20 de outubro de 2014

Arte e Cultura em Aracaju, de 20 a 26 de outubro de 2014

poesia

de Vinícius de Moraes

Tomara

Tomara
Que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
E chore, se arrependa
E pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho

Tomara 
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais...



==


Foto: André Teixeira



==

DOCUMENTÁRIO - LONGA




==





. S  E  G  U  N  D  A - 20 .





. T  E  R  Ç  A  - 21 .




Zons de Bolso e Riomar Cultural Apresentam:

Coutto Orchestra com Participação de Isabele Ribeiro

O Zons Kids deixou saudades, mas não por muito tempo. Nesta terça, a Coutto Orchestra que voltou há poucos dias de uma grande turnê por vários Estados, subirá ao palco para uma apresentação especial no RioMar Shopping. E o melhor de tudo é que você poderá curtir este som muito bem elaborado gratuitamente. Apareça e prestigie a Coutto Orchestra nesta apresentação especial.

Local: RioMar Shopping 
Horário: 18 horas (pontualmente)
Entrada Free


. Q  U  A  R  T  A  - 22 .


CINE MAIS UFS
LANÇAMENTO DO FILME



O filme questiona o modo como a mulher e o seu corpo é representado na mídia televisiva. Ouvindo depoimentos de mulheres comuns, militantes e uma profissional da publicidade, o documentário promove uma reflexão sobre a situação da mulher nos dias de hoje na TV brasileira. É um filme de mulheres, escrito e realizado prioritariamente por mulheres, como um grito de protesto contra a objetificação do corpo feminino e os estereótipos criados pela mídia, que a prejudica física e psicologicamente e a reprime impondo ideias machistas, como padrões de beleza e comportamento.

Local: Sala 101 da Didática VI - UFS
Acesso: 


==


Todas as quartas tem 

CLUBE do JAZZ



Das 20 às 22h00 pela Aperipê FM 104.9 ou pela internet no site


Há sete anos apresentando as novidades do jazz e da música instrumental nacional e internacional, além dos eternos clássicos, as divas e gênios de um dos gêneros que mais influenciou os outros gêneros musicais.

Apresentação e produção de André Teixeira

Acesse o blog do Programa Clube do Jazz:

http://programaclubedojazz.wordpress.com/
por Ernesto Seidl


==

ORSSE 

apresenta

Série Laranjeiras III – Teatro Atheneu

VICTOR HUGO TORO, regente convidado
FÁBIO FREITAS, saxofone

Ferdinand HÉROLD
Abertura da ópera “Zampa”
Heitor VILLA-LOBOS
Fantasia para saxofone e pequena orquestra
Georg Philipp TELEMANN
Suíte “Don Quixote”
Edvard GRIEG
Sigurd Jorsalfar, op.56: três pecas orquestrais

Ingressos: R$20/10, disponíveis na bilheteria do Teatro Atheneu

PATROCÍNIO: Banese
Realização: Secult/SE e Instituto Banese


22 de outubro, quarta-feira, 20h30 


==



Almeida Restaurante volta com as noites do "Quarta do Vinil" com a discotecagem do Dj Leo Levi.


Noite especial dedicado a dois mestre da musica negra mundial. Bob Marley e Gilberto Gil.

A ligação Brasil e Jamaica nunca foi tão próxima !

*QUARTA DO VINIL APRESENTA: CONEXÃO BRASIL X JAMAICA: GILBERTO GIL E BOB MARLEY*

Dia: 22/10/2014 (quarta)
Hora: 20 horas
Local: Almeida Restaurante - Bairro Inácio Barbosa. Rua Adroaldo Campos, 155 - Aracaju/Sergipe

* sem ingresso e sem couvert, venha curtir um bom som e experimentar uma boa comida.

** Mais informações: 079 3249-2309


* TRAGA SEU VINIL E VENHA CURTIR COM A GENTE!!!*



.  Q  U  I  N  T  A  -  23  .



CINEMA

Confira a programação do Cine Vitória em 



==



Local: Museu da Gente Sergipana

R$ 10


==


BLUES e ROCK no CAPITÃO COOK!!!


A parti do dia 23/10 toda quinta-feira tem som no capitão Cook.
O melhor do BLUES, MPB E ROCK ALTERNATIVO! Traga Seu amigo , sua namorada, seus pais , porque o preço ta acessível para todos!
Homem : R$ 10
Mulher :R$ 5 
Lista VIP : R$ 0



Segue a programação das QUINTAS NO COOK :

Dia 23/10 - Blues Power 
Dia 30/10 - (Banda surpresa )
Dia 06/11 - (Banda Surpresa )
Dia 13/11 -Maquinários 60
Dia 20/11- Blues Power
Dia 27/11 -Maquinários 60

***promoção*** : Sorteio De um VINHO quinta do morgado NO DIA 30/10. Mas só poderá participar quem foi pro dia 23/10 ;)

ESPERAMOS POR VOCÊS


==


Bacco 
apresenta:
Igor Côrtes e Lucas Pinheiro 


Igor Côrtes e Lucas Pinheiro trazem principalmente chorinhos e bossa nova, além de uma pitada de jazz, na belíssima junção de gaita e violão. Perfeito para uma noite que acolhe degustações interessantes, boa companhia e leves conversas entre amigos.
Com Jobim e Pixinguinha no repertório, Igor e Lucas mostram o cuidado com seu trabalho tanto na escolha das músicas, como na composição dos arranjos apresentados.

Couvert Artistico - R$ 6,00

Local: 

Rua Celso Oliva, 77 - Treze de Julho












==


TIO MANECO apresenta

GASTRONOMIA


dias 23 e 24 de outubro

Pratos:
Baião de 3>> R$ 10,00
O tradicional prato da culinária nordestina é elaborado, nessa versão, a partir de três ingredientes especificamente com arroz, feijão verde e catado de aratu. Acompanha pesto de coentro.

Caldeirada de frutos do mar>>R$13,00
Coulis de tomates frescos e vinho branco com catado de siri, Lula, polvo, camarão, aratu, massuin , sururu e pedaços de tambaqui em um verdadeiro festival de sabores.

Aipoki de atum>>R$ 10,00
Tradicional salada Hawaiana de atum, ervas, azeite de sésamo e gergelim.

Sanduba marinho>> R$15,00
Sanduíche de pão de batata com camarão a milanesa, alface americana e picles agridoce.

Um pouco sobre a chef:
Se dedicação fosse sobrenome, esta chef poderia assinar suas obras gastronômicas como Danila Duarte Dedicação. Nascida em Itumbiara (Goiás), ela é filha de uma família tradicionalmente de comerciantes na área culinária. Ajudava a mãe, Dona Helena, na cozinha do restaurante que ela possuía lá na cidade de Piranhas, pras bandas de Canindé de São Francisco. Isso quando ainda era apenas uma guria de 13 anos.

Vendo o trato de Helena em preparar seus pratos caseiros, Danila cresceu entre a Gastronomia e a vontade de administrar os negócios da família. Conseguiu extrair prazer no lidar com cálculos e planejamentos, porém, seu tesão de vida aflora mesmo quando sente o cheiro das suas receitas enfeitando o ar. É uma chef que sabe administrar. Há 20 anos comanda, junto com demais familiares, o Dona Divina (antigo Divina Gula).

O restaurante, além de servir um menu-super-elogiado na região central de Aracaju, acaba servindo de espaço para experimentação criadas por Danila. Para ela, cozinhar é a forma de expressar toda sua imaginação. Como os pintores usam tela e tinta para reproduzir ideais. Danila produz sabores.

Venham se deliciar com essa experiência gastronômica que visa fazer uma revisitar os ingredientes encontrados em nosso oceano!

Danila Duarte Cozinha o Mar de Sergipe
No Tio Maneco Botequices
Nos dias 23 e 24 de Outubro
Pratos de R$10 a R$15
Reservas: 9943-2068



.  S  E  X  T  A  -  24  .


TEATRO

10ª TEMPORADA NA CASA RUA DA CULTURA


A Casa Rua da Cultura vai iniciar a 10° edição do Projeto Temporada que vai de 5 de setembro à 30 de novembro. São cinco espetáculos sendo apresentados de sexta à domingo durante três meses. Apenas o espetáculo Piano e pedras em tempo de guerra estreará no dia 14 de setembro. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações pelo (79) 3021-6580.

Espetáculos

A Lição
Todas as sextas-feiras
Horário: 20h

Senhora Dos Restos
Todas as sextas-feiras
Horário: 21h

Nó Sem Fim
Todos os sábados
Horário: 19h

Cabaret Dos Insensatos
Todos os sábados
Horário: 21h

Piano e Pedra Em Tempo De Guerra
Todos os domingos
Horário: 20h

A lição

A montagem de um dos mais importantes clássicos do Teatro do Absurdo pela Cia. de Teatro StultiferaNavis tem como foco principal a disputa do poder em cana. A informação, a juventude e a força do proletariado de encontram nesta história onde os relacionamentos dos personagens mudam a partir das suas necessidades. Aluna, professor e governanta se revezam em momentos de sedução a repulsa levando-os a um desfecho surpreendente.

Cabarét dos insensatos

A concepção vem dos desconhecidos poemas de Bertolt Brecht, misturados com textos eróticos de Jean Genet. Os textos abordam a sexualidade de forma natural e desmistificada o conceito de Cabaret. Trás ao cabaret, uma concepção de cortiço e ao mesmo tempo as antigas casas de shows. O espetáculo, feito pela Cia. de Teatro StultiferaNavis, se inicia na praça, com apresentação do messie, dono do Cabaret, chamando o público para participar do evento.
Entretanto, é infernizado por um menino que quer entrar a qualquer custo no Cabaret, até que consegue driblar o messie e chama o público para entrar no espetáculo. E uma vez lá dentro, o público assiste as cenas que acontecem de forma itinerante e simultânea. O espetáculo ganhou no Prêmio Capital 2011, de melhor espetáculo, melhor ator e melhor direção.

Nó Sem Fim

"Em uma cela de cadeia duas pessoas se encontram, um senhor pobre que acaba no mundo do crime por pura necessidade e um jovem garoto rico que acaba sendo preso por dirigir drogado. O que eles descobrem na cela é muito mais do que um simples dia na delegacia, ou uma simples coincidência. Eles tem muito mais em comum do que eles mesmos imaginam."

Senhora dos Restos (Monólogo)

Dos Restos do Mercado Municipal sobrevive uma velha, conhecida como Senhora dos Restos. Abandonada há anos, ela tem se tornado atração da cidade por ser a única que consegue ver a cidade com lucidez. A Senhora dos Restos é a representação viva da miséria, do abandono, da marginalização. É a porta-voz dos despossuídos, que questiona o crime, o amor, a vida. Através de sua história somos guiados para um mundo desconhecido, o mundo dos miseráveis, que são privados de qualquer e todo tipo de direito. A Senhora dos Restos nos leva a uma reflexão sobre o que é viver em sociedade, e sobre a nossa participação na forma que ela é construída, marginalizando, oprimindo, destinado pessoas aos restos.

1968: piano e pedras em tempo de guerra

Espetáculo cênico musical, inspirado na peça “A lira dos vinte anos”, de Paulo Cesar Coutinho.

Escrita em1984, o texto da peça A lira dos vinte anos, de Paulo Cesar Coutinho, retrata os idos de 1968, quando um grupo de jovens egressos do curso de história, decidem fazer a sua própria história, engajando-se na luta armada, contra o regime militar instaurado no Brasil, em 1964. São cinco jovens na faixa dos dezoito anos, sonhadores e idealistas, oriundos de classe média e alta que, inconformados com os rumos que o nosso país estava tomando, decidem entrar na guerrilha, lutando por um país mais justo para o povo,enfrentando os militares num momento complicado da história do nosso país, no ano em que o então presidente da república, fecha o congresso nacional e transforma o governo totalitarista, centralizando o poder, com o apoio dos militares que perseguia, prendia, torturava, exilava e matava, que se posicionasse contra a situação.


==



Na noite que marca o seu retorno aos palcos, Rebecca Melo interpreta grandes artistas da Música Popular Brasileira e Sergipana, sem esquecer de algumas inserções de Jazz/Soul, que permeiam as suas maiores influências. 

Compondo um repertório que perpassa por diversas fases da produção musical brasileira, sucessos de Chico Buarque, Marisa Monte, Maria Rita, Elis Regina, Lenine, Zeca Baleiro, Chico César, Mart’nália, Marina Lima, Paulinho da Viola, Léo Jaime, Leoni, Maria Gadu, Djavan, Caetano Veloso - entre outros -, serão trazidos ao público com leveza, em interpretações arranjadas por Denisson Cleber (violão) e Rafael Júnior(bateria). E para abrilhantar a noite, uma participação especial do jovem e talentoso músico Lucas Torres.

Local: Dogueria do Artista - av Cecília Meireles, 456, Inácio Barbosa



==



Maori 

apresenta

CABEDAL - do samba ao rock, sem amarras


A vontade de fazer música brasileira sem rótulos ou pretensões foi o grande motor propulsor de seis jovens de Aracaju que decidiram montar uma banda. Imersos nessa realidade recente da internet banda larga e das outras novas tecnologias, eles pensaram em fazer um som baseado em ritmos tipicamente brasileiros, como o samba, o frevo, o baião, mas também utilizando referências que sempre permearam suas vidas, como o rock e o pop.



VALOR: CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA. (Chapéu)


==






==

AGENDA do CHORO 
 Aracaju

Projeto Movimento do Choro Sergipano

no Café da Gente





==


Renovação do Choro

e no 

Bar Chorinho do Inácio

sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).


Contato: Inácio 79 9136-1803      

Couvert R$ 5,00


=


Regional Recanto do Chorinho




LOCAL:
Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos

Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


. C H O R O
 no 
R Á D I O .


APERIPÊ AM




Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00, Transmitindo pela sintonia da Aperipê AM 630 e pela internet no site  http://www.ideastek.net/aperipeam/



Contato: Sérgio Tadeu



domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções: Apresentado por Ricardo Gama, o programa Choros e Canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h00, de segunda à sexta. 

CHORINHO AO VIVO quinzenalmente no programa!


Uma novidade no Choros e Canções é a transmissão ao vivo do quadro quinzenal RODA de CHORO, com o grupo Brasileiríssimo se apresentando ao vivo!


Transmitindo pela sintonia 104,9 e pela internet no site http://www.ideastek.net/aperipefm/





Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==

Clássicos ao piano com Manuel Vieira Jr.


Nesta sexta tem Manoel Vieira Junior tocando clássicos em seu piano no Armazem Bacco.

Couvert Artistico - R$ 6,00



==

Maori Bar apresenta:




. S Á B A D O - 25 .










. D O M I N G O - 26 .




:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


PRÓXIMAS ATIVIDADES


EXPOSIÇÕES 
em 
CARTAZ

exposição

Nesta exposição, o artista parte de uma experiência pessoal de sua ida a São Paulo e seu retorno, quase 03 anos depois a sua cidade natal. O processo de deslocamento e interação em uma realidade social e cultural diferente, o estranhamento e todos os aspectos e principalmente a intensificação do entender-se enquanto “nordestino” pautam os conflitos e as relações que enfrentou ali.

Proibido Cochilar” é marcada por uma continuidade no seu processo poético de produção, no entanto, com características que certamente destoará do aspecto formal até então conhecido por seu público, uma vez que Alan Adi trabalha majoritariamente aqui, sua poética visual em pinturas a óleo, sem deixar de executar em vídeo arte e instalações, estas expressões que o destacaram em exposições como a que lhe consagrou com o premio EDP nas artes do Instituto Tomie Ohtake além da mostra XVII Unifor Plástica onde os curadores Paulo Herkenhoff e Marcelo Campos escolheram entre os 30 artistas, bispo do rosário, Marepe e Thiago Martins de Melo, só pra citar alguns.


“Esta experiência de cunho pessoal levou o artista a articular este sentimento a uma dimensão mais ampla, onde por uma série de fatores o fizeram encontrar e dialogar com referências análogas que de forma massiva e persistente praticamente cruzaram o cominho de Alan Adi, seja de forma consciente ou inconsciente trouxe todo o acervo do cancioneiro popular da década de 1970 como Belchior, Ednardo, Amelinha, trio nordestino e os três do nordeste para citar alguns. Foi a partir da estética visual dos elepês, das narrativas de saudade e de vivencias do nordestino no sudeste que Alan Adi construiu a narrativa desta exposição como o mote “é proibido cochilar” fazendo uma clara referencia ao nordestino operário (da arte, musica ou qualquer labor) no cotidiano da cidade Grande do sudeste”, comenta o curador Ivan Masafret.

A exposição ficará aberta até o dia 26 de outubro.


SERVIÇO:

O QUE: Exposição É PROIBIDO COCHILAR

QUANDO: Abertura dia 23 Setembro 2014, a partir das 19h30 - até 26 de outubro

ONDE: Galeria Jenner Augusto, Sociedade Semear - Av Vila Cristina, 148, bairro São José

QUANTO: Entrada livre



==





POESIA


Poe-mails ou poemeio




O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

:::::::::::::::::::::::::::::::


Discos de vinil, cd, dvd, hqs e livros
na

Nenhum comentário:

Postar um comentário