4 de novembro de 2014

Arte e Cultura em Aracaju, de 4 a 11 de novembro de 2014

poesia

de Hilda Hilst
FILÓ, A FADINHA LÉSBICA

Ela era gorda e miúda.
Tinha pezinhos redondos.
A cona era peluda
Igual à mão de um mono.
Alegrinha e vivaz
Feito andorinha
Às tardes vestia-se
Como um rapaz
Para enganar mocinhas.
Chamavam-lhe “Filó, a lésbica fadinha”.
Em tudo que tocava
Deixava sua marca registrada:
Uma estrelinha cor de maravilha
Fúcsia, bordô
Ninguém sabia o nome daquela cô.
Metia o dedo
Em todas as xerecas: loiras, pretas
Dizia-se até...
Que escarafunchava bonecas.
Bulia, beliscava
Como quem sabia
O que um dedo faz
Desce que nascia.
Mas à noite... quando dormia...
Peidava, rugia... e...
Nascia-lhe um bastão grosso
De início igual a um caroço
Depois...
Ia estufando, crescendo
E virava um troço
Lilás
Fúcsia
Bordô
Ninguém sabia a cô do troço
da Fadinha Filó.
Faziam fila na Vila.
Falada “Vila do Troço”.
Famosa nas Oropa
Oiapoc ao Chuí
Todo mundo tomava
Um bastão no oiti.
Era um gozo gozoso
Trevoso, gostoso
Um arrepião nos meio!
Mocinhas, marmanjões
Ressecadas velhinhas
Todo mundo gemia e chorava
De pura alegria
Na Vila do Troço.
Até que um belo dia...
Um cara troncudão
Com focinho de tira
De beiço bordô, fúcsia ou maravilha
(ninguém sabia o nome daquela cô)
Seqüestrou Fadinha
E foi morar na Ilha.
Nem barco, nem ponte
o troncudão nadando feito rinoceronte
Carregava Fadinha.
De pernas abertas
Nas costas do gigante
Pela primeira vez
 Na sua vidinha
Filó estrebuchava
Revirando os óinho
Enquanto veloz veloz
O troncudão nadava.
A Vila do Troço
Ficou triste, vazia
Sorumbática, tétrica
Pois nunca mais se viu
Filó, a Fadinha lésbica
Que à noite virava fera
E peidava e rugia
E nascia-lhe um troço
Fúcsia
Lilás
Maravilha
Bordô
Até hoje ninguém conhece
O nome daquela cô.
E nunca mais se viu
Alguém-Fantasia
Que deixava uma estrela
Em tudo que tocava
E um rombo na bunda
De quem se apaixonava.

Moral da estória, em relação à Fadinha:
Quando menos se espera, tudo reverbera.

Moral da estória, em relação ao morador
da Vila do Troço:
         Não acredite em fadinhas.
         Muito menos com cacete.
         Ou somem feito andorinhas
Ou te deixam cacoetes.




==





==

CURTA DOC

Muito além do Cidadão Kane

Saiba MAIS sobre o filme... http://pt.wikipedia.org/wiki/Beyond_Citizen_Kane

==



. T  E  R  Ç  A  - 4 .


 da maior importância...


O Observatório de Economia e Comunicação da Universidade Federal de Sergipe (OBCOM/UFS), agora em parceria com o Tio Maneco Botequices, promove o V Seminário Economia Política da Música.

Os seminários EPM são realizados desde 2012, com o propósito de socializar as pesquisas desenvolvidas no âmbito do Observatório e debater questões cuja preocupação de fundo é a relação entre cultura e economia. 

No V Seminário EPM, os professores César Bolaño e Romero Venâncio discutirão sobre Indústria Cultural ou como pensar a persistência de um conceito.

Sobre os primeiros seminários, acessar: http://obscom.com.br/musica/2013/01/11/os-seminarios-economia-politica-da-musica/.


. Q  U  A  R  T  A  - 5 .


Todas as quartas tem 

CLUBE do JAZZ



Das 20 às 22h00 pela Aperipê FM 104.9 ou pela internet no site


Há sete anos apresentando as novidades do jazz e da música instrumental nacional e internacional, além dos eternos clássicos, as divas e gênios de um dos gêneros que mais influenciou os outros gêneros musicais.

Apresentação e produção de André Teixeira

Acesse o blog do Programa Clube do Jazz:

http://programaclubedojazz.wordpress.com/
por Ernesto Seidl


==

Oakhill apresenta

JAM BRASIL COM LINA SOUSA


No mês de novembro a JAM BRASIL COM LINA SOUSA apresenta Noel Rosa com as participações já confirmadas de Palena Montalieur (convidada), Lenora Melo, Simone Rigo, Gwendolyn Thompson, Lúcio Prado e Laércio Batista. O objetivo da JAM BRASIL é agregar músicos, cantoras e cantores nessa noite para exaltarmos a música brasileira. É só chegar e tocar.

Direção musical: Lina Sousa
Produção executiva: Dani DutraTaina Sousa e Edson Figueiredo
Imagem: pintura de Roybal


==



Almeida Restaurante volta com as noites do "Quarta do Vinil" com a discotecagem do Dj Leo Levi.


Noite especial dedicado a dois mestre da musica negra mundial. Bob Marley e Gilberto Gil.

A ligação Brasil e Jamaica nunca foi tão próxima !

*QUARTA DO VINIL APRESENTA: CONEXÃO BRASIL X JAMAICA: GILBERTO GIL E BOB MARLEY*

Dia: 22/10/2014 (quarta)
Hora: 20 horas
Local: Almeida Restaurante - Bairro Inácio Barbosa. Rua Adroaldo Campos, 155 - Aracaju/Sergipe

* sem ingresso e sem couvert, venha curtir um bom som e experimentar uma boa comida.

** Mais informações: 079 3249-2309


* TRAGA SEU VINIL E VENHA CURTIR COM A GENTE!!!*



.  Q  U  I  N  T  A  -  6  .



CINEMA

Confira a programação do Cine Vitória em 




==







==


ORSSE no Teatro Aheneu


Sob regência de Daniel Nery e solos ao contrabaixo de Jair Maciel, a Orsse apresenta nesta quinta, dia 06 de novembro, às 20h30 no Teatro Atheneu. Ingressos: R$20,00 e R$10,00

Confira o programa:

06, quinta-feira, 20h30
Laranjeiras IV – Teatro Atheneu

DANIEL NERY, regente
JAIR MACIEL, contrabaixo

Wolfgang Amadeus MOZART
Abertura da ópera “A Flauta Mágica”

Frank PROTO
Fantasia sobre a ópera “Carmen”, para contrabaixo e orquestra

Ludwig van BEETHOVEN
Sinfonia nº6, op.68, em fá maior, “Pastoral”


==


ISMAEL PEREIRA HOMENAGEIA ZÉ PEIXE EM EXPOSIÇÃO NA SEMEAR

A Sociedade Semear e a Petrobras apresentam a exposição “Exaltação a Zé Peixe”, do artista Ismael Pereira, que será aberta na próxima quinta-feira (06/11), na Galeria Jenner Augusto, a partir das 19h30. A exposição conta com 25 obras, entre cerâmicas e quadros, que vão homenagear um dos sergipanos mais notórios de todos os tempos, “Zé Peixe”.
Nascido em Aracaju, José Martins Ribeiro Nunes, mais conhecido como Zé Peixe, por muitos anos atuou conduzindo embarcações que entravam e saíam de Aracaju, pelo Rio Sergipe. O inusitado, em sua tarefa, se devia ao fato de não necessitar de embarcação de apoio para transportá-lo até o navio. Quando havia um navio necessitando entrar na barra do Rio Sergipe, ele nadava até o navio. Da mesma forma após conduzir o navio até fora da barra ele saltava e voltava para a terra nadando. Algumas vezes ele saia em uma embarcação e nadava até uma boia que sinalizava o acesso a barra de Aracaju onde aguardava as embarcações que necessitavam de seus serviços para entrar na barra. Foi agraciado com diversos prêmios e homenagens e faleceu em abril de 2012, aos 85 anos.
“Exaltação a Zé Peixe” ficará em cartaz até o dia 28 de novembro. As visitam podem ser feitas de segunda à sexta no horário comercial. Entrada gratuita.
________________________________
Enviado por: Thiago Ismerim
Jornalista Diplomado (DRT/SE 1021) Assessoria de Comunicação da Semear
(79) 3022-2052 / 9900-4785 - www.sociedadesemear.org.br


==



Para quem tiver afim de tomar um café e ouvir uma boa música, às 17h30 dessa quinta estarei tocando no Estado da Arte Café! 

É um prazer receber esse convite e com uma proposta tão massa que é tocar no fim de tarde em frente ao rio!

Até quinta galera! Espero vcs lá para ouvir o melhor do MPB e algumas músicas de autoria minha! Até lá!


==



BLUES e ROCK no CAPITÃO COOK!!!


Segue a programação das QUINTAS NO COOK :

Dia 30/10 quinta-feira, tem som no capitão Cook.
O melhor do JAZZ ESPERA POR VCS ! Traga Seu amigo , sua namorada, seus pais , porque o preço ta acessível para todos!
Homem : R$ 10
Mulher :R$ 5 
Lista VIP : R$ 0

Dia 06/11 - (PEARL JAM COVER )
Dia 13/11 -Maquinários 60
Dia 21/11- Blues Power (sexta)
Dia 27/11 -Maquinários 60


ESPERAMOS POR VOCÊS

==


Bacco 
apresenta:
Igor Côrtes e Lucas Pinheiro 


Igor Côrtes e Lucas Pinheiro trazem principalmente chorinhos e bossa nova, além de uma pitada de jazz, na belíssima junção de gaita e violão. Perfeito para uma noite que acolhe degustações interessantes, boa companhia e leves conversas entre amigos.
Com Jobim e Pixinguinha no repertório, Igor e Lucas mostram o cuidado com seu trabalho tanto na escolha das músicas, como na composição dos arranjos apresentados.

Couvert Artistico - R$ 6,00

Local: 

Rua Celso Oliva, 77 - Treze de Julho













.  S  E  X  T  A  -  7  .












Workshop de FERNANDO SCHAEFER
(Worst, Korzus, Pavilhão 9 e Rodox)

Dia 7 (sexta) ás 18 hs.Na INFINITY

Abertura:" Dicas de condicionamento físico para bateristas"
Ingressos antecipados: Freedom e Studio Lado B.

R$20,00(antecipado) R$25,00 (na hora)
Informações:(79) 9902-1348


==

LANÇAMENTO VIRTUAL DO CD D'

A BANDA DOS CORAÇÕES PARTIDOS


Sexta, 07 de novembro, às 17 horas (Horário de Sergipe) o primeiro CD da A Banda dos Corações Partidos estará disponível para download na fan page da banda e aqui no evento: 

Coloca na agenda!!


==




Lançamento do 2º álbum da banda ATO LIBERTÁRIO, "Lenha na fogueira", contendo 11 faixas inéditas, autorais. 

Participações mais que especiais de: Thiago Ruas, Poeta Mauri De Noronha e VJ Rasta.

e mais: \Exibição de Documentário e Dj Lahiri.

Venham comemorar com a gente essa nova conquista!

INGRESSOS + CD = R$ 15,00 - 
PONTOS DE VENDA: Reggae Station e Venice Surf Skate Shop


==



Maria Cristina & Os Elísios é um grupo que surgiu das ideias do diretor musical Humberto Barretto e da cantora Maria Cristina para vencer o desafio de reviver o contexto do trabalho de Elis Regina, quer experimentando a execução de arranjos originais, quer fazendo cuidadosas releituras das incríveis canções que esta brilhante intérprete nos apresentou. 

Mergulhar nesse universo nos aproxima das histórias da MPB e do nosso país. Costurado em pleno regime militar, que faz 50 anos, este repertório esbanja intensidade, poesia, luta e inquietação. É recheado de metáforas profundas e tantas sutilezas. Elis Regina foi uma resistente. Mulher brava e corajosa, porta-voz das dores e contradições de toda uma geração. QUANDO NINGUÉM MAIS OUSOU FALAR, ELA CANTOU.

Nesse evento o grupo formado por Maria Cristina (voz), Fabio Oliveira(contrabaixo elétrico), Humberto Barreto (violão e guitarra), Rafael Júnior(bateria) e Rafael Ramos (teclado) fará o show PARA ELIS dedicado a obra de uma das maiores artistas brasileiras.

Entrada: R$ 20,00 - Reservas de Mesas (79) 9943-2068

Direção musical: Humberto Barretto
Produção: Dani Dutra e Fredy Assis Franco

Apoio cultural: Casa Da Música Sergipe


==











Todos estão convidados para a abertura da exposição Performance da Dor que acontece dia 07/11 às 19h na Galeria de arte do Sesc Centro, Rua Dom José Thomaz, 235, Bairro São José.



==





==

Maori Bar apresenta:



Bago de Jaca

Forró do bom pra todo mundo dançar até gastar a sola!

VALOR: CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA. (Chapéu)


==





==


TEATRO

10ª TEMPORADA NA CASA RUA DA CULTURA


A Casa Rua da Cultura vai iniciar a 10° edição do Projeto Temporada que vai de 5 de setembro à 30 de novembro. São cinco espetáculos sendo apresentados de sexta à domingo durante três meses. Apenas o espetáculo Piano e pedras em tempo de guerra estreará no dia 14 de setembro. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações pelo (79) 3021-6580.


ESPETÁCULOS:

A Lição Todas as sextas-feiras às 20h

Sinopse: A montagem de um dos mais importantes clássicos do Teatro do Absurdo pela Cia. de Teatro StultiferaNavis tem como foco principal a disputa do poder em cana. A informação, a juventude e a força do proletariado de encontram nesta história onde os relacionamentos dos personagens mudam a partir das suas necessidades. Aluna, professor e governanta se revezam em momentos de sedução a repulsa levando-os a um desfecho surpreendente.

Senhora Dos Restos (Monólogo) - Todas as sextas-feiras às 21h

Sinopse: Dos Restos do Mercado Municipal sobrevive uma velha, conhecida como Senhora dos Restos. Abandonada há anos, ela tem se tornado atração da cidade por ser a única que consegue ver a cidade com lucidez. A Senhora dos Restos é a representação viva da miséria, do abandono, da marginalização. É a porta-voz dos despossuídos, que questiona o crime, o amor, a vida. Através de sua história somos guiados para um mundo desconhecido, o mundo dos miseráveis, que são privados de qualquer e todo tipo de direito. A Senhora dos Restos nos leva a uma reflexão sobre o que é viver em sociedade, e sobre a nossa participação na forma que ela é construída, marginalizando, oprimindo, destinado pessoas aos restos.


Nó Sem Fim Todos os sábados às 19h

Sinopse: "Em uma cela de cadeia duas pessoas se encontram, um senhor pobre que acaba no mundo do crime por pura necessidade e um jovem garoto rico que acaba sendo preso por dirigir drogado. O que eles descobrem na cela é muito mais do que um simples dia na delegacia, ou uma simples coincidência. Eles tem muito mais em comum do que eles mesmos imaginam."


Cabaret Dos Insensatos Todos os sábados, às 21h

Sinopse: A concepção vem dos desconhecidos poemas de Bertolt Brecht, misturados com textos eróticos de Jean Genet. Os textos abordam a sexualidade de forma natural e desmistificada o conceito de Cabaret. Trás ao cabaret, uma concepção de cortiço e ao mesmo tempo as antigas casas de shows. O espetáculo, feito pela Cia. de Teatro StultiferaNavis, se inicia na praça, com apresentação do messie, dono do Cabaret, chamando o público para participar do evento.
Entretanto, é infernizado por um menino que quer entrar a qualquer custo no Cabaret, até que consegue driblar o messie e chama o público para entrar no espetáculo. E uma vez lá dentro, o público assiste as cenas que acontecem de forma itinerante e simultânea. O espetáculo ganhou no Prêmio Capital 2011, de melhor espetáculo, melhor ator e melhor direção.


Piano e Pedra Em Tempo De Guerra - Todos os domingos às 20h
Espetáculo cênico musical, inspirado na peça “A lira dos vinte anos”, de Paulo Cesar Coutinho.

Sinopse: Escrita em1984, o texto da peça A lira dos vinte anos, de Paulo Cesar Coutinho, retrata os idos de 1968, quando um grupo de jovens egressos do curso de história, decidem fazer a sua própria história, engajando-se na luta armada, contra o regime militar instaurado no Brasil, em 1964. São cinco jovens na faixa dos dezoito anos, sonhadores e idealistas, oriundos de classe média e alta que, inconformados com os rumos que o nosso país estava tomando, decidem entrar na guerrilha, lutando por um país mais justo para o povo, enfrentando os militares num momento complicado da história do nosso país, no ano em que o então presidente da república, fecha o congresso nacional e transforma o governo totalitarista, centralizando o poder, com o apoio dos militares que perseguia, prendia, torturava, exilava e matava, que se posicionasse contra a situação.


==

AGENDA do CHORO 
 Aracaju

Projeto Movimento do Choro Sergipano

no Café da Gente





==


Renovação do Choro

e no 

Bar Chorinho do Inácio

sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).


Contato: Inácio 79 9136-1803      

Couvert R$ 5,00


=


Regional Recanto do Chorinho




LOCAL:
Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos

Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


. C H O R O
 no 
R Á D I O .


APERIPÊ AM




Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00, Transmitindo pela sintonia da Aperipê AM 630 e pela internet no site  http://www.ideastek.net/aperipeam/



Contato: Sérgio Tadeu



domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções: Apresentado por Ricardo Gama, o programa Choros e Canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h00, de segunda à sexta. 

CHORINHO AO VIVO quinzenalmente no programa!


Uma novidade no Choros e Canções é a transmissão ao vivo do quadro quinzenal RODA de CHORO, com o grupo Brasileiríssimo se apresentando ao vivo!


Transmitindo pela sintonia 104,9 e pela internet no site http://www.ideastek.net/aperipefm/





Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==

Clássicos ao piano com Manuel Vieira Jr.


Nesta sexta tem Manoel Vieira Junior tocando clássicos em seu piano no Armazem Bacco.

Couvert Artistico - R$ 6,00



. S Á B A D O - 8 .





Alô, galeraaa!! Vem showzinho delícia por ai...
Dia 8, na Intera, as 20h!!

Banda afiada e eu animada pra cantar com vocês!! Bora???
Ahhh... ainda vai rolar o brechó, cheio de peças novíssimas e baratíssimas para a mulherada!! Coisa fina!! =) ♥

Para quem quer conhecer um pouco mais, é só clicar emwww.heloamusica.com


==




==

Maori Bar apresenta:

Maquina Lunar



Músicos da Máquina Blues e da Plástico Lunar se unem para fazer um tributo ao Cream ( Jack Bruce, Eric Clapton and Ginger Baker).

Little Mell e Paulo Groove da Máquina Blues e Daniel Torres e Marcos Odara da Plástico Lunar com repertório selecionado desta banda que foi o maior power trio da historia do rock.

Em homenagem especial a Jack Bruce.

VALOR: CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA. (Chapéu)

Venha conhecer nosso 'Cardápio Musical', degustar uma cervejinha gelada e um saboroso hambúrguer artesanal.


==







. D O M I N G O - 9 .



Sentir-se bem. Essa é uma das ideias de cada encontro que realizamos. Um bem-estar natural por estar em um ambiente onde a harmonia prevalece e a arte simplesmente acontece. 
O Zons em Casa proporciona isso, um novo lar.


ZONS em Casa

Plástico Lunar
SandyAlê

Grupo Teatral "A Tua Lona" com o Espetáculo "Menina Miúda"

Casa do Chico (Rua Jornalista Paulo Costa, 1224, Atalaia.
Próximo ao antigo Tequila)

09/11
16hs

R$ 15,00
R$ 12,00 (para quem for de bike)
R$ 0 (para quem adquirir ou adquiriu cotas no Catarse acima de R$55,00)

www.catarse.me/zons2014

Patrocínio: Riomar Cultural, Instituto G Barbosa, TAM Viagens, Gráfica J. Andrade,
Ecociiclo Bike Shop, STB, Shopping Garden, Imprimix.

Apoio Cultural: Dona Divina, Rikeza Sonorização, Som Direto, Outsider Camiseteria,
Macário, Livraria Saraiva.

Foto de Sandy AleSnapic Fotografias
Foto da Plástico LunarMarcelinho Hora



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



PRÓXIMAS ATIVIDADES

EXPOSIÇÕES 
em 
CARTAZ

exposição

Nesta exposição, o artista parte de uma experiência pessoal de sua ida a São Paulo e seu retorno, quase 03 anos depois a sua cidade natal. O processo de deslocamento e interação em uma realidade social e cultural diferente, o estranhamento e todos os aspectos e principalmente a intensificação do entender-se enquanto “nordestino” pautam os conflitos e as relações que enfrentou ali.

Proibido Cochilar” é marcada por uma continuidade no seu processo poético de produção, no entanto, com características que certamente destoará do aspecto formal até então conhecido por seu público, uma vez que Alan Adi trabalha majoritariamente aqui, sua poética visual em pinturas a óleo, sem deixar de executar em vídeo arte e instalações, estas expressões que o destacaram em exposições como a que lhe consagrou com o premio EDP nas artes do Instituto Tomie Ohtake além da mostra XVII Unifor Plástica onde os curadores Paulo Herkenhoff e Marcelo Campos escolheram entre os 30 artistas, bispo do rosário, Marepe e Thiago Martins de Melo, só pra citar alguns.


“Esta experiência de cunho pessoal levou o artista a articular este sentimento a uma dimensão mais ampla, onde por uma série de fatores o fizeram encontrar e dialogar com referências análogas que de forma massiva e persistente praticamente cruzaram o cominho de Alan Adi, seja de forma consciente ou inconsciente trouxe todo o acervo do cancioneiro popular da década de 1970 como Belchior, Ednardo, Amelinha, trio nordestino e os três do nordeste para citar alguns. Foi a partir da estética visual dos elepês, das narrativas de saudade e de vivencias do nordestino no sudeste que Alan Adi construiu a narrativa desta exposição como o mote “é proibido cochilar” fazendo uma clara referencia ao nordestino operário (da arte, musica ou qualquer labor) no cotidiano da cidade Grande do sudeste”, comenta o curador Ivan Masafret.

A exposição ficará aberta até o dia 26 de outubro.


SERVIÇO:

O QUE: Exposição É PROIBIDO COCHILAR

QUANDO: Abertura dia 23 Setembro 2014, a partir das 19h30 - até 26 de outubro

ONDE: Galeria Jenner Augusto, Sociedade Semear - Av Vila Cristina, 148, bairro São José

QUANTO: Entrada livre



==





POESIA


Poe-mails ou poemeio




O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

:::::::::::::::::::::::::::::::


Discos de vinil, cd, dvd, hqs e livros
na

Nenhum comentário:

Postar um comentário