22 de junho de 2010

PROg CULT SE! FORRÓ+ROCK+FORRÓ+FORRÓ+F...

Dia 9 de julho é dia do projeto

Para você, O QUE É SERGIPANIDADE? Eis o tema da próxima edição do projeto. Responda com TEXTOS, FOTOS ou VÍDEOS, enviando para o e-mail sergipanidade@aperipe.se.gov.br


--


poesia da sergipana


Baladas do inútil silêncio


I


se há por quês

é porque não se cansam

as andorinhas de voar


nem os mágicos

de tirarem coelhos da cartola


e o tempo é o gesto

e o espaço um pedaço de pão



Disponível no site


==


INSCRIÇÕES para o
II Festival do Filme Etnográfico do Recife

e até dia 31 de julho



Os Programas de Pós-Graduação em Antropologia e em Comunicação Social da UFPE abriram as inscrições para o II Festival do Filme Etnográfico do Recife. O evento vai premiar produções cinematográficas/videográficas,produzidas a partir de 2008, que apresentem qualidade técnica reconhecida na área.

Poderão ser inscritas, até o dia 31 de julho, produções nacionais e internacionais de documentários, que abordem questões socio-culturais contemporâneas sobre pessoas, coletividades, grupos sociais, processos históricos com temas de interesse antropológico. O II Festival, que se realizará 27 a 30 de setembro de 2010, tem o apoio da Fundação JoaquimNabuco (Fundaj) e será realizado na Sala de Cinema da Fundação Joaquim Nabuco, no Derby, em Recife. O regulamento e o formulário de inscrição encontram-se no seguinte site:http://www.filmedorecife.com.br


Outras Informações

Laboratório de Antropologia Visual
(81) 2126.8286



--


ATENÇÃO
ARTISTAS E PRODUTORES CULTURAIS!!!

O Banco do Nordeste realizará oficinas de elaboração de projetos para o
Edital de Cultura 2010

E tem também o
EDITAL do
FESTIVAL TANGOLOMANGO

MAIS INFORMAÇÕES NO FINAL DA POSTAGEM.



--


S u m á r i o


Quarta, 23
FORRÓ CAJU

Quinta, 24
FORRÓ CAJU

Sexta, 25
1 - FORRÓ CAJU

Sábado, 26
1-FORRÓ CAJU


Domingo, 27
1 - FORRÓ CAJU

Segunda, 28
1 -
Rua da Cultura INDOOR...

e

2 - FORRÓ CAJU


==




agora segue a
PROGRAMAÇÃO COMPLETA



Forró Caju 2010 acontece ATÉ DIA 29 de junho.


125 atrações

Mais de 187 horas de show.
confira toda a PROGRAMAÇÃO no site do evento



Nesta quarta NÃO TEM


QUE VOLTA NA PRÓXIMA SEMANA...

Enquanto isso, acessem o Blog do CJ e confiram matéria sobre a famosa Festa de 3 Anos do Programa: http://programaclubedojazz.wordpress.com/

Acompanhem o programa ao vivo pela Internet em: http://aperipe.swapi.uni5.net/

Clube do Jazz, Aperipê FM, 104,9, 4ª 20h

Apoio Cultural: Restaurante Muratto - Sushi e Lounge

(Veja AQUI algumas fotos do show de aniversário do Clube do Jazz)


==


Sexta, 25


Opção para quem não quiser forró... ROQUENRROUna

CULTIVA


==


Segunda, 28


Rua da Cultura Indoor apresenta:

Cine ABD na Rua


Com o Curta Metragem Negro Amor, dirigido por Anderson Bruno

Elenco: Aline Braga, Vinícius Chukro, Marivone Vieira, Carlos Zulu e Alisson Couto(OPCIONAL)

E o Longa Metragem Madame Satã, dirigido por Karin Aïnouz.

Elenco: Lázaro Ramos, Marcélia Cartaxo, Flávio Bauraqui, Emiliano Queiroz, Renata Sorrah.(OPCIONAL)

Na Casa Rua da Cultura, Rua Boquim, 210, Em frente a Praça Camerino-Centro (IMPORTANTE)

Às 19 horas

Uma parceria entre a Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragistas (ABD) e a Rua da Cultura

Apoio da Fundação Aperipê.




==


próximas atrações...


No mês de julho...

dia 1º de julho

Orquestra Sinfônica do Sergipe
avant remière do programa que será apresentado em Campos do Jordão

Se existe algo que distingue a realidade do sonho, são os passos firmes em direção ao futuro. A Orquestra Sinfônica de Sergipe realiza um evento de grande magnitude e mantém sua condição de promissora orquestra brasileira. Dessa vez, em companhia do violinista Daniel Guedes, ela participa do 41° Festival Internacional de Campos do Jordão interpretando a peça Tocatta Amazônica, do brasileiro Dimitri Cervo e a Sinfonia n.3, a Renana de Schumann.

A première deste programa você confere no Teatro Tobias Barreto na quinta-feira, dia 01de julho de 2010, às 20h30 e seguidamente a ORSSE e sua equipe embarca para o frio da serra paulistana ,se reapresentando na Praça do Capivari em Campos do Jordão no domingo dia 04 de julho d 2010, às 16h30. Um fim de tarde de inverno que será memorável na história da música sergipana.

Sobre o Convite:

Após o fenomenal sucesso da Turnê Brasil em 2009, quando a orquestra tocou nas principais salas de concerto do país e foi ovacionada e admirada por todos que presenciaram a garra e a disciplina que permeia a música feita pela ORSSE. Dessa feita em uma única apresentação na cidade de Campos do Jordão, levar-se-á uma representação fidedigna do grupo, coroando intensos trabalhos realizados ao longo desses quatro anos de temporadas e conquistas indescritíveis para o conjunto e seus apoiadores e mantenedores. A cultura sergipana estará representada no mais importante festival de música da América Latina. A ORSSE é a segunda orquestra do Nordeste a participar do festival, feito alcançado apenas pela Orquesra Sinfônica da Paraíba, na década de 80 com o Mt. Eleazar de Carvalho.

O concerto no Festival Internacional de Campos do Jordão adquire significado importante na divulgação da nossa política cultural e do incentivo que o Governo tem dado aos músicos que compõem a ORSSE, através dos investimentos realizados pelo Instituto Banese e da Secretaria de Estado da Cultura, tornou-se destaque esta ousada orquestra que leva o nome de Sergipe para os meios mais importantes da cena cultural do país, mostrando que aqui também se desenvolve uma música de qualidade com responsabilidade e determinação.

Sobre o Festival:

Em 1970, o Festival começava a sua história com três importantes maestros: Eleazar de Carvalho, Camargo Guarnieri e Souza Lima. O modelo foi inspirado no Festival de Tanglewood, nos Estados Unidos, o qual o maestro Eleazar de Carvalho também foi diretor e professor. Seu reconhecimento internacional, além de contribuir para o turismo na cidade serrana de Campos do Jordão, trouxe a oportunidade para diversos estudantes de música de se apresentarem ao lado de grandes artistas internacionais e terem aulas com os melhores professores europeus, americanos e sul-americanos, incluindo-se aqui os nossos brasileiros.

Sobre a Apresentação:

Para um evento de grande porte como esse, a ORSSE terá o violinista Daniel Guedes tocando duas peças: o Romance para Violino em Fá menor, Op. 11 e Antonín DVOŘÁK (1841-1904) e as Árias Ciganas, Op. 20 de Pablo de SARASATE (1844-1908). Ainda na celebração do bicentenário do alemão Robert SCHUMANN, a orquestra tocará a Sinfonia n.3 em mi bemol maior, Op 7, "Renana" considerada uma das mais importantes do compositor.

A estréia mundial da Toccata Amazônica, ou seja, pela primeira vez no mundo uma orquestra completa, terá as honras de interpretar essa peça, a qual só havia sido executada com formações musicais menores. Segundo o seu compositor, o gaúcho Dimitri Cervo, ela “é a mais processual das obras da Série Brasil 2000, revelando influências do Minimalismo e da rítmica brasileira. A peça é dividida em três grandes seções. Na primeira o compositor introduz pouco a pouco os temas da peça, sempre de forma gradual e através de repetições variadas. Na segunda seção, o piano toma a cena, metamorfoseando, dando novas luzes e expressividade aos temas apresentados na primeira seção. Na terceira seção, piano e orquestra se juntam para dar uma dimensão grandiosa aos temas, conduzindo a obra para uma impactante resolução. O título explica-se dessa forma: “Toccata”, pelo fato da obra se articular através de um pulso rítmico constante, que é propulsor do discurso musical. “Amazônica”, pelo fato da obra ser algo exuberante, em inventividade rítmica, orquestração e impacto artístico”, explica o compositor.

O Maestro Guilherme Mannis se emociona ao lembrar da 1ª ida da ORSSE à São Paulo, no Teatro do SESI, em plena Av. Paulista, "uma sala lotada com muitas pessoas de pé e a presença ilustre do gov. Marcelo Déda e tantos outros secretários que presenciaram aquele momento histórico. Não desconfiávamos o quanto essa oportunidade ajudaria no futuro. De lá para cá, só tivemos belas apresentações fora do nosso estado natal e todas com elogios da crítica especializada, unânimes nas suas declarações de que, a ORSSE tem um futuro brilhante e possui enorme potencial profissional, com muita gente jovem e cheia de energia. Podemos desenvolver repertórios nunca antes sonhados pelos sergipanos. Procuramos sempre escolher o melhor do repertório musical para Sergipe e isso se repetirá em Campos do Jordão, faremos bonito.", declara o Mt Guilherme Mannis.

SERVIÇO

Orquestra Sinfônica de Sergipe – Temporada 2010

Teatro Tobias Barreto

Praça do Capivari, Campos do Jordão, São Paulo, 41° Festival de Inverno.

GUILHERME MANNIS, regente

DANIEL GUEDES, violino

Quinta-feira, 01 de julho de 2010, 20:30 (Aracaju)

Domingo, 04 de julho de 2010, 16:00 (Campos do Jordão)


Ingressos: R$10 (inteira), R$5 (meia)

Realização: Secretaria de Estado da Cultura/Governo de Sergipe

Patrocínio: Instituto Banese

Informações e cortesias: (79) 3179-1491/1480

sinfonica@cultura.se.gov.br


Programa:


DIMITRI CERVO (1968)

Toccata amazônica


A. DVOŘÁK

Romance para violino e orquestra em fá menor, Op. 11


P. DE SARASATE (1844-1908)

Árias ciganas, Op. 20


R. SCHUMANN (1810-1856)

Sinfonia n.3 em mi bemol maior, Op. 7, "Renana"

I.Lebhaft

II.Scherzo: sehr mäßig

III.Nicht schnell

IV.Feierlich

V.Lebhaft




==

CANNE OFERECE CURSO DE MONTAGEM CINEMATOGRÁFICA EM SERGIPE

Percorrer as diferentes estéticas cinematográficas através do uso da montagem. É com este objetivo que o Centro Audiovisual Norte-Nordeste (CANNE), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Fundação Municipal de Cultura Turismo e Esportes (Funcaju) da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), por meio do Núcleo Digital Orlando Vieira, Aracaju-SE | Programa Olhar Brasil e apoio do Sebrae- SE, da Fundação Aperipê e Associação de Brasileira de Documentaristas, secção Sergipe (ABD/SE) realiza em Sergipe, de 12 a 16 de julho, o curso de Montagem Cinematográfica.

Saiba mais: npdorlandovieira-aju.blogspot.com


==


Aniversário de 2 anos da Roda de Leitura


No próximo dia 6 de julho, o comitê sergipano do Proler vai comemorar o segundo aniversário da roda de leitura, na Biblioteca Epifânio Dória.
Em dois anos de existência, já foram lidos e comentados cerca de 50 escritores, nacionais e estrangeiros, sobretudo os contemporâneos. Os mediadores priorizam textos cujos autores tenham menos projeção na mídia. Assim, divulgam literatura de qualidade para um público eclético, que apenas deseja fruir e debater as obras.
Os gêneros textuais escolhidos são, em sua maioria, as narrativas breves e poemas, para não haver a necessidade de os participantes conhecerem previamente. O debate está aberto a qualquer interessado, independente de sua área de atuação profissional.
Apesar de a mediação contar com profissionais especializados em literatura, objetivo da roda é compartilhar a leitura com todos. Os encontros acontecem na primeira terça-feira de cada mês, sempre às nove horas da manhã. A entrada é gratuita, e não é preciso realizar inscrição prévia.
No próximo encontro, haverá os textos “O arco-íris à meia-noite” (conto) de Cíntia Moscovich e poemas de Carlos Felipe Moisés, sob a mediação de Antonio Carlos Viana e Maruze Reis.




==









No mês de agosto...



Notícias do Coverama...


A
3ª eliminatória 2010 ocorre dia 17.07, no Iate Clube


==




Grupo Imbuaça estreia no mês de julho

“A Grande Serpente”



Próximo dia 28 de agosto o Grupo Imbuaça comemora 33 anos de existência e resistência. São mais de três décadas de luta, sacrifício e dedicação à arte cênica de rua, sobretudo, ainda que alguns de seus 14 espetáculos de repertório tenham sido adaptados para o palco.

Para comemorar em grande estilo o grupo estreia dia 21 de julho a peça “A Grande Serpente”, do dramaturgo potiguar Racine Santos, sob a direção do conterrâneo João Marcelino.

João Marcelino, que já dirigiu o Imbuaça em “A Farsa dos Opostos” (1992), “Chico Rei” (1995), Auto da Barca do Inferno (1997) e “Senhor dos Labirintos” (1999), volta a ocupar o posto de diretor, além de ser responsável pela concepção do figurino e cenários.




Em “A Grande Serpente”, a história se passa em meio à caatinga, num povoado isolado, a partir do momento em que a seca começa a castigar os habitantes do local, por conta do inexplicável esvaziamento da fonte local.



O coronel do lugarejo, Arão, procura explicação para o problema. Ele é alertado pela louca, Joana, que ele próprio, sem saber, é o causador da desgraça que se abate sobre o lugar. Tudo isso parece estar ligado ao seu casamento com Tamar, envolto em tons trágicos edipianos e enquanto a questão do incesto não for solucionada, a paz não reinará mais sobre aquele lugar.



A ação toda da peça, o tempo inteiro, reforça onde aquelas figuras estão localizadas. Estão no meio de uma caatinga, um local intransponível onde ninguém consegue entrar e nem sair. Naturalmente, que interpretamos isso como uma grande metáfora. Que universo é esse, que poço é esse que seca, e para que ele torne a estar cheio, ele depende de uma única coisa: que o trágico daquela família seja resolvido. No momento em que a verdade é revelada, a cidade volta a ter paz, o poço enche, ‘a grande serpente’ desaparece. Enfim, o espetáculo funciona como uma alegoria bem interessante”, explica João Marcelino, que recebe um suporte na montagem do ator Lindolfo Amaral.



Contando com o patrocínio da SECOM do Estado, através do Fundo Estadual de Patrocínio para Projetos Sócio-culturais e de Comunicação Social e com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT), “A Grande Serpente” tem estreia prevista para o dia 21 de julho (só para convidados) e permanece em cartaz de quinta a domingo para o público em geral no período de 22 de julho a 15 de agosto.



No elenco de “A Grande Serpente” Isabel Santos Neves, Iradilson Bispo, Manoel Cerqueira, Luciano Lima, Rita Maia, Rosicleia Moura, Talita Calixto e Carlos Wilker. A iluminação é assinada por Denys Leão e a trilha ficará a cargo de Eduardo Pinheiro.


==


Na
Aperipê Fm, Ecos em debate, todas as segundas, das 13 às 14 horas.

O programa que pretende mudar sua relação com o meio ambiente: Ecos em debate, o primeiro programa de jornalismo da rádio difusão pública brasileira voltado exclusivamente para os temas meio ambiente e qualidade de vida.
Ecos em debate, cidadania ambiente e qualidade de vida pelas ondas do seu rádio. Apresentação, prof. Alex Nascimento. Entrevistas, boletins informativos, crônicas e curiosidades.


==


na

Rádio Nacional do Rio de Janeiro
Sergival apresenta: PUXA O FOLE, dedicado ao FORRÓ!!!


"O programa será produzido e apresentado por mim ao vivo das 11:00 às 13:00h e terá blocos dedicado ao baião, ao xote, forró instrumental, arrastapé e entrevistas, onde claro, a música sergipana terá seu espaço cativo no repertório de meu programa.




Sintonia 1130KHz AM para todo o Sudeste, e também através da Internet para todo o mundo através do site http://www.ebc.com.br/ onde se pode acessar a Rádio Nacional AM do Rio do Janeiro ao vivo.



==




Editais & afins





Programa BNB de Cultura - Edição 2011

O objetivo das oficinas é oferecer maiores oportunidades de acesso aos recursos financeiros do Programa BNB de Cultura - Edição 2011 – Parceria BNDES, inclusive com o fornecimento detalhado de informações sobre preenchimento de formulários de inscrição. O ingresso nas oficinas é gratuito e não há necessidade de inscrição prévia. O Programa BNB de Cultura – Parceria BNDES é uma linha de patrocínio direto do BNB, com a parceria do BNDES, para apoio à produção e difusão da cultura nordestina, mediante seleção pública de projetos.

Em Sergipe
a primeira oficina será realizada no dia 28 de junho em Aracaju, no Auditório da Superintendência Estadual de Sergipe (Rua Itabaianinha, nº 44 – Centro), seguidos do município de Umbaúba, dia 30/06; Canindé de São Francisco, 05/07 e Poço Redondo, 17/07.

MAIS INFORMAÇÕES: http://www.bnb.gov.br/
(Enviado por ASCOM BNB)

--
Edital do
Festival Tangolomango

O Festival Tangolomango reúne grupos populares brasileiros e internacionais, para participar de intercâmbios que resultam em uma apresentação única de música, dança e circo. É focado na generosidade intelectual e na produção compartilhada e propõe uma metodologia de trabalho em que o resultado das dinâmicas de trocas é apresentado no final, quando todos os grupos selecionados criam um espetáculo integrado. Este ano a proposta do Projeto Tangolomango 2010 – 9º Festival da Diversidade Cultural continua sendo a de divulgar e proporcionar a troca de experiências entre projetos populares, com o objetivo de promover a diversidade cultural e a preservação, a integração, a renovação e a recombinação dessa diversidade.
Pela riqueza de nossa cultura e dos trabalhos que desenvolvem em suas comunidades, temos que tentar garantir a presença de Sergipe nesse circuito. Nós da Secult não podemos fazer isso, pois a iniciativa deve partir de pessoas jurídicas, não-governamentais e sem fins lucrativos, religiosos ou políticos. Vocês cabem perfeitamente nesta categoria, então sugerimos que leiam o edital em anexo, avaliem se podem participar e MÃOS À OBRA!

(Enviado por Marcelo Rangel)


--




Estão abertas as inscrições para o Iberescena, um fundo intergovernamental de apoio às artes cênicas, formado por Argentina, Colômbia, Chile, Costa Rica, Equador, Espanha, México, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela e, desde março passado, Brasil.




Quatro editais foram publicados para distribuir os recursos do fundo, com inscrições abertaspara criadores e produtores que residem nos países membros. Pela primeira vez, brasileirospodem concorrer.

As inscrições podem ser feitas até 3 de setembro de 2010, nas categorias Co-produção de espetáculos de teatro e dança; Apoio a redes, festivais e espaços cênicos para programação de espetáculos; Criação dramatúrgica e coreográfica; e Apoio para aperfeiçoamento profissionalem produção e gestão.



Os brasileiros poderão enviar seus projetos para o Centro de Artes Cênicas da Funarte - Rua da Imprensa, 16 - Sala 501 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep.: 20030-120.



Mais informações pelo telefone (21) 2279-8010.



Os editais estão disponíveis no site: www.iberescena.org.




==




Inscrições para o



Prêmio Vivaleitura 2010



estão abertas



Estão abertas as inscrições para o Prêmio Vivaleitura 2010, iniciativa que tem como objetivo estimular, fomentar e reconhecer experiências relacionadas à leitura. Esta é a quinta edição do Vivaleitura, que tem duração inicial prevista para dez anos (2006-2016) e é a maior premiação individual para o fomento à leitura no Brasil. Durante as quatro edições anteriores, cerca de 8,5 mil projetos já foram inscritos.




--



Saiba MUITO mais no site do MinC, acessando o



Nenhum comentário:

Postar um comentário