojetos.html




=======================





Foto aguardando crédito...



==

do site da Maria Scombona: Maguila vai à GÁS (por Raphael Borges, Artista Sergipano)

Por participar da realização de exposições nos últimos meses na Galeria Álvaro Santos (GAAS) em Aracaju, venho através da epístola dividir um pouco da experiência com o caro leitor, assim como eu, interessado no desenvolvimento das artes do Estado e preocupado com a instrumentalização qualificada e necessária das atividades relacionadas ao seguimento.

É preciso estar in loco e ativo, para ver que a GAAS precisa de um gás. Precisa de um gás natural. Deve provir de ‘conceito’ o planejamento de reestruturação do espaço. Algo quase divino, digno da fé que alguns ainda resistentes perseguem no viver artístico sergipano. (continua...)

LEIA O TEXTO COMPLETO NO SITE: http://blog.mariascombona.com.br/2009/10/maguila-vai-a-gas-por-rafael-borges-mingau-artista-sergipano/


==


AGENDA

quarta, 14

==

toda 4ª é dia do

CLUBE do JAZZ

na Aperipê FM, 104,9

das 20 às 22h

"Olá amigos do Clube do Jazz,

Nessa quarta-feira, 14/10, Clube do Jazz repercute o show de Zé Nogueira e Guinga em Aracaju e ainda destaca outros grandes nomes do Jazz contemporâneo.

Exibiremos trechos da simpática entrevista concedida ao CJ pelos dois instrumentistas, aproveitando para ouvir mais música deles próprios.

E ainda: um passeio variado pela música de McCoy Tyner, Chick Corea, Herbie Hancok e Mike Stern.

Imperdível!

Confiram matéria sobre o Show de Zé Nogueira Quarteto & Guinga no Blog do Clube do Jazz:
http://programaclubedojazz.wordpress.com

Um abraço e até lá,

Clube do Jazz, 4ªs, 20h, Aperipê FM, 104,9

Ernesto Seidl


==


quinta, 15






==


Amaral Vieira em Concerto com a ORSSE



A Orquestra Sinfônica de Sergipe, sob a regência do maestro Guilherme Mannis oferecerá um programa especial às crianças, no âmbito de sua Temporada 2009 de Concertos. O grupo apresentará uma das peças presentes no filme “Fantasia”, de Walt Disney, o Concerto nº2 para piano e Orquestra de Shostakovich. Ao piano, o talento Amaral Vieira, retornando aos palcos de Aracaju para mais uma marcante apresentação. Completam o programa duas peças chave do repertório sinfônico: a Sinfonia Clássica, de Prokofiev, e a Abertura, Scherzo e Finale, de Schumann.

Aberto a crianças: às 9h, no âmbito de projeto Sinfonia do Saber, em que a Orquestra abre as portas para a participação de colégios públicos, será feita uma apresentação didática, especial para todas as crianças, acompanhadas de seus responsáveis. As crianças interagem com a orquestra, fazem perguntas e se familiarizam com os sons dos instrumentos a partir de uma demonstração individual de cada músico.

Nas palavras do maestro, o concerto é “mais uma oportunidade de ver a ORSSE em sua plenitude. Amaral Vieira é um grande amigo da orquestra, e foi o artista que escolheu pessoalmente nosso piano em Nova York. Além disso, teremos um repertório muito acessível, de peças muito empolgantes, até populares, que valem a pena ser conferidas, queremos repetir a dose do último concerto, o público foi maravilhoso conosco!”.

LEIA MAIS no blog da ORSSE: http://sinfonicasergipe.blogspot.com/

Ficha técnica

Orquestra Sinfônica de Sergipe – Temporada 2009

Teatro Tobias Barreto

Guilherme Mannis, regente
Amaral Vieira, piano


Robert SCHUMANN
Overture Scherzo e FInale Op. 52

Dimitri SHOSTAKOVICH
Concerto para piano nº2, em fá maior

Serge PROKOFIEV
Sinfonia Clássica, op. 25

Ingressos: R$10 (inteira), R$5 (meia), à venda na bilheteria do TTB - 20h30
Cortesias e informações: (79) 3179-1480
Patrocínio: Instituto Banese
sinfonica@cultura.se.gov.br
--
Orquestra Sinfônica de Sergipe - Teatro Tobias Barreto
Av. Tancredo Neves, 2209, DIA - 3179 1480 e 8821 9488


==




O projeto SONORA BRASIL – Formação de Ouvintes Musicais realiza programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil.

Com o tema VIOLÃO BRASILEIRO, em sua décima segunda edição o Projeto SONORA BRASIL traz a público um panorama da obra violonística desenvolvida no país nas últimas décadas. O painel configura-se por meio de concertos com oito violonistas intérpretes da obra de compositores das cinco regiões onde estão localizados seus estados de origem.

Em quatro etapas Daniel Wolff (RS) e João Pedro Borges (MA); Henrique Annes (PE) e Marcelo Fernandes (MS); Salomão Habib (PA) e Fabrício Mattos (PR); Aluísio Laurindo Jr. (AP) e Nicolas de Souza Barros (RJ) interpretam em mais de 80 cidades a obra de 58 compositores que contribuíram de forma significativa para a consagração do violão como um dos instrumentos mais representativos da cultura musical do país, com trânsito em todos os segmentos da música, desde a tradição oral até a música de concerto.

Cumprindo sua missão de difundir o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não-comercial, o SONORA BRASIL consolida-se como o maior projeto de circulação musical do Brasil. Em 2009 são 331 concertos, a maioria em cidades distantes dos grandes centros urbanos. A ação possibilita às populações o contato com a qualidade e a diversidade da música brasileira, e contribui de forma significativa para o conjunto de ações desenvolvidas pelo SESC com vistas à formação de platéia. Para os músicos, propicia uma experiência ímpar, colocando-os em condição privilegiada para a difusão de seus trabalhos e o consequente estímulo a suas carreiras.

O projeto SONORA BRASIL busca despertar no público um olhar crítico sobre a produção e sobre os mecanismos de difusão de música no país, incentivando novas práticas e novos hábitos de apreciação musical, promovendo apresentações de caráter essencialmente acústico que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes.



Marcelo Fernandes é Bacharel em Violão e Mestre em Artes pela Universidade de São Paulo, e tem entre seus mestres Edelton Gloeden e Edna Baldassi. Estudou também com Abel Carlevaro, de quem foi discípulo durante temporadas de estudo na cidade de Montevideo, Uruguai.



Henrique Annes - Nasceu em 25 de julho de 1946, em Recife, sendo testemunha e agente histórico da tradição violonística do estado. Iniciou sua prática aos dez anos de idade, quando recebeu do pai um cavaquinho que aprendeu por sua conta, dando já sinais de uma habilidade natural.


do site: www.sesc-se.com.br/sonorabrasil2009


==


Sexta, 16



Daniel (Plastico Lunar)
Miguel (Nautilus)
Arthur (Daysleepers)
Belarmino (Vox - Pink Floyd cover)

Esses 4 músicos vão fazer um acústico tocando Beatles, The Band, The animals e etc!!!


==


Projeto Freguesia

Pça. Olímpio Campos - 12h

Apresentação: Trio Vassoural - Forró pé-de-serra

Programação de OUTUBRO: http://www.aracaju.se.gov.br/cultura_turismo_e_esporte/index.php?act=leitura&codigo=39404


==


Segue a programação da Suburbia da semana.



Sexta – 16/10: Severina + Zéq Óliver (Black MPB)

Sábado – 17/10: The Wink (Recife) + Unique

Ingresso antecipado e com preço promocional na Stalker.
www.portalrcn.com/suburbia
Fone: 3042-0704


==


sábado, 17


Mais um dia de Rock

Zander(RJ)

Jonas(BA)

Rótulo

Friendship

Demonkratzie

&

Nucleador (SE)


às 21h - R$7 - no Espaço Gonzagão


==

Viva o Rock Aracaju
Dia 17/out./2009 as 16hrs
R$ 5,00

Local: América point (Em frente a Franklin Roosevelt no B. América)

Bandas:
→ Conexão H.C {SE}
→ Uncivic {SE}
→ Mosh {SE}
→ V.P.P {SE}
→ City in flames {BA}
→ Andragma {BA}
→ The Requiem Mass {BA}

==



Daysleepers. Este nome pode parecer estranho para algumas pessoas, mas outras com certeza já devem ter ouvido falar desta que é uma das bandas mais novas e promissoras da cena independente sergipana. A banda formada por Arthur Matos, Rafael Eugênio, Wesley Andrade, Fabrício Rossíni e Ravy Bezzera traz ao mundo e as terras sergipanas um som inspirado em belas melodias, adornado de ricas harmonias vocais, inspiração essa herdada de bandas surgidas na década de 60 como Beach Boys, Beatles, The Byrds, Simon and Garfunkel, Bob Dylan, The Turtles, The Zombies, entre muitas outras. A banda que acaba de retornar de uma turnê pelo nordeste, além de ter dividido no final de 2008 o palco com a lendária banda Os Mutantes.

Depois de passar por vários outros palcos na capital sergipana durante um ano de atividade, estão em estúdio gravando o seu primeiro álbum, que será lançado no início de 2010.

A Daysleepers resolveu focar num projeto ambicioso: prestar uma homenagem a suas principais influências. Com o show “60’s Sounds”. Um tributo à musica dos anos 60.

Neste show a banda apresentará clássicos dos Beach Boys, Beatles, The Who, The Byrds, The Turtles, The Zombies, Bob Dylan, Cream, The Monkees, The Rolling Stones, The Mamas and the Papas, Jefferson Airplane, The Hollies, Simon and Garfunkel, The Band, The Doors, The Kinks, Jimi Hendrix, Jackson 5, Ray Charles, Jonnhy Cash, Joe Cocker, Janis Joplin, além contar com várias participações especias. Imperdível!


==


Domingo, 18

Projeto Freguesia

Pça. Tobias Barreto - 20h

Apresentação: Lateiros Curupira - Alternativo

Programação de OUTUBRO: http://www.aracaju.se.gov.br/cultura_turismo_e_esporte/index.php?act=leitura&codigo=39404


==

Segunda, 19


toda segunda tem Rua da Cultura...

no Mercado Municipal

a partir das 18h

grátis


==

Terça, 20


Rumos Itaú Cultural aporta em Aracaju e realiza Workshop na Sociedade Semear

(atenção: VAGAS LIMITADAS)



Entre os dias 20 e 23 de outubro acontece na Sociedade Semear o workshop “Entre Percursos e Circuitos – Manobras da Arte”, com o objetivo de contribuir para a articulação, consolidação e/ou aprofundamento de um cenário artístico-cultural propício ao desenvolvimento de práticas artísticas. O workshop oferece suporte na formação profissional de agentes do meio e base crítica para uma leitura qualitativa da produção atual, bem como a ocasião de uma interlocução na qual os participantes possam discutir questões concernentes aos seus trabalhos e universos poéticos.

O curso faz parte da quarta edição do programa Rumo Artes Visuais, organizado pelos assistentes curatoriais da edição 2008/2009 do Rumos Itaú Cultural Artes Visuais 2008/2009.

A inscrição é gratuita, mas com vagas limitadas. Informações através do 3214-5800 ou sociedadesemear@infonet.com.br .


Sociedade Semear: Rua Vila Cristina 148, Aracaju - Sergipe - Tel: (79) 3214-5800

FONTE: Sociedade Semear


==

Quarta, 21




==

Quinta, 22


O MÁGICO DE OZ



O Mágico de Oz é considerado um conto que transcende o tempo; é, portanto, um clássico. A história foi escrita por Lyman Frank Baum em 1900, e o filme produzido em 1939. A obra cinematográfica chega, em 2009, aos 71 anos de idade encantando as plateias.

Mais de um bilhão de espectadores de todo o mundo viajaram no tornado de Kansas e aterrissaram na Cidade de Oz, frente às telas de cinema.

Adultos e crianças acompanham Dorothy e seus quatro amigos nessa jornada não só mágica, mas de luta – o Espantalho, o Homem de Lata, o cachorrinho Totó e o Leão Covarde. Cada qual busca, seguindo pela estrada amarela, a realização de seus sonhos.

Dorothy, após algum tempo à procura do lugar ideal para se viver, vê-se convencida de que esse lugar é o seu lar, junto de sua Tia Emm e de seu Tio Henry. A menina solicita ao Mágico a volta à casa, mas a “verdadeira magia” acontece quando ela se volta para o sentido da gratidão, da solidariedade e da compreensão do ser humano com suas possibilidades e limitações.

Dostoievski diz que “é no aprofundamento no mundo da fantasia que se alcança o real”. No conto, a realidade se revela na busca humana do autoconhecimento; na compreensão dos conflitos entre as pessoas; na compreensão das questões e respostas que se elaboram na relação homem e mundo; nas respostas existenciais relativas ao medo, às fantasias possíveis e não possíveis de se realizarem, às paixões e às ansiedades.
É, portanto, uma peça que reafirma o valor da arte no processo pedagógico verdadeiro e sério.

-

O MÁGICO DE OZ - entrada franca

22/10 (quinta-feira)
19 horas - Teatro Tobias Barreto

Direção e coreografia: Tetê Nahas
Assistência de direção: Corina Pann
Preparação musical: Corina Pann e Juliana Cordeiro
Versão das músicas em português: Juliana Cordeiro
Maquiagem - concepçao e execução: Luciano Góis
Confecção do figurino: Mundo da Lua
Sonoplastia: Tadeu Oliveira
Efeitos especiais: Toquinho
Iluminação: Sérgio Robson
Música - execução ao vivo: Cristiano Andrade (teclado), Márcio Gray (trombone), Janúzia Maria (flauta), Rodrigo Peninha (baixo), Genisson Feitosa (clarinete), Roger Madureira (trompete) e Pequeno (percussão).
Coro, elenco e corpo de baile: alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da Nossa Escola

Realização Nossa Escola/2009


==

Sexta, 23

CRÍTICOS DE CINEMA PARTICIPAM DO CINE OLHO

[DPI/SESC : 15-10-2009- 16:53]
Os jornalistas e críticos de cinema Ivan Valença e Suyene Correia participam na próxima semana, 23/10, às 19h30, no auditório do Sesc Centro, de mais uma etapa do Projeto Cine Olho: conversa entre educadores. Eles irão falar sobre a produção cinematográfica em Sergipe, o cinema na mídia e os processos de divulgação.

O projeto lançado no final de setembro, pelo Sesc Sergipe, tem o objetivo de apoiar as unidades escolares por meio da utilização audiovisual associado aos conteúdos das disciplinas curriculares, ou através de projetos interdisciplinares dentro de uma ação eminentemente pedagógica, artística e cultural.

Na primeira etapa do Cine Olho foi realizado uma mesa temática envolvendo a produtora da Casa Curta-Se, Rosângela Rocha e o diretor de Animação da TV Aperipê, Daniel Rouvier Dória. Na ocasião foram abordados os temas: cinema de animação e a produção de curtas em Sergipe.

O projeto Cine Olho também irá promover no período de 19 a 23/10, no Sesc Centro, um curso sobre elaboração de histórias em quadrinhos na sala de aula, que será ministrado pelo pedagogo Milton Coelho, especialista em Arte-educação.
As inscrições estão abertas nas centrais de atendimento do Sesc. Informações 3216-2726.

19h - A produção de Cinema em Sergipe
Suyene Correia - Jornalista

19h30 - O Cinema na Mídia e os Processos de Divulgação
Ivan Valença - Cinéfilo e Crítico de Cinema

20h - Debate

20h30 - Apresentação de Pedrinho Mendonça: Percussão Só

Local: Auditório do Sesc/Centro - Rua Dom José Thomaz, 235 - Bairro São
José

Veja a programação completa www.sesc-se.com.br

Assessoria de Imprensa: Aparecida Onias
Setor de Comunicação - 79 3216 2736


==


Segue a programação da Suburbia da semana.



Sexta – 23/10: Symbiose (com toda sua irreverência) e Ideário

Sábado – 24/10: apresentação especial de Ronise Ramos e Dj Marcos Mad.


Comprando um ingresso na bilheteria grátis uma cerveja ou um drink.
Ingresso antecipado e com preço promocional na Stalker.
Fone: 3042-0704



==




"Essa é Pra Tocar no Rádio?" (texto do site ARBUP)

É o título de uma música de Gilberto Gil e que resume bem o objetivo do I Festival Nacional de Música da ARPUB: abrir espaço na programação das rádios públicas brasileiras para a nova produção musical do país que não encontram espaços na maioria das rádios comerciais, fazendo com que as rádios públicas sejam muitas vezes a única porta para escoar a riqueza e a diversidade regional dessa produção.

O Festival visa revelar e divulgar gravações de obras musicais inéditas nas emissoras de rádio participantes para cantores, compositores, instrumentistas e arranjadores, valorizando a produção e a diversidade da musical local.

Para a fase nacional, cada rádio enviará as duas músicas que obtiveram as maiores pontuações nas categorias: Melhor Música Com Letra e Melhor Música Instrumental. Depois destas músicas serem veiculadas em todas as emissoras participantes, cinco receberão a premiação em dinheiro nas seguintes categorias: Melhor Música Com Letra, Melhor Música Instrumental, Melhor Intérprete, Melhor Instrumentista e Melhor Arranjo.

(Continua...)

LEIA TEXTO COMPLETO AQUI: http://www.arpub.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=202&Itemid=259


NO site da INFONET as músicas sergipanas que estão na concorrência: http://www.infonet.com.br/cultura/aperipe.asp


==

FERRARO TRIO & CROVE HORRORSHOW




FERRARO TRIO E CROVE HORRORSHOW

30 DE OUTUBRO (SEXTA) – CAPITÃO COOK



Depois de shows bastante comentados no Capitão Cook ao lado de Ivan reis, Héloa Rocha, Zéq Oliver e Máquina Blues, o Ferraro Trio vem conquistando outros espaços em Aracaju, a exemplo do Projeto Freguesia na orla de Atalaia e duas apresentações em eventos da Universidade Federal de Sergipe, onde seus integrantes (Saulinho Ferreira, Robson Macaxeira e Rafael Jr.) estudam Música. Bebendo principalmente na soul music dos anos 70, o trio faz música instrumental acessível e até pra dançar, com influências da Motown (Steve Wonder, Jackson 5, Marvin Gaye), do rock (Jimi Hendrix Experience) e da música negra brasileira (Black Rio, Moacir Santos). O grupo, que lançou um EP com 4 músicas (todas disponíveis em www.myspace.com/ferratrio) e participa do Festival de Música da Associação das Rádios Públicas do Brasil – na categoria “instrumental” – convida dessa vez um ícone da música pop sergipana dos anos 80, que influenciou importantes nomes da cena local nos 90 mas foi muito pouco ouvido e divulgado dentro e fora de Sergipe.

O Crove Horrorshow nasceu no segundo semestre de 1985, em Aracaju, após a dissolução do Perigo de Vida, um dos primeiros grupos de rock formados na cidade. O nome da banda é uma explícita referência ao idioma fictício criado por Anthony Burgess em seu romance “A Laranja Mecânica”, transformado em filme por Stanley Kubrick. O Crove lançou sua primeira demo em 1988, com as músicas Nada e Tudo. Em 1989, foram gravadas em estúdio mais duas músicas: Eu te Amava e Agora. Em 1996, foi gravada a demo Catedral, com quatro músicas: Catedral, Nada Passou, Labirinto e Ninguém Mais. Em 2004, foi lançado o CD demo Violagem, com versões acústicas e eletrônicas de novas e velhas canções. Atualmente, com o novo baixista Fabinho Snoozer, a banda planeja lançar um CD com músicas de suas várias fases. Confira algumas músicas da banda: www.myspace.com/crovehorrorshow

RESUMO:

QUEM – FERRARO TRIO & CROVE HORRORSHOW

QUANDO – 30 DE OUTUBRO (SEXTA), 22h

ONDE – CAPITÃO COOK (FAROL DA COROA DO MEIO)

QUANTO – 10 REAIS

APOIO – APERIPÊ FM E MOJO DESIGNERS


==



Help!



Festa que ocorrerá na Casa do Rock dia 30/10, com o objetivo de arrecadar uma verba para ajudar a pagar os custos da ida da Plástico Lunar e The Baggios, para o Festival Dosol (http://www.dosol.com.br/) em Natal dia 07/11, passando por Campina Grande na Paraiba, para um show de lançamento do Ep da banda local Sex on the beach (http://www.myspace.com/sexonthebeachsurf) dia 05/11.


As bandas:

The Baggios

Plástico Lunar

Elvis Boamorte e os Boavidas

Sinesttesia (lançando seu EP)


OBS: A Casa do Rock fica na Aruana, proximo da AABB e em frente ao Oca Bar, Aracaju-SE.




==



EXPOSIÇÕES continuam até...


A exposição fotográfica ‘Dá Iô Iô’

Fotos de Camile Levita ficam em cartaz até dia 31 de outubro
Galeria Álvaro Santos
às 20h

leia completo nesse link: http://www.infonet.com.br/agenda/ler.asp?titulo=exposicoes&id=90333 )


==


Exposição do Fotógrafo Marcelinho Hora

"Crianças... magia, pureza e verdade”




"De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?" (Ernest Hemingway)

O fotógrafo Marcelinho Hora, há mais de uma década é conhecido por registrar através de suas lentes a cena musical Sergipana. Agora nos surpreende por revelar mais um lado de sua arte só conhecida por alguns: ”O universo da fotografia infantil.”
Período: De 08 a 22 de Outubro de 2009.
Horário: Das 10h às 22 h.
Local: Shopping Riomar – 2º piso, próximo ao Game Station

Contatos:
Marcelinho Hora
79-3042-4989 - 79-8101-5820
Avenida Acrísio Cruz, 174 – Bairro Salgado Filho
contato@marcelinhohora.com.br
www.marcelinhohora.com.br
http://www.flickr.com/marcelinho/collections/72157602846945402/
http://marcelinhohora.blogspot.com/


==

Na galeria Jenner Augusto - Semear

Até 23 de outubro o artista plástico baiano Guel Silveira expoe seus trabalhos na Galeria Jenner Augusto, na mostra que leva seu próprio nome. Guel Silveira é filho de Jenner Augusto (que dá nome à galeria da Semear) e da marchand Luiza Silveira. A exposição tem como curador Zeca Fernandes.


==

CINEMA

Cine Cult da Rede Cinemark exibe “O Equilibrista” e “Paris” DIARIAMENTE, ÀS 14H. OS INGRESSOS CUSTAM R$ 7 E R$ 3,50

A partir desta sexta-feira, dia 16, o documentário “O Equilibrista”, de James Marsh, será exibido no Cine Cult da Rede Cinemark no Shopping Riomar. Já o drama francês “Paris”, de Cédric Klapisch, está em cartaz na sessão alternativa no complexo do Shopping Jardins. Todos os dias, até 22 de outubro, às 14h, o espectador poderá assistir aos filmes pagando R$ 7 (inteira) e R$ 3,50 (meia) pelo ingresso. Todo o conforto da Rede Cinemark por um preço promocional imperdível. Para conferir toda a programação, acesse o site: www.cinemark.com.br.

Serviço

PARIS
França, 2008, drama, 129 minutos
Direção: Cédric Klapisch

Sinopse: A história de um rapaz parisiense que está doente e pensa que vai morrer. Sua condição faz com que ele olhe para todos à sua volta de uma maneira nova e diferente, imaginando que sua morte repentina daria um novo significado à existência das outras pessoas e à vida de toda a cidade.

O EQUILIBRISTA
E.U.A., 2008, documentário, 90 minutos
Direção: James Marsh

Sinopse: A história de Philippe Petit que, em 1974, conseguiu burlar a segurança do World Trade Center para andar em uma corda bamba entre os dois prédios. Vencedor de Oscar de melhor documentário.

Shopping Jardins: Av. Ministro Geraldo Barreto Sobral, 215 – Jardim
Shopping Riomar: Rua Delmiro Gouveia s/nº

enviado por Regina Buffolo - regina@belemcom.com.br


==

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA INFANTIL



O FICI levará mais de 50 filmes para as salas de cinema da Rede Cinemark em nove cidades brasileiras, reunindo títulos inéditos e clássicos, curtas-metragens nacionais e internacionais e programas de TV, além de oficina de cinema de animação e debates. A estréia será em Brasília, de 4 a 13 de setembro; São Paulo e Campinas, de 11 a 20 de setembro; Belo Horizonte, de 18 a 27 de setembro; Rio de Janeiro e Niterói de 9 a 18 de outubro; Salvador e Aracaju, de 23 de outubro a 1° de novembro

Mais informações no site do festival: www.festivaldecinemainfantil.com.br


==


PRÓXIMAS ATRAÇÕES...

a exposição “TOY ART + HUMOR

do artista plástico João Valdênio
Brevemente no SESC Centro...


==


/>

HQ Festival 2009

A quinta saga do HQ Festival – Festival de Quadrinhos de Sergipe, acontecerá durante os dias 31 de outubro e 1 de novembro na Biblioteca Pública Epiphânio Dórea, das 9 às 19h, o evento tem por objetivo estimular o crescimento da Arte Sequencial no Estado.

mais informações: http://hqfestival.wordpress.com/hq-festival/


==




Circular BR volta a Aracaju!!!

Projeto de Música Instrumental volta a passear pelo Brasil em outubro. Aracaju, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre serão brindadas com shows até dezembro.



Patrocinado pela Petrobras Distribuidora, o Circular BR prossegue com a proposta de levar pelo Brasil afora a música instrumental de qualidade. Em outubro, artistas de expressão da música instrumental brasileira sobem aos palcos de nordeste a sul do país, para firmar mais um vez o compromisso de apresentar a perfeita harmonia entre diferentes estilos.

Além de formar público e promover o intercâmbio cultural entre músicos e platéia, o Circular BR propicia que a música instrumental brasileira continue a caminhar pelo País.

Programação de Aracaju

06/11/09 (sexta-feira), 20h
Luciana Rabello e Maurício Carrilho Quarteto
Convidado especial: Déo Rian

-

04/12/09 (sexta-feira), 20h
Marcel Powell Trio
Convidado especial: Victor Biglione

a serem realizados no

Teatro Lourival Baptista
200 lugares
End.: Rua Laranjeiras, 1.967 - Getúlio Vargas
Tel: (79) 3179-7550 / 3179-7551 / 8821-3258


==

em Minas Gerais acontece:





==


"Só de sacanagem"

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova? Tudo isso que está aí no ar: malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro.

Do meu dinheiro, do nosso dinheiro, Que reservamos duramente para educar os meninos mais pobres que nós. Para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais. Esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.

Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais? É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz. Mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.

Meu coração tá no escuro. A luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó E dos justos que os precederam: “Não roubarás”. “Devolva o lápis do coleguinha”. “Esse apontador não é seu, minha filha”.

Pois bem, se mexeram comigo, Com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, Então agora eu vou sacanear: Mais honesta ainda vou ficar!

Só de sacanagem! Dirão: “Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba” E eu vou dizer: “Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez”. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos. Vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês.

Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau. Dirão: “É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal”. E eu direi: “Não admito, minha esperança é imortal”. E eu repito: “Ouviram? IMORTAL!”

Sei que não dá para mudar o começo Mas, se a gente quiser, Vai dar para mudar o final!

(nesse link, poemas da ELisa Lucinda: http://www.revista.agulha.nom.br/elisalucinda.html

Escola Lucinda de Poesia Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário