4 de junho de 2011

Arte e Cultura em Aracaju - de 04 a 13 de junho de 2011


poesia

[em solidariedade aos amigos do curso de Comunicação Social que estão OCUPANDO a ASCOM e a Reitoria da Universidade Federal de Sergipe. Quem quiser se solidarizar também, basta dar RT's (retuitadas) nos TT (tuítes) de @Comunicaufs (perfil dos organizadores do movimento) com a expressão #ChegaDeMigalhas]


Se os Tubarões Fossem Homens


Se os tubarões fossem homens, eles seriam mais gentís com os peixes pequenos. Se os tubarões fossem homens, eles fariam construir resistentes caixas do mar, para os peixes pequenos com todos os tipos de alimentos dentro, tanto vegetais, quanto animais. Eles cuidariam para que as caixas tivessem água sempre renovada e adotariam todas as providências sanitárias cabíveis se por exemplo um peixinho ferisse a barbatana, imediatamente ele faria uma atadura a fim de que não moressem antes do tempo. Para que os peixinhos não ficassem tristonhos, eles dariam cá e lá uma festa aquática, pois os peixes alegres tem gosto melhor que os tristonhos.

Naturalmente também haveria escolas nas grandes caixas, nessas aulas os peixinhos aprenderiam como nadar para a guela dos tubarões. Eles aprenderiam, por exemplo a usar a geografia, a fim de encontrar os grandes tubarões, deitados preguiçosamente por aí. Aula principal seria naturalmente a formação moral dos peixinhos. Eles seriam ensinados de que o ato mais grandioso e mais belo é o sacrifício alegre de um peixinho, e que todos eles deveriam acreditar nos tubarões, sobretudo quando esses dizem que velam pelo belo futuro dos peixinhos. Se encucaria nos peixinhos que esse futuro só estaria garantido se aprendessem a obediência. Antes de tudo os peixinhos deveriam guardar-se antes de qualquer inclinação baixa, materialista, egoísta e marxista. E denunciaria imediatamente os tubarões se qualquer deles manifestasse essas inclinações.

Se os tubarões fossem homens, eles naturalmente fariam guerra entre si a fim de conquistar caixas de peixes e peixinhos estrangeiros.As guerras seriam conduzidas pelos seus próprios peixinhos. Eles ensinariam os peixinhos que, entre os peixinhos e outros tubarões existem gigantescas diferenças. Eles anunciariam que os peixinhos são reconhecidamente mudos e calam nas mais diferentes línguas, sendo assim impossível que entendam um ao outro. Cada peixinho que na guerra matasse alguns peixinhos inimigos da outra língua silenciosos, seria condecorado com uma pequena ordem das algas e receberia o título de herói.

Se os tubarões fossem homens, haveria entre eles naturalmente também uma arte, haveria belos quadros, nos quais os dentes dos tubarões seriam pintados em vistosas cores e suas guelas seriam representadas como inocentes parques de recreio, nas quais se poderia brincar magnificamente. Os teatros do fundo do mar mostrariam como os valorosos peixinhos nadam entusiasmados para as guelas dos tubarões.A música seria tão bela, tão bela, que os peixinhos sob seus acordes e a orquestra na frente, entrariam em massa para as guelas dos tubarões sonhadores e possuídos pelos mais agradáveis pensamentos. Também haveria uma religião ali.

Se os tubarões fossem homens, eles ensinariam essa religião. E só na barriga dos tubarões é que começaria verdadeiramente a vida. Ademais, se os tubarões fossem homens, também acabaria a igualdade que hoje existe entre os peixinhos, alguns deles obteriam cargos e seriam postos acima dos outros. Os que fossem um pouquinho maiores poderiam inclusive comer os menores, isso só seria agradável aos tubarões, pois eles mesmos obteriam assim mais constantemente maiores bocados para devorar. E os peixinhos maiores que deteriam os cargos valeriam pela ordem entre os peixinhos para que estes chegassem a ser, professores, oficiais, engenheiros da construção de caixas e assim por diante. Curto e grosso, só então haveria civilização no mar, se os tubarões fossem homens.




==




Conheça as reivindicações dos estudantes de Comunicação Social da UFS no blog


RT #ChegaDeMigalhas


==


programação completa...


Sábado, 04





==


Domingo, 05



==


Segunda, 6


==


Terça, 7


3ª edição do Terças Musicais da ORSSE


Grupo de Câmara da ORSSE

Cravo: Guilherme Mannis

Arcangelo CORELLI
Concerto Grosso, op. 6, n°4

Johann Sebastian BACH
Concerto para dois violinos em ré menor
Solistas: Tarcísio Dantas e Fabiano Santana

Georg Philip TELEMANN
Concerto para viola e orquestra em sol maior
Solista: Cleverson Cremer

Antonio VIVALDI
Concerto para dois violinos e orquestra em lá menor RV522
Solistas: Márcio Rodrigues e Marcos Gonçalo


LOCAL: Palácio Museu Olímpio Campos

Praça Fausto Cardoso, s/n

17h30 às 18h30


==



Arthur Matos (Nantes), Melciades Filho (Máquina Blues), Fabrício Rossini (Nantes) e João Mário (Pantaloons e Renegades of Punk), estão de volta para mais uma apresentação do Projeto Folk/Country/Rock, onde relembram clássicos destes que são uns dos estilos americanos mais influentes na música até hoje. No repertório clássicos de Bob Dylan, Neil Young, George Harrison, The Band, Corsby, Stills and Nash, Johnny Cash, America e muito mais.



Quarta, 8


Nesta Quarta e Quinta-feira vamos receber na Casa Rua da Cultura a

Cia Clowns de Shakespeare

com o espetáculo "O Capitão e a Sereia" ás 19h

A história do sertanejo que fugiu do seu grupo de mambembes porque queria ver o mar. Esse é o eixo principal da peça “O Capitão e a Sereia” do grupo de teatro potiguar Clowns de Shakespeare. Montada durante o projeto Barracantes, 'O capitão...' foi desenvolvida pelo grupo com o apoio do Banco do Nordeste. Foram meses de criação e experiências junto ao público que comparecia na sede do projeto para acompanhar o processo de criação do grupo.

É baseada no livro homônimo do escritor André Neves, finalista do prêmio Jabuti de 2008. No livro, Marinho – personagem principal da história – tem uma trupe de mambembes que roda o interior apresentando espetáculos. Um belo dia, ele abandona o grupo e decide conhecer o mar.

A peça do grupo potiguar parte do ponto de vista do grupo que ficou e das dificuldades que eles têm em montar um espetáculo, sem o seu líder. Um toque de metalinguística. O espetáculo é dirigido por Fernando Yamamoto e tem como atores: Camille Carvalho, César Ferrario, Marco França e Renata Kaiser.
Texto:
http://odiariodocapitao.blogspot.com/

Local:

Casa Rua da Cultura

Pç Camerino, 210, Centro - Aracaju/SE

Quarta e quinta

Fonte: http://casaruadacultura.blogspot.com/

==




Imperdível!

Acompanhem o programa ao vivo pela Internet em:
http://aperipe.swapi.uni5.net/


Acessem também o Blog do CJ em:http://programaclubedojazz.wordpress.com/


Clube do Jazz, Aperipê FM, 104,9, 4ª 20h

Grande abraço e até a noite,

Ernesto Seidl


Aguardem as fotos do 4º aniversário do CJ...


==



Temporada de JAZZ

com o
Saulinho, Alejandro, Rafael e Robson

Toda quarta das 21h a 00h

no restaurante

endereço

Rua Dr Bezerra de Menezes 102, Atalaia
Reserve a sua mesa pelo fone (79) 3255-2376

Couvert individual R$ 5


==


Quinta, 9


ORQUESTRA SINFÔNICA DE SERGIPE -Série Cajueiros IV - Festival Beethoven homenageia Tobias Barreto

Homenagear os grandes intelectuais sergipanos através de sua produção musical é o objetivo da Orquestra Sinfônica de Sergipe, que realizará importante apresentação, na quinta-feira, 09 de junho às 20h30, no Teatro Tobias Barreto. Nesse concerto especial será celebrada a memória do poeta e intelectual germanista Tobias Barreto de Menezes, com a execução do grupo inteiramente dedicada à obra do maior gênio da composição alemã de todos os tempos: Ludwig van Beethoven. O concerto, denominado "Festival Beethoven", integra a Série Cajueiros IV, e terá a regência dos Maestros Guilherme Mannis e Daniel Nery.


Daniel Nery e Guilherme Mannis, regentes
Quinta Feira, 09 de junho de 2011, 20h30
Teatro Tobias Barreto

Programa:

Festival Ludwig van Beethoven (1770-1827)
Abertura "A Consagração da Casa" Op. 124

Abertura "Fidelio" Op. 72
Abertura "Leonora nº3" Op. 72


intervalo

Sinfonia nº6, em Fá maior, Op. 68, "Pastoral"
I. Allegro ma non troppo - "Despertar de sentimentos alegres diante da chegada ao campo"
II. Andante molto mosso - "Cena à beira de um regato"
III. Allegro - "Dança campestre"
IV. Allegro - "A tempestade"
V. Allegretto - Hino de ação de graças dos pastores, após a tempestade

Realização: Secretaria de Estado da Cultura/Governo de Sergipe
Patrocínio: Instituto Banese/ Banese Card
Apoio: Fundação Aperipê/Segrase

Ingressos à venda na bilheteria do Teatro Tobias Barreto.

R$15,00 inteira e R$7,50 meia

Informações: (79) 3179-1480/1491
sinfonica@cultura.se.gov.br

http://www.orquestrasinfonica.se.gov.br



==


RETALHOS JUNINOS: Fotógrafa Maria Odília expõe no SESC-Centro Aracaju


A Galeria de Arte do Sesc, localizada na Unidade Centro, apresenta de 09/06 a 29/07, a Exposição “Retalhos Juninos”, da fotojornalista Maria Odília. A mostra traz 14 fotografias que registram cenas, espetáculos e a arte das manifestações juninas em Sergipe através de um trabalho realizado ao longo dos anos, com o objetivo revelar o lado documental da fotografia e, sobretudo, tornar vivo o patrimônio cultural.

Segundo a curadora da exposição, Vanderléa Cardoso, a seleção das imagens partiu de um processo semelhante à construção de uma colcha de retalhos. “Cada cena é única; como se fossem pequenos tecidos de cores e expressões diversas a fim de formar uma perspectiva da identidade cultural e artística do que chamamos de “festejos juninos”, uma das ações coletivas mais belas, alegres e especiais para a vida dos nordestinos, especialmente, dos sergipanos”, disse a curadora.

Na abertura da exposição, que acontecerá no dia 09/06, às 12h, o público poderá observar além de belas imagens, algumas composições artísticas e se divertir e dançar ao som do grupo musical de Odier Caius. Vale ressaltar que durante o período em que a exposição estiver em cartaz, o Sesc realizará o trabalho de visitas mediadas, aberto a estudantes das redes públicas e privada e comunidade em geral.

O contato para o agendamento prévio (79) 3216-2753 (Vanderléa Cardoso)


==




==


Sexta, 10





==


Jazz
no

ARMAZÉM BACCO

com ALEJANDRO HABIB



Sextas e sábados,

às 21h
Rua Celso Oliva, 77 - Treze de Julho

Couvert Artistico -
R$ 5
Reservas (79) 3246-4585

Vocês ainda poderão adquirir o disco



onde atua com o tecladista Weide Morazi e Pequeno, na percussão. Veja mais sobre esse trabalho na



==


AGENDA do CHORO


A 'Agenda do Choro' é um indicativo de onde pode se encontrar chorinho ao vivo ou ao rádio, em Aracaju. Quem souber de alterações ou de novos lugares, grupos ou programas, por favor me informe. A intenção é fomentar público para esse gênero musical que quanto mais ouço mais aprecio.
André Teixeira


- - -



Renovação do Choro

Bar Chorinho do Inácio
sábados e domingos, 16 às 21h0


ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).



Contato: Inácio 79 9136-1803


=




Bar Recanto do Chorinho
domingos, das 17h00 às 19h30 (PONTUALMENTE!, depois rola outro som ao vivo)


Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos.
Convert R$ 5,00 -




=




no Parque da Cidade se apresenta a Banda do Chorinho
Egnaldo - Bandolim e voz e percussão
Souza Cavaquinho
Saul Violão
Dão violão
Rivaldo & Nancy - voz


às 4ª e depois do chorinho, das 20 às 23h00, seresta.


Contato: Leidinha 79 8135-2330




==

APERIPÊ AM


CHORINHO NAS RÁDIOS



apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00


Contato: Sérgio Tadeu
domingonoclube@gmail.com


=



APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções,

Apresentado por Ricardo Gama, o programa choros e canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h, de segunda à sexta.


Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==




==





==


toda sexta




Local: Quintal de Ará (próximo à igreja do Santa Lúcia)


==


Sábado, 11



==


PROJETO FREGUESIA

No sábado (11/06) quem sobe ao palco do Projeto Freguesia na Feira do Aratipe é "Ataide do Acordeon" e seu trio pé-de-serra.

Confira em: http://funcajucultura.blogspot.com/2011/06/projeto-freguesia-programacao-para-os.html

Quaisquer dúvidas:

Funcaju/ Cultura
Coordenadoria de Difusão e Intercâmbio Cultural
(79) 3179-3695


==


Domingo, 12



PROJETO FREGUESIA

12/06 - "Trio Cascavel" na Praça Tobias Barreto.

Confira em: http://funcajucultura.blogspot.com/2011/06/projeto-freguesia-programacao-para-os.html

Quaisquer dúvidas:

Funcaju/ Cultura
Coordenadoria de Difusão e Intercâmbio Cultural
(79) 3179-3695


==


Segunda, 13

==


Segue em exposição

Quarta, 1º de junho de 2011



Dando continuidade as nossas atividades de artes visuais em 2011 do SESC Centro, convidamos a todos para a “Mostra de Artesanatos”, das alunas dos Cursos de Trabalhos Manuais do SESC Centro e Grupo Nova Vida, sob orientação da Professora Virgínia Silveira.

Data: 01 à 03 de junho de 2011.

Horário: das 09 às 19h

Local: Galeria de Arte do SESC Centro.

Encaminhem essa programação para toda galera e participem!

Contamos com sua presença!


==


dia 1º de JULHO

Moita Bonita sedia 4ª edição do Rock in Moita

No mês do Rock a cidade de Moita Bonita, distante 64 km de Aracaju, sedia a 4ª edição do Rock in Moita, que acontece dia 1º de Julho em Moita Bonita. A 4ª edição do evento contará com os shows das bandas Bad Snake, Os Leprechauns, Karranca e Legião Urbana (cover). As apresentações começam a partir das 20:00h, na ACMB, com o valor de R$ 2,00.

O Rock in Moita surgiu 2008 em parceria com o projeto Rock Provincial desenvolvido pelo Rock Sertão, que realiza festivais de rock de forma itinerante em vários municípios do interior sergipano. Josiel, coordenador do evento, afirma que nessa 4ª edição o evento promete um maior número de público presente, pela maior divulgação do festival na mídia sergipana.

A Bad Snake é uma banda de Hard Rock de Aracaju, que faz soar um som agressivo e perigoso e está aberta para vários tipos de interpretações, o grupo possui grandes influências musicais dos anos 70 e 80, como de Guns n´Roses e Kiss. Os Leprechauns é uma Banda de Rock and Roll, que usa arranjos musicais influenciados pelos astros do rock: Raul Seixas, The Beatles, The Doors e Los Hermanos. Já a banda itabaianense, Karranca, mistura ritmos regionais como baião, maracatu, xote e funk, além de Legião Urbana cover, que vai trazer ao público presente, os grandes sucessos de Renato Russo e a eterna banda Legião Urbana.

O Rock in Moita é mais um festival de música independente, que busca ao lado de municípios como: Glória, Itabaiana, Moita Bonita e Nossa senhora das Dores trazerem para o cenário sergipano novos espaços culturais que valorizem grupos independentes do estado.

Da redação Itnet, Aparecido Santana.



==



em Aracaju acontece, de 17 a 21 de agosto

Com o objetivo de incentivar a utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação para o fomento e a democratização da produção cultural sergipana, o Coletivo Azedume, com o apoio do Instituto Federal de Sergipe - IFS, SESC-SE, Fundação APERIPÊ, CLARO, Departamento de Comunicação - UFS, ABD-SE, NPD Orlando Vieira, CATARSE.ME, Festival Internacional Globale Rio, ATIVA Comunicação e Gráfica J ANDRADE, promove, de 17 a 21 de agosto, o TR3S.MINUTOS – 1° Festival Sergipano de Micrometragens.


O festival

O TR3S.MINUTOS, 1° Festival Sergipano de Micrometragens, é um festival de filmes produzidos por meio de fontes de captação digitais, destinadas à exibição em aparelhos celulares. O foco são os micrometragens, ou filmes com a duração curtíssima, entre 30 segundos e 3 minutos.

As inscrições começam no dia 10 de junho e seguem até 10 de agosto e poderão ser feitas através do sitewww.tresminutos.org, que será lançado em breve com maiores informações.

fonte: http://npdorlandovieira-aju.blogspot.com/



==


Está no ar o blog de apoio à volta do

FESTIVAL DE ARTE DE SÃO CRISTÓVÃO


O ProFASC é uma "Comissão da sociedade civil que reune cidadãos de São Cristóvão e dos municípios adjacentes com o objetivo de propor alternativas e soluções para que torne possível a retomada da realização do FASC de forma ininterrupta, contemplando a participação da comunidade."

Acesse o blog e saiba mais: http://scprofasc.blogspot.com


==


Livro de poesias


Poe-mails ou poemeios?

Este livro nasceu da mesma forma que os poemas que lhe dão corpo & alma: do acaso do olhar encontrar e tentar registrar o belo com essa máquina de fotografar sentimento que é a linguagem. Utilizei como processo de escrita não ter um processo de escrita. O norte maior foi sempre o sentir dessa relação com a provocante Beleza, onde quer que Ela se manifestasse: numa palavra ou comentário, numa pintura ou foto, numa música, no silêncio ou até mesmo no vazio pós tudo. Foi escrito entre os anos de 2007 e 2010, utilizando como suporte o meio ambiente digital.

[LEIA MAIS AQUI]


[AQUI, entrevista concedida ao jornalista Rian Santos em seu blog Spleen e Charutos, sobre o livro 'poe-mails']



O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário