14 de maio de 2013

Arte e Cultura em Aracaju, de 14 a 21 de maio de 2013

poesia


Carlos Drummond de Andrade

a máquina do mundo



E como eu palmilhasse vagamente
uma estrada de Minas, pedregosa, 
e no fecho da tarde um sino rouco

se misturasse ao som de meus sapatos 
que era pausado e seco; e aves pairassem 
no céu de chumbo, e suas formas pretas

lentamente se fossem diluindo
na escuridão maior, vinda dos montes
e de meu próprio ser desenganado,

a máquina do mundo se entreabriu
para quem de a romper já se esquivava
e só de o ter pensado se carpia.

Abriu-se majestosa e circunspecta,
sem emitir um som que fosse impuro
nem um clarão maior que o tolerável

pelas pupilas gastas na inspeção
contínua e dolorosa do deserto,
e pela mente exausta de mentar

toda uma realidade que transcende
a própria imagem sua debuxada
no rosto do mistério, nos abismos.

Abriu-se em calma pura, e convidando
quantos sentidos e intuições restavam
a quem de os ter usado os já perdera

e nem desejaria recobrá-los,
se em vão e para sempre repetimos
os mesmos sem roteiro tristes périplos,

convidando-os a todos, em coorte,
a se aplicarem sobre o pasto inédito
da natureza mítica das coisas,

assim me disse, embora voz alguma
ou sopro ou eco ou simples percussão
atestasse que alguém, sobre a montanha,

a outro alguém, noturno e miserável,
em colóquio se estava dirigindo:
"O que procuraste em ti ou fora de

teu ser restrito e nunca se mostrou,
mesmo afetando dar-se ou se rendendo,
e a cada instante mais se retraindo,

olha, repara, ausculta: essa riqueza
sobrante a toda pérola, essa ciência
sublime e formidável, mas hermética,

essa total explicação da vida,
esse nexo primeiro e singular,
que nem concebes mais, pois tão esquivo

se revelou ante a pesquisa ardente
em que te consumiste... vê, contempla,
abre teu peito para agasalhá-lo.”

As mais soberbas pontes e edifícios,
o que nas oficinas se elabora,
o que pensado foi e logo atinge

distância superior ao pensamento,
os recursos da terra dominados,
e as paixões e os impulsos e os tormentos

e tudo que define o ser terrestre
ou se prolonga até nos animais
e chega às plantas para se embeber

no sono rancoroso dos minérios,
dá volta ao mundo e torna a se engolfar,
na estranha ordem geométrica de tudo,

e o absurdo original e seus enigmas,
suas verdades altas mais que todos
monumentos erguidos à verdade:

e a memória dos deuses, e o solene
sentimento de morte, que floresce
no caule da existência mais gloriosa,

tudo se apresentou nesse relance
e me chamou para seu reino augusto,
afinal submetido à vista humana.

Mas, como eu relutasse em responder
a tal apelo assim maravilhoso,
pois a fé se abrandara, e mesmo o anseio,

a esperança mais mínima — esse anelo
de ver desvanecida a treva espessa
que entre os raios do sol inda se filtra;

como defuntas crenças convocadas
presto e fremente não se produzissem
a de novo tingir a neutra face

que vou pelos caminhos demonstrando,
e como se outro ser, não mais aquele
habitante de mim há tantos anos,

passasse a comandar minha vontade
que, já de si volúvel, se cerrava
semelhante a essas flores reticentes

em si mesmas abertas e fechadas;
como se um dom tardio já não fora
apetecível, antes despiciendo,

baixei os olhos, incurioso, lasso,
desdenhando colher a coisa oferta
que se abria gratuita a meu engenho.

A treva mais estrita já pousara
sobre a estrada de Minas, pedregosa,
e a máquina do mundo, repelida,

se foi miudamente recompondo,
enquanto eu, avaliando o que perdera,
seguia vagaroso, de mãos pensas.



Este poema foi escolhido como o melhor poema brasileiro de todos os tempos por um grupo significativo de escritores e críticos, a pedido do caderno “MAIS” (edição de 02-01-2000), publicado aos domingos pelo jornal “Folha de São Paulo”. Publicado originalmente no livro “Claro Enigma”, o texto acima foi extraído do livro “Nova Reunião”, José Olympio Editora – Rio de Janeiro, 1985, pág. 300.


--


Fonte: http://www.releituras.com/drummond_menu.asp


==


TODOS OS SÁBADOS
Das 21 às 22h00, na sintonia da  Aperipê FM 104,9 para todo Sergipe, e para o resto do mundo pelo www.ideastek.net/aperipefm/


programação completa...



.  T  E  R  Ç  A  -  1  4  .


Circuito SESC de Música de 2013 segue sua programação até dia 1º de junho!

topo-site_02
PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI


A programação para esta semana é:

14/ maio (ter) | 19h  – COUTTO ORCHESTRA (Sesc Centro)
15/ maio (qua) | 17h –  ALBERTO SILVEIRA (Rua do Turista)
16/ maio (qui) | 16h – GRUPO BRASILEIRÍSSIMO DE CHORO (Sesc Siqueira)

Informações:
Fábio Oliveira - Técnico em Música do Sesc
79 3216.2726



==

OUTRA programação bacana é a do 

Festival Varilux de Cinema Francês, em cartaz no Cine Vitória até dia 16, próxima quinta-feira



Fonte: http://variluxcinefrances.com/


==


.  Q  U  A  R  T  A  -  1 5  .







==



.  Q  U  I  N  T  A  -  1 6  .



Dando continuidade as ações do Riomar Cultural, com muita honra, convidamos para apreciar a boa musica do terceto Café Pequeno nesta quinta, 16/05 as 18h00 na Livraria Escariz. 

Acesso livre!


==


ORSSE no Teatro Tobias Barreto

Nesta próxima quinta-feira, 16 de maio, a Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse) trará convidados especiais. 

Em concerto no Teatro Tobias Barreto, às 20h30, o grupo receberá o maestro Emiliano Patarra, titular do notável Teatro São Pedro, em São Paulo, além de uma das grandes novas revelações do piano brasileiro, a pianista Juliana D’Agostini. No repertório, além da peça vanguardista do compositor Jorge Antunes, “Nec Plus Ultra”, duas grandes obras do repertório sinfônico: a Sinfonia nº6, de Franz Schubert, e o emblemático “Concerto nº20, em ré menor, para piano e orquestra”, de Wolfgang Amadeus Mozart. O concerto pertence à Série Cajueiros da Orsse e os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Tobias Barreto, a preços populares. Sob a direção artística do maestro Guilherme Mannis, a Orsse é uma realização do Ministério da Cultura, do Instituto Banese e do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com patrocínio do Banese e da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Orquestra Sinfônica de Sergipe
Serie Cajueiros II – Teatro Tobias Barreto
16 de maio de 2013
20h30

Emiliano PATARRA, regente convidado
Juliana D’AGOSTINI, piano

Jorge ANTUNES (1942)
Nec plus ultra

Wolfgang Amadeus MOZART (1756-1791)
Concerto nº20, Kv 466, em ré menor, para piano e orquestra

Franz SCHUBERT (1797-1828)
Sinfonia nº6, D.589, em dó maior



Ingressos: R$20,00 (inteira), R$10,00 (meia).
Informações: (79) 3179-1480
sinfonica.sergipe@gmail.com


==



PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira 
20h - O Natimorto (Grupo Caixa Cênica)
da obra de Lorenço Mutrelli 

Sexta-feira 
19h- Na hora H (Grupo Êxtase)
21h- O Coiote (Cia. de Teatro Stultifera Navis)

Sábado 
20h- A Lição (Cia. de Teatro Stultifera Navis)
21h- C(S)em Nelson! (Cia. de Teatro Stultifera Navis)

Domingo
17h- Faz de conta (Companhia Ponto de Teatro)


==



Deilson Pessoa fará sua terceira apresentaçao no Tio Maneco.
O show será uma prévia do lançamento oficial de seu mais recente cd - Eu, Quem. 

Acompanhado dos comparsas Théo Lins (teclado), Fábio Oliveira (baixo) e Ravy Bezerra (bateria), mais o convidado especial Serginho na guitarra, os cabras prometem uma noite embalada com músicas autorais e uma boa pitada de MPB, referências que passam por Otto, Karnak, Roberto Carlos, e mais.

R$5
21h

==


.  S  E  X  T  A  -  1 7  .



Apresentação do Grupo Renantique




NO PROGRAMA:

Cantigas de Santa Maria do Rei Alfonso X, el Sábio 1221-1284
A Virgem, que de Deus – CSM 322
Rosa das rosas – CSM 10
Quen na omagen da Virgem – CSM 353
Entre Av’ e Eva – CSM 60

Canções de Cruzada dos troubadours & trouvères, séculos XI - XIII
Seigneurs, sachiez - Thibault de Champagne – 1201-1253
Chanterai por mon Corage - Dame du Fayel e Guiot de Dijon – séc. XIII
Chevalier, mult estes guariz - Anon., 2ª cruzada 1147

Danças Medievais – Itália, anon. séculos XIII & XIV
Il lamento de Tristan: Istampitta & Rotta
Il trotto

Manuscrito Carmina Burana – séculos XI-XIII
Tempus est iocundus – CB 179
In taberna quando sumus – CB 196

Dos amantes 
Canção Sefardita – anon. séc. XIII

Henrique VIII – 1491-1547
Helas madame 
Oh my heart!
Pastime with good company

Música Elizabetana & do Teatro de Shakespeare 
Packingtones pound - Anon. Inglês, 1596
Greensleeves – Ballet Lute Book séc.XVI
Full fathom five – Robert Johnson c.1500-c.1560, de The Tempest
Kemp’s Jig – anon. Inglaterra 1580
It was a lover and his lass - Thomas Morley 1558-1603, de As you like it 5:8

Música Ibérica do século XVI
Cucu, cucu, cucucu! – Juan del Encina - 1468-?1529

dia 17 de maio, às 17h00

Local: Palácio-Museu Olímpio Campos - Centro de Aracaju



A G E N D A  do  C H O R O

Aracaju

Mudamos AGENDA do CHORO para sexta devido à temporada de choro que está no segundo mês caminhando para o terceiro mês muito bem obrigado. Junta-se ao Bar do Inácio e ao Recanto do Chorinho, ambos com apresentações aos sábados e domingos, o Café da Gente, localizado no Museu da Gente Sergipana, com temporadas mensais de apresentações. 

Aqui nesta AGENDA, indicamos onde você pode encontrar chorinho ao vivo ou ao rádio, em Aracaju. Quem souber de alterações ou de novos lugares, grupos ou programas, por favor me informe. A intenção é fomentar público para esse gênero musical que quanto mais ouço mais aprecio.

André Teixeira



TEMPORADA DE CHORINHO NO CAFÉ DA GENTE COM 

GRUPO BRASILEIRÍSSIMO




==


Renovação do Choro
Bar Chorinho do Inácio


sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).


Contato: Inácio 79 9136-1803      

Couvert R$ 5,00


=


Regional Recanto do Chorinho




LOCAL:
Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos

Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


. C H O R O no R Á D I O .


APERIPÊ AM




Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00, Transmitindo pela sintonia da Aperipê AM 630 e pela internet no site  http://www.ideastek.net/aperipeam/



Contato: Sérgio Tadeu



domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções: Apresentado por Ricardo Gama, o programa Choros e Canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h00, de segunda à sexta. 

CHORINHO AO VIVO quinzenalmente no programa!

Uma novidade no Choros e Canções é a transmissão ao vivo do quadro quinzenal RODA de CHORO, com o grupo Brasileiríssimo se apresentando ao vivo!

Transmitindo pela sintonia 104,9 e pela internet no site http://www.ideastek.net/aperipefm/





Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==


Clássicos ao piano com Manuel Vieira Jr.


O pianista Manoel Vieira Jr. toca clássicos em seu teclado a partir das 21h00.

Local: Restaurante Armazem Bacco. 



Couvert artistico - R$ 5



==



Sextas e Sábados





Saindo do habitual som de barzinho, Mário João e Paulinho Araújo se misturam entre instrumentos e vozes trazendo músicas que viajam desde o rock ao baião, do samba a milonga e da bossa-nova ao folk. Sextas e Sábados na Villa Madre Pizzaria que fica entre o Di Vino e a Pandoro na rua Professor Antônio Fagundes de Melo, 156, Treze de Julho.


==



Casa Cultiva e Sexta do Rock APRESENTAM:
Primeira Noite dos Descolados 
[com os cover's mais pedidos da cidade]



Bandas Confirmadas:

ASKING ALEXANDRIA COVER
MATANZA COVER 
SOJA COVER
AC/DC COVER
PLANET HEMP COVER

+++++DJ.

DIA : 17/05 (Sexta)
LOCAL: CASA CULTIVA
HORA: 21 Horas abertura da casa
22 Horas inicio do show
R$ 10,00



==



.  S  Á  B  A  D  O  -  1 8  .




Estamos lançando nosso primeiro EP e em clima de comemoração convidamos a todos pra sambar. 

O evento será GRATUITO realizado na Maloca,a famosa Caixa D’água do bairro Getúlio Vargas, hoje considerado o segundo QUILOMBO URBANO DO BRASIL!

DIA 18/05 ( sábado) 

*A PARTIR DAS 19 Horas :
Oficina de movimentos e ritmos de capoeira angola com o grupo
” Abaô” 
Apresentação do Grupo infantil de danças afro “Criliber.” 

*Show de abertura com o grupo de chorinho Brasileiríssimo.





==




Alejandro Habib toca clássicos do jazz a partir das 21h00

Local: Restaurante do Armazem Bacco. 

Couvert artistico - R$ 5



==



A pizzaria mais vintage e charmosa da cidade abre as portas para a banda Lêmures no sábado, dia 18/05, às 22h.



Couvert : r$ 5,00

Fanpage Lêmures: www.facebook.com/LemuresOficial

Perfil Lêmures: https://www.facebook.com/lemures.lemmy

Vinyl's Pizzaria: www.facebook.com/vinylspizzaria



==


SALOON apresenta:




"TODYNHO, DEMÉTRIO E ROMÃO FAZENDO SEU ROCK SATÂNICO E SE ENTROSANDO COM O SELETO PÚBLICO DO SALOON ROCK BAR! 

VAI SER DE GRAÇA E COM MTO ÓDIO NO CORAÇÃO!"


==


.  D o m i n g o ,  1 9  .



==




.  S e g u n d a ,  2 0  .




:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


.  PRÓXIMAS ATIVIDADES...

EXPOSIÇÕES ABERTAS À VISITAÇÃO



No Café da Gente Exposição Fotográfica "EMBLEMÁTICO SERTÃO", do fotógrafo Nailson Moura



Nordestino, sertanejo, beradeiro, nascido às margens do Velho Chico, no alto sertão sergipano, na pequena e bela cidade de GARARU, Nailson Moura tem conciliado há pouco mais de quatro anos o seu trabalho diário na Petrobras com a fotografia.

Com um trabalho baseado em duas obras consagradas da literatura nacional, os livros Vidas Secas, de Graciliano Ramos, e Os Sertões, de Euclides da Cunha, com recursos próprios, tem viajado pelos sertões do nordeste procurando registrar o homem, a terra e como ele sobrevive nesse ambiente.


==



Café Cultural na 2ª fase da expo MARÉS



A partir do dia 8 de Maio será iniciada a segunda fase da expo, com os temas ‘Ressaca’ e ‘Maresia’. Novas imagens, novas cores, novos sons: Zé Peixe. Esperamos novamente tentar tirar você do lugar, o centímetro que seja. E que a singularidade da alma do nosso grande homem sergipano se torne eterna.
Agradecemos primeiramente à família de Peixe, que nos abriu as portas da casa para pesquisa,ao Sesc, em especial a Vanderleia Cardoso pela paciência, e aos patrocinadores que tiveram total confiança no projeto e não titubearam em suar as mãos na concretização do projeto.
E é andando que estamos, e assim que será.
Obrigado a todos
Trotamundos Coletivo



==



5º FAM e SesCanção 2013 estão com as inscrições abertas!



"Tire suas músicas da gaveta e mostre ao mundo! Estão abertas, a partir de amanhã, terça-feira, 23 de abril, as inscrições para o V Festival de Música da Aperipê, promovido pela Fundação Aperipê em parceria com a Associação das Rádios Públicas do Brasil (ARPUB).

Mais informações no site http://www.aperipe.com.br/


E O 





O Sesc abre nessa segunda-feira, 29/04, as inscrições para a 14ª edição da Mostra Sergipana de Música – Sescanção. O regulamento e o formulário estão disponíveis no www.sesc-se.com.br/sescancao .

O Sescanção - grande encontro da música sergipana - acontecerá dia 31 de outubro, no Teatro Atheneu - palco de apresentação das 14 músicas selecionadas previamente para a Mostra.

Inscrição:
Sesc Centro – Rua Dom José Thomaz, 235
Casa do Artista – Calçadão da Rua Laranjeiras

Mais informações: 3216-2726 / contato@sesc-se.com.br



==


LIVRO DE POESIAS


Poe-mails ou poemeio


Este livro nasceu da mesma forma que os poemas que lhe dão corpo e alma: do acaso do olhar encontrar e tentar registrar o belo com essa máquina de fotografar sentimento que é a linguagem. Utilizei como processo de escrita não ter um processo de escrita. O norte maior foi sempre o sentir dessa relação com a provocante Beleza, onde quer que Ela  se manifestasse: numa palavra ou comentário, numa pintura ou foto, numa   música, no silêncio ou até mesmo no vazio pós tudo. Foi escrito entre os anos de 2007 e 2010, utilizando como suporte o meio ambiente digital.


LEIA MAIS AQUI]



[AQUI, entrevista concedida ao jornalista Rian Santos em seu blog Spleen e Charutos,sobre o livro 'poe-mails' 



O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

:::::::::::::::::::::::::::::::

Nenhum comentário:

Postar um comentário