30 de julho de 2012

Arte e Cultura em Aracaju, de 30 de julho a 5 de agosto de 2012


poesia


Dor elegante

de Paulo Leminski


Um homem com uma dor
É muito mais elegante
Caminha assim de lado
Com se chegando atrasado
Chegasse mais adiante
Carrega o peso da dor
Como se portasse medalhas
Uma coroa, um milhão de dólares
Ou coisa que os valha
Ópios, edens, analgésicos
Não me toquem nesse dor
Ela é tudo o que me sobra
Sofrer vai ser a minha última obra


-

fonte: http://letras.mus.br/itamar-assumpcao/70180/


==


Todas as segundas das 21 às 22h00, na Aperipê FM 104,9


A Cena Sergipana tem seu espaço na 104.9 - Os ritmos e estilos de Sergipe estão na programação do 

REDE LOCAL. Histórias das canções, notícias dos bastidores, entrevistas, agenda, conexões culturais e muita música. 

Apresentação e produção: André Teixeira 



==

A Fundação Aperipê convida: 

“Tire sua música da gaveta e mostre ao mundo!”

Inscrições abertas para o
Inscrições abertas para o IV Festival Aperipê de Música
aperipe.com.br
As músicas pré-selecionadas serão veiculadas na grade de programação das rádios Aperip
ê FM e Aperipê AM entre os dias 15 a 31 de agosto, bem como estarão disponíveis no site da Aperipê durante o mesmo período.

O Edital e Ficha de Inscrição estão disponíveis em http://
site.aperipe.com.br/festival-2012/festival2012/ ou de segunda à sexta na rua Laranjeiras, 1837 – Getúlio Vargas, das 08 às 12 e das 14 às 18 horas.

Acesse o site e confira os detalhes.

Inscrições até dia 3 de agosto!


==


Todas as semanas novidade na 

Lojinha dos Discos




==


programação completa...


Segunda, 30


Rua da Cultura 

apresenta:

Mais Up (Pop Punk) - 19h

Axel (Rock Teen) - 20h

Bad Snake (Hard-Glam) - 21h


Ainda hoje e restante da programação da RdC

Mais informações: 3042-3878

Outras informações

Acesse
 http://www.casaruadacultura.com/


==


Terça, 31



Lançamento do livro de cordel

"A história de Sergipe contada em versos"

por Chiquinho do Além Mar


==




Este é o projeto de um MiniFestival Itinerante criado pelo Núcleo VAGAPARA e pelo Coletivo Quitanda, é a celebração dos encontros afetivo-colaborativos entre agrupamentos de artistas de diferentes linguagens que desenvolvem trabalhos solos. Defendemos uma idéia de que somos feitos pelos nossos encontros, trazemos em nós a memória do que vivemos em nossos encontros na rua, na sala de ensaio, nas escolas, nos bares, nas calçadas dos prédios. Apesar de sós, somos, também, coletivos.\


PROGRAMAÇÃO DO EVENTO
OFICINAS GRATUITAS
31 de julho a 04 de agosto/2012
Oficina de criação
A oficina de criação visa o compartilhamento das ferramentas e estratégias criativas adotadas pelos artistas dos coletivos envolvidos. O intuito é ampliar o leque de procedimentos criativos dos participantes da oficina, visando compartilhar as questões detonadas nas obras apresentadas, aproximando-as de outros artistas locais e promovendo a troca de pontos de vistas entre todos.
Alunos: artistas profissionais, estudantes de artes e comunidade em geral.
Ministrantes: Lucas Valentim
Vagas: 20 pessoas, a partir de 14 anos
Duração: 10h às 13h, com mostra ao final.

Oficina de produção
O foco é a instrumentalização dos artistas das localidades para desenvolverem seus trabalhos artísticos com algum tipo de suporte financeiro proveniente das diversas fontes de fomento atualmente disponíveis no país. Apresentando aos participantes um pouco da lógica da relação artista & instituições de fomento à cultura, gera-se na oficina um espaço de reflexão sobre o papel político do artista, além de indicar caminhos práticos de gestão das atividades dos grupos e captação de recursos.
Alunos: artistas profissionais, estudantes de artes e comunidade em geral.
Ministrante: Isabela Silveira
Vagas: 30 pessoas, a partir de 16 anos.
Duração: 14h às 17h

APRESENTAÇÕES E VÍDEOS
31 de julho (3ª feira)
19:30
MOSTRA DE VIDEODANÇA
Será realizada ao longo dos dias de programação, antes das performances ao vivo. Serão exibidos os vídeos:
  • Paixão Nacional, videodança dos criadores Márcio Nonato, Lucas Valentim e Gabriela Leite.
  • CBF – cerveja, bunda e futebol, videodança dos criadores Lucas Valentim, Jorge Oliveira e Eros Ferreira
  • Isto é apenas uma mulher com pano na cabeça, videodança dos criadores Márcio Nonato e Rodrigo Luna.
  • Mulheres de Magritte; videodança dos criadores Isabela Silveira, Rodrigo Luna e Renato Gaiarsa.
  • BARROC.inha: videodança do Coletivo TeiaMuv





==


Cine SESC apresenta:





Filme: NOITE DE ESTREIA (144’ / 1977)

Convidado: Prof. Msc. Caio Amado - Mestre em Cinema pela Universidade de São Paulo/ECA - Professor do Departamento de Ciências Sociais - UFS
Tema: O ator como autor
Local: Auditório do SESC Centro
Horário: 14h30

01/08 (quarta)
CineSESC meio-dia: Noite de Estreia (144’ / 1977)

Título original: Opening night
País de origem: EUA
Ano: 1977
Duração: 144 min
Diretor: John Cassavetes
Classificação: 12 anos
Elenco: Gena Rowlands – John Cassavetes – Bem Gazzara – Joan Blondell – Paul Stewart – Zohra Lampert – Laura Johson

SINOPSE:

Geena Rowlands é uma atriz em crise por não querer encarar o fato de estar envelhecendo. Ela acaba entrando em um redemoinho emocional atormentador após a morte de uma fã, há poucos instantes  de um estranho e próximo contato.


Eis os filmes exibidos na mostra



==


Quarta, 1º de agosto



Conheça o melhor do Jazz sergipano, brasileiro e mundial no programa de jazz da mais alta octanagem!, o
Imperdível!

Acompanhem o programa ao vivo pela Internet em:
http://aperipe.swapi.uni5.net/

Acessem também o Blog do CJ em
wordpress.com/
Clube do Jazz, Aperipê FM, 104,9, 4ª 20h
Grande abraço e até a noite,
Ernesto Seidl



==


QUATETO CLUBE do JAZZ em temporada no

ONE LOUNGE SUSHI

O jazz começa às 21 e vai até a meia noite

"Depois de 2 anos de "Quartas de Jazz", um ciclo se fechou e estamos iniciando, também às quartas e no mesmo horário (21h às 00h), uma temporada no One Lounge Sushi Restaurante. Primeiro mês em caráter experimental, mas já estão convidados!" Rafael Jr.



QUARTETO CLUBE do JAZZ é formado por 

Alejandro Habib (Sax)

Saulo Ferreira (Guitarra)

Robson Souza (Baixo)

e Rafael Jr. (Bateria)


Couvert R$ 7

Endereço:
Av Mário Jorge Menezes Vieira, 667
Fone (79) 3255-4228 begin_of_the_skype_highlighting            (79) 3255-4228      end_of_the_skype_highlighting


==


Quinta, 2


Todas as quintas-feiras de agosto tem blues com a 

MÁQUINA BLUES!!!




==





Todas as Quintas o cantor Dan Young se apresenta no Salato E Caramelle junto com Olivier no contrabaixo a partir das 20h30 ! Momento de baladas  eternas, sucessos de Elvis Presley, Johnny Rivers, Trini Lopez entre outros!! Vale a pena conferir !!
Couvert artistico - R$ 3,50

DAN YOUNG, cantor francês especializado em baladas, blues e clássicos da canção Norte Americana, no esquema de voz e violão.
Se você tem saudades das musicas de Elvis Presley em inicio de carreira,  musicas dos seus filmes, baladas de Johnny Rivers, canções de Trini Lopez, os famoso classicos da canção norte Americana venha curtir conosco músicas como CALL ME, STRANGERS IN THE NIGHT, ROUTE 66, SMILE, EVERYBODY LOVES SOMEBODY, RAINY NIGHT IN GEORGIA, YOU DON'T KNOW ME, LOVING YOU, WELCOME TO MY WORLD, ALWAYS ON MY MIND entre outras.

Conheça um pouco mais sobre o artista DAN YOUNG

SITE
http://
dan-young-br.yolasite.com/

FACEBOOK
https://www.facebook.com/
groups/danyoung.thepards/doc/126901660737811/

YOUTUBE

ROUTE 66 - http://youtu.be/
uPmY04Jchq4
GOOD ROCKING TONIGHT - http://youtu.be/
c8RA_YwU6Bc
STEAMROLLER BLUES - http://youtu.be/
BDzJzdofr_8
SAN ANTONIO ROSE - http://youtu.be/
xkFNdUZ8_bA 


==




O Chileno Gonzalo de Santiago toca e canta Bossa Nova e muito mais a partir das 21h00 no Restaurante do Armazem Bacco.

Couvert artistico - R$ 5

Rua Celso Oliva, 77 - Praia 13 de Julho
Aracaju - Sergipe - Brasil
(79)3246-4585 begin_of_the_skype_highlighting            (79)3246-4585      end_of_the_skype_highlighting


==


Sexta, 3




==


Clássicos ao piano com Manuel Vieira Jr.



O pianista Manoel Vieira Jr. toca classicos em seu teclado a partir das 21hs no Restaurante 

Armazem Bacco. 


Couvert artistico - R$ 5


==






03 de agosto (6ª feira)

16h
Sirva-se, de Olga Lamas (intervenção urbana)
Sirva-se é um work-in-progress que mistura as linguagens da instalação e da performance, tendo
como base criativa as ideias de infiltração e de silêncio. Este é o mais recente desdobramento da
pesquisa que a artista Olga Lamas vem desenvolvendo sobre a vida e a obra de Virginia Woolf. No
Brasil, realizou apresentações no Rio de Janeiro/RJ, Campinas/SP e Salvador/BA; e na Europa em
Londres (Reino Unido) e Vitoria-Gasteiz (Espanha).

20h
Dois, de Lisa Vietra (instalação)
Vivemos sob uma lógica dualista, onde para uma coisa ‘ser’ é necessário que haja outra que seja oposta e complementar a outra – e é desta forma que validada-se a existência de ambas. Este trabalho, que está em processo de criação, analisa e explora o binarismo existente na construção cultural de Feminino e Masculino. Manifestamos identidades genuínas ou estamos repetindo modelos estabelecidos? O que há por trás da forma que mulheres e homens – usualmente – se comportam?

Entrada a preço da Razão, de Isaura Tupiniquim (Performance)
Configura-se num transpassar de arames que indica limites e possibilidades de movimentos onde o corpo age como extensão da “máquina” metálica e vice-versa, instaurando um jogo de tensões e embate de forças. A oscilação entre risco, instabilidade e imprevisibilidade nos movimentos da estrutura no espaço, provoca um estado de ameaça para o publico deslocando sentidos e espacialidade no ambiente.




==


Sábado 4







04 de agosto (sábado)

16h
Isto é apenas uma mulher, de Isabela Silveira (intervenção urbana)
Uma mulher, com o rosto coberto por um pano branco, sentada em um banco de praça. O que pode surgir desta cena? Quais as possibilidades de interação são apresentadas por esta personagem? Quem é esta pessoa? Como os transeuntes lidam com esta estranha presença?

A partir de 19h
Troca Imediata de Saliva e Suor, de Lucas Valentim (instalação)
Tudo começou com um sim. Ou com nãos. É das escolhas que estou falando. Quando se trata de amor começam logo as negociações. Este trabalho faz parte de um olhar sobre os paradigmas, clichês e recorrências do amor. Uma declaração em forma de instalação com direito a chá, breves conversas e um bilhete azul.


20h
Fricção, de Isaura Tupiniquim (performance)
Fricção. Dramaturgia sem epílogos conduzida pela mediação entre máquina-tecnologia -guerra-corpo. Imagens de guerra e do universo erótico friccionadas. Uma dança que agencia uma dinâmica de representações em movimento, ao acionar no corpo, estados de violência e posturas de poder ao tempo que as erotiza.
Em Gole, de Olga Lamas
A partir das reflexões sobre o ser feminino discorridas na obra de Virginia Woolf, surgiram as inquietações da intérprete-criadora que numa interface entre si e a própria romancista, faz um recorte do universo virginiano, explorando alguns dos seus temas mais recorrente, como o prazer, a dor, o (des)equilíbrio, os (des)limites, a vida e a morte, levando à cena uma dramaturgia que preza pela sutiliza e dilatação.
Quando?

Aracaju (SE), de 31 de julho a 04 de agosto 2012, em diversos horários
Local: Casa da Rua da Cultura (Praça Camerino, nº 210. Centro /Aracaju-SE)
Quem? Núcleo VAGAPARA e Teia Muv
Quanto? R$5 (inteira) R$2,50 (meia). As intervenções e oficinas são gratuitas.
Informações: 3042-3878 -  ascomcrdc@gmail.com




==


5ª eliminatória do 

COVERAMA


www.coverama.com.br


==



==



O argentino Alejandro Habib toca classicos em seu sax a partir das 21h00 no Restaurante do Armazem Bacco. 

Couvert artistico - R$ 5


==


AGENDA
do
CHORO

Indicamos onde você pode encontrar chorinho ao vivo ou ao rádio, em Aracaju. Quem souber de alterações ou de novos lugares, grupos ou programas, por favor me informe. A intenção é fomentar público para esse gênero musical que quanto mais ouço mais aprecio.

André Teixeira


Renovação do Choro
Bar Chorinho do Inácio

sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).

Contato: Inácio 79 9136-1803 begin_of_the_skype_highlighting            79 9136-1803      end_of_the_skype_highlighting

Couvert R$ 4,00

=

Regional Recanto do Chorinho


Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos


Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


APERIPÊ AM


CHORINHO NAS RÁDIOS


Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00


Contato: Sérgio Tadeu


domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções,


Apresentado por Ricardo Gama, o programa choros e canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h, de segunda à sexta.



Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==


Domingo, 5






==




Próximas atividades culturais... 


Roda de Leitura


7 de agosto



==

09 de agosto





Cajueiros V

09 de agosto de 2012
20h30
Teatro Tobias Barreto
06 anos do Maestro Guilherme Mannis com a ORSSE

GUILHERME MANNIS, regente
GABRIELA QUEIROZ, violino
SÉRGIO MONTEIRO, piano

Felix MENDELSSOHN-BARTHOLDY
Concerto duplo para violino, piano e orquestra

Igor STRAVINSKY
Petrushka



==





==





A galeria do Sesc Centro abriga no próximo dia 27 de julho a vernissage da exposição Êxodo, uma ousadia da artista visual Gabi Etinger e do fotógrafo Victor Balde, que adivinharam no deslocamento geográfico uma oportunidade de ampliar horizontes, descobrir significados e exercitar o olhar usualmente condicionado pelo universo urbano das grandes cidades.

A interferência da xilogravura sobre a fotografia revela e duplica, aqui, a intenção manifesta de buscar nos menores municípios sergipanos (Riachuelo, General Maynard, Pedrinhas, Carmópolis e Amparo do São Francisco) a magnitude insuspeita pela timidez pontilhada no mapa.

Nas palavras de Silvane Azevedo, responsável pela curadoria da mostra, Êxodo pode ser resumida como um esforço de investigação estética e sociológica.

“Êxodo não somente na linguagem, mas também na proposta, emigrar o olhar para cidades do interior sergipano, sair do urbano para o rural. Debruçar-se com lupas sobre cenários, até então não ampliados. Estes, escolhidos e selecionados pelos artistas em questão, talvez por sua dimensão territorial, supostamente as menores, reveladas e representadas por outro ângulo”.

A artista visual Gabi Etinger explica que vislumbrou na hibridação entre fotografia e xilogravura um novo desafio. “A minha paixão pela xilogravura, o impacto do contraste maravilhoso entre preto e branco, não me permitem restringir o seu campo de atuação. As possibilidades abertas pelas experiências da arte contemporânea sempre me pareceram muito adequadas à exploração da xilo enquanto linguagem artística, passível, portanto, de um diálogo com todas as formas de olhar que permeiam os nossos dias”.

O fotógrafo Victor Balde, por sua vez, acolheu o convite para tomar parte no projeto como uma oportunidade de reencontrar as motivações que lhe aproximaram das lentes.

“Desde a minha primeira experiência, quando visitei um acampamento do MST em Malhador, a fotografia surgiu com duas características muito fortes: a proximidade com as pessoas e a exploração de lugares novos. Não fosse a fotografia, eu nunca teria sentado numa roda de amigos do movimento Sem Terra pra jogar conversa fora. Aprendi a ouvir mais, me encantei com histórias de vida. Êxodo me deu a chance de pegar a estrada, novamente”.

http://projetoexodo.com/


==



Poe-mails ou poemeio


Este livro nasceu da mesma forma que os poemas que lhe dão corpo e alma: do acaso do olhar encontrar e tentar registrar o belo com essa máquina de fotografar sentimento que é a linguagem. Utilizei como processo de escrita não ter um processo de escrita. O norte maior foi sempre o sentir dessa relação com a provocante Beleza, onde quer que Ela  se manifestasse: numa palavra ou comentário, numa pintura ou foto, numa  música, no silêncio ou até mesmo no vazio pós tudo. Foi escrito entre os anos de 2007 e 2010, utilizando como suporte o meio ambiente digital.

LEIA MAIS AQUI]


[AQUI, entrevista concedida ao jornalista Rian Santos em seu blog Spleen e Charutos,sobre o livro 'poe-mails'



O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

Nenhum comentário:

Postar um comentário