1 de dezembro de 2015

Arte e Cultura em Aracaju, de 1º a 8 de dezembro de 2015

POESIA



--


Fonte:  https://www.youtube.com/watch?v=fi3hqdogVJw



==




PROGRAMAÇÃO CULTURAL da SEMANA

 Arte e Cultura em Aracaju até 7 de dezembro de 2015


. TERÇA - 1º/12 .

O Cinema Vitória lança nova programação da semana a partir desta quinta-feira, 26, com a exibição da comédia francesa “Lulu, Nua e Crua”, do diretor Solveig Anspach. Os longas “Samba e Jazz”, dirigido por Jefferson Mello, e “Picasso e o roubo da Mona Lisa”, também serão exibidas na telona do Cine.
Na sessão SE Memória em Rede, o cine exibe uma mostra infantil de curtaas-metragens, do Dia da Animação.  
Confira a sinopse:


Lulu, Nua e Crua
Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu decide não voltar para casa, deixando o marido e os filhos à sua espera. Ela não tem nada planejado e se dá alguns dias de liberdade, aproveitando plenamente o que vier em seu caminho. Neste caminho, ela acaba encontrando pessoas que também estão na beira do mundo e alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma.
Samba e Jazz
A geografia os separa: um brasileiro, o outro americano. Os intrumentos musicais também são diferentes. Mas há algo mágico e ritmico que une o samba e o jazz. E para mostrar essa semelhança, o olhar de quem entende do assunto. Mas com um diferencial: o sambista estará em Nova Orleans e o jazzista no Rio de Janeiro. Não importa a distância, os dois tem algo em comum: a paixão pela música e pelas manifestações populares que se desenvolvem nos mundos do Samba e do Jazz.
Picasso e o roubo da Mona Lisa
Paris, 1911. O famoso quadro Mona Lisa, pintado por Leonardo Da Vinci, simplesmente desaparece do museu do Louvre. Na investigação do caso são detidos o pintor Pablo Picasso e o escritor Guillaume Apollinaire. Picasso conta que, quatro anos antes, Apollinaire havia lhe apresentado um jovem atlético, apelidado de Barão, que tinha tanta fascinação por estátuas espanholas que acabou roubando-as do Louvre e vendendo por um preço ridículo. Esta situação serviu de inspiração para o pintor ao fazer o quadro "As Senhoras de Avignon". Devido a este caso, a imprensa começa a dizer que existe uma quadrilha dedicada a roubar os museus da França e que Picasso e Apolinnaire estariam envolvidos no crime.
Cine Vitória
O Cine Vitória está localizado na Rua do Turista, Centro de Aracaju, nº 307, e conta com apoio do Banese Card, Gráfica J. Andrade, Pontão AvBr e Infonet. Os ingressos são vendidos a preços populares de R$7 e R$14, meia e inteira, respectivamente. Mais informações no sitewww.cinevitoria.com.br.




. QUARTA - 2 .



. QUINTA - 3 .




Todas as quintas, às 19:30, na praça de alimentação da Reciclaria Casa de Artes, acontece o "Vivo Vinil". Projeto que mobiliza a cena dos amantes e colecionadores dos queridos "bolachões" em Aracaju, com audições, trocas e vendas. 

Além disso, você pode saborear as pizzas artesanais da Ahô Pizzaria e os drinks criativos do Namasté Café.

A iniciativa é da Lojinha dos Discos e Sebo do Natan.

LOCAL: RECICLARIA - Casa das Artes - Av. José Menezes Prudente, 97, Aeroporto, Aracaju

Informações: 79 99988 5543


==


O álbum "Expedito" pede licença para acontecer na voz da aracajuana, compositora e cantora, Celda Fontes.

Com voz suave e composições premiadas, a intérprete canta mais do que músicas, ela degusta versos e poemas que precisam ser ouvidos, como uma mensagem urgente, igual às causas em que o santo é invocado.

Em cada canção, Celda Fontes relata diversos momentos da sua trajetória, fruto de uma realidade ilusória misturada à identidade genuinamente nordestina.

➡ Show Gratuito: Quinta-feira, 3 de dezembro, às 17h, no Centro Cultural de Aracaju


FICHA TÉCNICA

Direção Musical: Kelvin Farias e Odílio Saminez

Arranjos: Smurfs


Banda:

Kelvin Farias - violões/guitarras/cavaco/backvocal

Odílio Saminez- bateria/percussão

Tony – teclado

Valquíria Queiroz – contrabaixo/backvocal

Celda Fontes – voz


Participações Especiais no CD:

Dudu Montessanto – violino

Léo Silva - flauta de pífano

Fabrício Saleb - flauta transversal

Gravado no Somnart Studio

Agradecimento especial: Humberto Barretto


Show:

Luz – Léo Luz

Cenário- Ilma Santos

Coreografia – Anderson Bomfim

Fotografia – zalberto

Design – Gabriela Cravo

Figurino – Celda Fontes



==





.  S E X T A - 4  .


MOSTRA SERGIPANA DE MÚSICA INSTRUMENTAL
(4º Edição – Dez/2015)


A Mostra Sergipana de Música Instrumental aconteceu durante o ano de 2015 com o objetivo de trazer ao público a produção de instrumentistas e compositores das mais variadas vertentes da música instrumental feita em Sergipe, do experimental ao choro, passando pelo rock, erudito e fusões de ritmos regionais com a linguagem do jazz. 
A Mostra aconteceu em 3 edições no Bistrô do Artista, nos meses de fevereiro, abril e junho, onde se apresentaram os seguintes grupos: Ferraro Trio, Fred Andrade & A Volante Sergipana, Igor Gnomo, Italo Neno Trio e os duos Lucas Pinheiro & Igor Côrtes, e Saulo Ferreira & Fábio Cavalieri. A quarta e última etapa acontecerá no mesmo local, nos dias 04 e 05 de dezembro, novamente com o Ferraro Trio e o retorno do influente Aratrio aos palcos com nova formação, fechando a Mostra com chave de ouro.

SEXTA - 04/12 FERRARO TRIO

O power trio de Aracaju foi formado em 2009 dentro do curso de Música da Universidade Federal de Sergipe, pelos músicos Saulo Ferreira (guitarra), Robson Souza (baixo) e Rafael Jr (bateria). Com composições que passeiam pelo rock, jazz e soul music, o grupo lançou dois EPs, um single virtual e um DVD até o momento. Participaram de importantes festivais como o Verão Sergipe, Projeto Verão, Mangaba Instrumental, Feira Música Brasil (MG), Festival BNB de Música Instrumental (PB, CE), Feira da Música de Fortaleza (CE), Festival Rock Sertão, Festival das Rádios Públicas do Brasil, entre outros. Foram contemplados em editais da Fundação Aperipê, Prefeitura Municipal de Aracaju, Secult e da Funarte/Minc. Nos shows, o trio costuma tocar, além do seu material autoral, versões de artistas como Stevie Wonder, Jimi Hendrix, Tower of Power, Wilson Simonal, John Scofield, The Meters e Gilberto Gil, entre outros. O Ferraro Trio acabou de gravar seu primeiro CD oficial, que está em fase de mixagem e será lançado em 2016.




==



CANDYFORNIA

Dia 04 no Chê as 22:00horas vai rolar uma super balada 
DreamLand edição CandyFornia.

Uma balada inspirada no clip Califórnia gurls da Katy Perry

==

AGENDA do CHORO 
 Aracaju




Show do QUINTETO BRASIL IN CHORO, no Bar do Bel (Iate Clube de Aracaju), a partir das 20h, dentro das atividades do coletivo Roda de Choro Sergipana. Ao final, roda de choro com músicos integrantes do coletivo e convidados.


Couvert: 10,00 reais.


Projeto Roda de Choro Sergipana:


O Projeto Roda de Choro Sergipana visa organizar em nosso estado uma série de atividades de resgate, fortalecimento, promoção e divulgação, por meio da mobilização cultural, da formação de novos músicos e de público, assim como, ações que propiciem a prática desse gênero musical de forma espontânea e ao ar livre ocupando espaços públicos da cidade, além da construção de novos palcos para a realização de espetáculos do gênero musical Choro em Sergipe.

É ainda objetivo do projeto a constituição de um coletivo de músicos intitulado “Coletivo Roda de Choro Sergipana”, que realizará atividades semanais de divulgação e incentivo à prática musical do Choro no território sergipano e a divulgação dos nossos músicos além-fronteiras.

Os integrantes do coletivo organizarão todos os sábados a partir das 11:00h da manhã na praça Fausto Cardoso em Aracaju, um encontro aberto de músicos para a execução de obras clássicas do Choro, cujo repertório e as partituras são postados em nossas páginas nas redes sociais para incentivar a participação de músicos profissionais e amadores de todos os instrumentos. O coletivo promove também todas as sextas no Iate Clube de Aracaju espetáculos com consagrados grupos de choro sergipanos.



==



Projeto Movimento do Choro Sergipano

no Café da Gente



Projeto Movimento do Choro Sergipano no Café da Gente. Sexta-feira, dia 13 de novembro, a partir das 19h30.

Endereço: Av. Ivo do Prado 398 (Anexo ao Museu da Gente Sergipana) Informações: (79) 3246-3186 ou 9974-2253.#movimentodochorosergipano #cafédagente 

==


Renovação do Choro

e no 

Bar Chorinho do Inácio

sábados e domingos, 16 às 21h00

ONDE: Rua Canadá, 343 - B. Novo Paraíso (é uma transversal da Rua Rio Grande do Sul, próximo à COHIDRO).


Contato: Inácio 79 9136-1803      

Couvert R$ 5,00


=


Regional Recanto do Chorinho




LOCAL:
Bar Recanto do Chorinho

Chorinho aos sábados e domingos

Sábado -- 15 às 18h

Domingos -- das 17 às 20h00 (PONTUALMENTE) Das 20h30 até 00h00 tem o som da Lenny Hall - música romântica)

Além da boa música, a casa serve bebidas, refeições e petiscos para todos os gostos. Fica localizado no Parque da Cidade. Veja algumas fotos do Parque.

Convert R$ 10,00


==


. C H O R O
 no 
R Á D I O .


APERIPÊ AM




Apresentado por Sérgio Thadeu, o programa, criado por seu pai em setembro de 1985, é uma verdadeira celebração ao Choro, buscando sempre apresentar novidades ou resgatar clássicos do fundo do baú. Um verdadeiro banquete pra quem gosta do ótimo Choro! Vai ao ar todos os domingos das 7 às 9h00, Transmitindo pela sintonia da Aperipê AM 630 e pela internet no site  http://www.ideastek.net/aperipeam/



Contato: Sérgio Tadeu



domingonoclube@gmail.com


=


APERIPÊ FM - Programa Choros e Canções: Apresentado por Ricardo Gama, o programa Choros e Canções vai ao ar na Aperipê FM sempre às 18h00, de segunda à sexta. 

CHORINHO AO VIVO quinzenalmente no programa!


Uma novidade no Choros e Canções é a transmissão ao vivo do quadro quinzenal RODA de CHORO, com o grupo Brasileiríssimo se apresentando ao vivo!


Transmitindo pela sintonia 104,9 e pela internet no site http://www.ideastek.net/aperipefm/





Contato: chorosecancoes@aperipe.se.gov.br


==

. S Á B A D O - 5 .


MOSTRA SERGIPANA DE MÚSICA INSTRUMENTAL
(4º Edição – Dez/2015)


A Mostra Sergipana de Música Instrumental aconteceu durante o ano de 2015 com o objetivo de trazer ao público a produção de instrumentistas e compositores das mais variadas vertentes da música instrumental feita em Sergipe, do experimental ao choro, passando pelo rock, erudito e fusões de ritmos regionais com a linguagem do jazz. 
A Mostra aconteceu em 3 edições no Bistrô do Artista, nos meses de fevereiro, abril e junho, onde se apresentaram os seguintes grupos: Ferraro Trio, Fred Andrade & A Volante Sergipana, Igor Gnomo, Italo Neno Trio e os duos Lucas Pinheiro & Igor Côrtes, e Saulo Ferreira & Fábio Cavalieri. A quarta e última etapa acontecerá no mesmo local, nos dias 04 e 05 de dezembro, novamente com o Ferraro Trio e o retorno do influente Aratrio aos palcos com nova formação, fechando a Mostra com chave de ouro.
SÁBADO - 05/12 ARATRIO
Formado em 2008 por Alejandro Habib (saxofones barítono e soprano), Weide Morazi (piano) e Pequeno (percussão), o Aratrio desenvolveu um repertório de temas autorais e arranjos para composições de músicos que tiveram grande influência nos integrantes do grupo, a exemplo de Charlie Parker, Thelonius Monk, John Coltrane e Bill Evans. A busca por uma arquitetura sonora própria e a utilização de ritmos latinos sempre foram fortes características no som do trio. Em 2009 o Aratrio produziu um CD independente muito elogiado pelo público e por críticos de Sergipe e de outros estados. Um trabalho que é considerado seminal e muito influente no segmento do jazz local, e inteiramente produzido em Sergipe. Depois da gravação do CD, o trio cessou suas atividades, já que Weide e Pequeno foram morar em São Paulo. Em 2015 Alejandro decidiu dar continuidade ao projeto convidando o músico paulista Vitor Almeida (piano e escaleta) e o experiente percussionista sergipano Ton Toy, muito conhecido no meio da música popular. Nesta nova etapa, o trio manteve algumas características da antiga formação, mas surgiram novas idéias, influências e pesquisas, resultando em temas autorais inéditos e versões de compositores brasileiros como Nelson Ayres, Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti.



. D O M I N G O - 6 .



PROGRAME-SE...


A Mostra Coletiva Favs é fruto do empenho e organização dos próprios artistas. Um panorama das artes visuais em Sergipe. E um marco na afirmação de uma sensibilidade contemporânea. Sem privilégio de tema ou linguagem. Um recorte dos mais abrangentes, permeado por toda a sorte de implicações relacionadas ao fazer artístico à margem dos grandes circuitos hegemônicos nos dias correntes.

Comissão de seleção:

Elias Santos (Artista visual)
Germana Araújo (Design gráfico – UFS)
Vanderléa Cardoso (Galeria de Arte - Sesc)
Ilma Fontes (Jornalista)



POESIA


Poe-mails ou poemeio




O livro está registrado sob licença Creative Commons 3.0. Significa que ele pode ser copiado e distribuído desde que sem finalidade comercial. Além disso pode ser modificado e redistribuído.

Saiba mais em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/legalcode

:::::::::::::::::::::::::::::::


Discos de vinil, cd, dvd, hqs e livros
na

Nenhum comentário:

Postar um comentário