4 de novembro de 2015

Arte e Cultura em Aracaju, de 4 a 9 de novembro de 2015

POESIA

Versos Íntimos
de
Augusto dos Anjos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!
Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.
Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.
Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!


--

Fonte: http://www.releituras.com/aanjos_versos.asp

==

discos de vinil?




==




IMPORTANTE!!!


Com o objetivo de apresentar o Rumos e esclarecer possíveis dúvidas ligadas aos processos de inscrição e seleção dos trabalhos, os membros da comissão de seleção do programa participam de conversas em cidades de todo o Brasil.

Venham conversar conosco!

terça 13 de outubro de 2015, às 19h
Sociedade Semear – Auditório
Rua Leonardo Leite (antiga Vila Cristina), 148, Centro – Aracaju/SE
telefone: 79 3022 2052

Saiba mais: http://rumositaucultural.org.br/


==


PROGRAMAÇÃO CULTURAL da SEMANA

 Arte e Cultura em Aracaju até 9 de novembro de 2015


. Q U A R T A - 4 .


Neste mês de Novembro o filme "Ori" da cineasta Raquel Gerber com narração da militante negra, sergipana, Maria Beatriz Nascimento, será exibido no Novembro Negro do Sesc em parceria com a Auto-organização de Mulheres Negras Rejane Maria.

Após a exibição do filme um bate-papo com a historiadora Adriane Damasceno sobre o filme "Ori" e a trajetória de Maria Beatriz Nascimento.

LOCAL: SESC / Centro - Aracaju

-

Release original por Beatriz Nascimento 1989
ÔRÍ é um filme que participou da vida e da organização do movimento negro da década de 70. É fruto de encontro de duas pesquisas: cinematográfica (Raquel Gerber) e histórica (Beatriz Nascimento).
Iniciando em 1977, centralizado em São Paulo, documenta outros estados e alguns países africanos, fixando variadas manifestações da afroamericanidade que brotaram naquele período.
Mas ÔRÍ também é um épico, que ao revelar o herói civilizador Zumbi, organizador do Quilombo dos Palmares e sua democracia, reentroniza-o no presente como organizador da consciência negra e por isso vale-se do texto poético.
Como tal passeia por múltiplas formas de rituais iniciáticos: os encontros universitários, congressos nacionais e internacionais, as Escolas de Samba, as religiões afro-brasileiras, as sessões de “soul music”, trazendo os anseios e os ritmos negros como continuadores da História dos povos africanos da Diáspora.
Não é por menos que ÔRÍ, que em Iorubá significa “cabeça”, ao realçar o papel dos bantus na sociedade brasileira ao mesmo tempo projeta a contribuição cosmogônica nagô dos orixás.
Por fragmentos que correspondem a processos iniciáticos, se quer um filme reflexivo sobre as atuais condições do planeta: as relações do homem com o outro e consigo mesmo, com a nação e a natureza.

Beatriz Nascimento
10/11/89

==


. Q U I N T A - 5 .


ORSSE

Agora abordaremos os verdadeiros prodígios! Com 16 anos Mozart já estava compondo sua vigésima sinfonia. E com 14 anos Mendelssohn já tinha terminado 12 sinfonias para orquestra de cordas. Que tal conferir o resultado disso tudo, na interpretação dos brilhantes músicos de seu estado sob a regência de Guilherme Mannis?

Não percam mais um intrigante concerto da sua orquestra sinfônica. Apoie, prestigie: em tempos de crise, a Orsse nunca precisou tanto de seu público! 

Repertório:

GUILHERME MANNIS, regente

Felix MENDELSSOHN
Sinfonia para cordas nº2, em ré maior (compôs aos 12 anos)
Leos JANÁCEK
Suíte para orquestra de cordas (compôs aos 23 anos)
Wolfgang Amadeus MOZART
Sinfonia nº20, K.133, em ré maior (compôs aos 16 anos)

Ingressos: R$30/15, à venda na bilheteria do Teatro Tobias Barreto à partir do dia 04/11, 12h.

Realização: Secretaria de Estado da Cultura/ Governo de Sergipe
Censura: 18 anos (exigido pelo CBSE).
Crédito das fotos: Flávio Isaac/ Marcelle Cristine


==



Alternas Music Bar: Av. Santos Dumont, 10 - Atalaia

a partir das 22h00

==

.  S E X T A - 6  .




I Feira da Leitura e do Livro de Sergipe – Flise – é promovida pela G&A Produções e se configura como uma iniciativa que tem como missão promover a Educação e a Cultura nas mais variadas formas de manifestação, projetando Sergipe no circuito litero-cultural brasileiro.

Esta é a primeira edição de um evento de grande proporção e abrangência no tocante ao mercado livreiro e editorial no estado de Sergipe, possibilitando o contato empresarial dos grupos gráfico-editoriais, livreiros e educacionais de nosso estado com os nacionais de médio e grande porte, dando também oportunidade às instituições públicas e particulares de divulgar seus bens e serviços.
O evento visa a alcançar todos os públicos, desde crianças da mais tenra idade ao público adulto, assim como a democratizar o acesso ao livro e à leitura, estimulando a circulação de obras e ampliando o mercado consumidor do produto cultural e educacional, promovendo autores e marcas num só espaço, a um só tempo.

A Flise figurará como verdadeiro divisor de águas para a memória cultural de nosso estado e revelará nossas diversidade e riqueza cultural, além de nossos valores literários, permitindo o diálogo entre os escritores locais e nacionais, revelando potencialidades.


cep 49030210 Aracaju, Brazil

==



AGENDA do CHORO 
 Aracaju


Projeto Movimento do Choro Sergipano

no Café da Gente




Projeto Movimento do Choro Sergipano no Café da Gente.

Sexta-feira, dia 06 de novembro, a partir das 19h30. Teremos o Choro Sambado do “Grupo Braúna”, e a participação especial da cantora e sambista Raquel Delmondes. 

Vamos que vamos!!! 

Endereço: Av. Ivo do Prado 398 (Anexo ao Museu da Gente Sergipana) 
Informações: (79) 3246-3186 ou 9974-2253.


==


Renovação do Choro

e no 

Bar Chorinho do Inácio

sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).


Contato: Inácio 79 9136-1803      

Couvert R$ 5,00


=


Regional Recanto do Chorinho




LOCAL:
Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos

Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


. C H O R O
 no 
R Á D I O .


APERIPÊ AM




Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00, Transmitindo pela sintonia da Aperipê AM 630 e pela internet no site  http://www.ideastek.net/aperipeam/



Contato: Sérgio Tadeu



domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções: Apresentado por Ricardo Gama, o programa Choros e Canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h00, de segunda à sexta. 

CHORINHO AO VIVO quinzenalmente no programa!


Uma novidade no Choros e Canções é a transmissão ao vivo do quadro quinzenal RODA de CHORO, com o grupo Brasileiríssimo se apresentando ao vivo!


Transmitindo pela sintonia 104,9 e pela internet no site http://www.ideastek.net/aperipefm/





Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br




==




==


6 & 7 de novembro

no TEATRO LOURIVAL BAPTISTA


PARTICULAR
São Lembranças, angustias, pesadelos, sonhos, passagens. 
O corpo é a confluência de diferentes e usuais estímulos, capaz de traduzir o mais silencioso sentimento em gesto. Gesto carregado de conflitos. Dizeres. É o reflexo do meu dia, do seu dia, da nossa vida. 
É exatamente aquilo que não falamos, é o olhar de lado, o silencio do abraço demorado, do beijo não dado, da cama não dormida. 
O meu corpo é meu, somente meu. Lugar onde guardo meus encantos, medos e lembranças. É o meu mundo, meu refugio, é o meu particular. 

06 e 07 de Novembro às 20h 
Teatro Lourival Batista
Temporada Mariano de Artes Cênicas
Ingressos | R$10,00 (inteira)
R$5,00 (meia)


FICHA TÉCNICA
Direção | Cubos Companhia de Dança
Criação | Isabele Ribeiro
Julia Delmondes
Larissa Leite
Rodolpho Sandes
Viviane Gonzaga
Elenco | Johnatan Rezende
Julia Delmondes
Rodolpho Sandes
Assistente | Viviane Gonzaga
Iluminação | Sérgio Robson
Interferências | Alan Adi
Trilha Sonora | Gabriel Viana
Apoio | Centro Cubos de Dança


==


Coletivo ObsCenas 

em parceria com CineVitrola 

aprestam

Uma festa dedicada a celebrar a diversidade sexual e sensualizada feminina. Um paraíso para sapatões, bis e destruidoras, onde cada uma poderá encontrar sua própria liberdade para seduzir ou se amar numa noite caliente e convicta.

Para começar: exibição do curta, debate de velcro e a hora da desmistificaçao.



Para gelar os copos: GLXOTA , Catuaba e Cerveja Litrão 

Para esquentar os corpos: DJ Jana Vasconcelos e DJ Rafa Aragão 

Essa festa é destinada para a arrecadação de fundos para a construção da I semana de visibilidade da sexualidade da mulher que acontecerá em Seabra - BA. Porque sororidade é o básico.

Não será tolerada nenhum tipo de opressão.

SE ACHEGUE QUE AQUI NINGUÉM AQUETA O FAIXO!

5 R$




==

. S Á B A D O - 7 .

VINIL * SÁBADO * ROCK * LOJINHA dos DISCOS * 

YEAH!!!




==



O Dueto musical DuoBem, formado por violão e sanfona, tem como principio de atividade artística o experimentalismo e a criação musical. Seu repertório contempla a pluralidade de estilos em suas releituras e arranjos próprios do cancioneiro brasileiro, refletindo o mosaico de influencias musicais de seus componentes.

Alberto Silveira, Violão.
Lucas Campelo, Sanfona.


==



O Coletivo Roda de Choro Sergipana convida todos os músicos da cidade e a população a participarem da Roda de Choro Sergipana que acontecerá no sábado 07/11, a partir das 11:00 h da manhã, na praça Fausto Cardoso em Aracaju.

O evento faz parte de uma série de ações propostas pelo Coletivo Roda de Choro Sergipana para promover a prática músical expontânea e ao ar livre em nossa cidade. É gratuito e aberto a todos que queiram participar, basta trazer seu banquinho e instrumento musical, ou tão somente sua alegria e entrar na Roda.



LOCAL: Praça Fausto Cardoso / Centro, Aracaju




==


. D O M I N G O - 8 .




Parceria WARLORD, 45° ROCK BAR e LADO B... Sorteio de camisas durante o evento.
Garanta logo o seu ingresso nos.pontos de venda.
45 graus rock bar
Monsters tattoo
Freedom
Lado B Studio.
Antecipados - R$ 10,00.,na hora R$ 15,00


==



_____EVORTO + AVERSSUS______

________ALTERNAS MUSIC BAR_________
________Contribuição espontânea_________


==



dia 12


A história de clandestinidade, prisão e resistência, mobilização e solidariedade, greves de fome e luta por LIBERDADE de um casal de sergipanos, de um coletivo de presos políticos na ilha de Itamaracá, de mulheres nordestinas, de jovens brasileiros durante a ditadura na década de 70.

É com alegria fértil que convido a todxs para o lançamento e conversa com autora do Dossiê Itamaracá, vencedor da segunda edição do Prêmio Memórias Reveladas, do Arquivo Nacional.

Museu da Gente Sergipana
Av. Ivo do Prado, 398, Centro, CEP: 49010-050 Aracaju 

das 18:00 às 21h00


PROGRAME-SE...


EXPOSIÇÃO

até 15/11

Sociedade Semear
apresenta 

“O olhar - pinturas de Adilson Santos” 

A obra de Adilson Santos decora residências de colecionadores de arte em todo o Brasil, povoa ambientes de renomados arquitetos e decoradores na mostra Casa Cor Salvador; presente, também, em leilões de arte de leiloeiros do eixo Rio/São Paulo. Adilson Santos participa de exposições em galerias e salões, não só em coletivas, mas, também em exposições individuais. Em 2013, editou o livro “O Exercício Livre da Memória – desenhos e pinturas de Adilson Santos”, uma obra em dois volumes patrocinada pela Caixa Econômica Federal, que estará à disposição dos visitantes que desejarem adquiri-la. Faz parte da mostra a projeção de vídeos retrospectivos de exposições do artista no Rio de Janeiro, Vitória da Conquista, Salvador. 

Exibindo Artista - Adilson Santos (Foto - Marcio Fagundes) (12).JPG

A exposição poderá ser visitada a partir de 16 de outubro, de segunda a sexta, das 09h às 18h, com entrada franca e classificação livre.

SERVIÇO:

Exposição: “O olhar- pinturas de Adilson F. Santos”
Curadoria: Mário Britto e Irene Santino
Local:  Galeria Jenner Augusto
Endereço:  
 Rua Leonardo Leite, 148 - Bairro São José.
Coquetel de abertura: 15 de outubro de 2015, às 19h
Visitação: de 16/10 a 15/11
Horário de visitação: de segunda a sexta, das 09 às 18 horas
Tel: 79 3022 2052
Realização: 
Galeria Jenner Augusto - Sociedade Semear  
Apoio: 
Brasil Comunicare 




==



POESIA


Poe-mails ou poemeio




O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

:::::::::::::::::::::::::::::::


Discos de vinil, cd, dvd, hqs e livros
na

Nenhum comentário:

Postar um comentário